conecte-se conosco


Economia

“Crescimento de curto prazo é voo de galinha”, alerta presidente do BC

Publicado

em


presidente do bc
Marcelo Camargo/Agência Brasil – 16.05.2019
“[Permitir] Inflação mais alta por crescimento mais alto e deu errado [no passado]”, lembrou o presidente do Banco Central

Em audiência pública na Comissão Mista de Orçamento (CMO) da Câmara dos Deputados, o presidente do Banco Central, Roberto Campos Neto, afirmou que a autarquia não trocará uma situação de inflação sob controle por um crescimento de curto prazo da economia. Campos Neto também sinalizou que, por uma série de fatores, não há espaço para uma queda na taxa básica de juros (Selic) neste momento.

“Achar que vamos trocar a inflação controlada por crescimento
de curto prazo é voo de galinha. Não dura e, quando ele volta, a crise é grande e nós gastamos um bom tempo tentando recuperar isso. Já  tentamos isso no passado. Inflação mais alta por crescimento mais alto e deu errado”, disse o presidente do BC, acrescentando que, na crise de 2014, os juros caíram e o País pagou uma conta de dois anos de recessão.

Durante a audiência, Campos Neto praticamente repetiu a ata da última reunião do Comitê de Política Monetária do Banco Central (Copom), que manteve a  Selic
em 6,25% ao ano

. Ele reforçou a percepção de que a trajetória de crescimento da economia foi interrompida e será retomada, mas demonstrou cautela quanto à condução de sua política monetária.

“O grau de estímulo adequado depende das condições da conjuntura, em particular, das expectativas de inflação, da capacidade ociosa na economia, do balanço de riscos e das projeções de inflação”, explicou o economista.

Na última terça-feira (14), o Copom indicou que trabalha com a possibilidade de um “ligeiro recuo” do PIB
(Produto Interno Bruto) no primeiro trimestre deste ano. Um dia depois, o indicador do BC que mede a atividade econômica, o IBC-Br, mostrou queda de 0,68% nos três primeiros meses de 2019
. Esse cenário levou as consultorias e outros agentes do mercado a revisarem para baixo suas projeções de crescimento da economia.

Leia mais:  Brasil tem maior alta no clima econômico da América Latina e Bolsonaro comemora

“Nós mencionamos na ata e mencionamos na linguagem oficial que ficamos também decepcionados com o resultado do crescimento. Inclusive mencionamos a palavra ‘retomada’, o que significa que a gente acha que ele [crescimento] foi parcialmente interrompido”, comentou.

Leia também: Presidente do BC atribui queda de expectativa do PIB à incerteza com reformas

O presidente do BC disse ainda que, apesar da interrupção da trajetória de recuperação, espera a retomada gradual da atividade econômica
, incluindo a expansão dos investimentos e a melhora no mercado de crédito. Campos Neto, porém, fez um alerta: persistem incertezas sobre aspectos fundamentais do ambiente econômico futuro — notadamente sobre sustentabilidade fiscal — com efeitos adversos sobre a atividade econômica.

Fonte: IG Economia
Comentários do Facebook
publicidade

Economia

Acordo entre Mercosul e EFTA aumentá PIB do Brasil em US$ 5,2 bilhões em 15 anos

Publicado

em

source
EFTA arrow-options
Reprodução/EFTA
Autoridades dos blocos econômicos comemoram novo acordo comercial

O acordo de livre comércio entre o Mercosul e a Associação Europeia de Livre Comércio (Efta, na sigla em inglês)—  formada pela Suíça, Noruega, Islândia e Liechtenstein — irá elevar o PIB do Brasil em US$ 5,2 bilhões em 15 anos. A estimativa foi informada pelo Ministério da Economia, na tarde deste sábado.

LEIA MAIS: Bolsonaro divulgou dados sigilosos do BNDEs

O acerto entre Mercosul  e Efta foi fechado na sexta-feira, mesmo dia em que França e Irlanda disseram que não vão ratificar o acordo comercial entre a União Europeia e o bloco sul-americano, por causa da crise desencadeada pelas queimadas na Amazônia.

A Economia estima também que o acordo entre o Mercosul e a Efta irá aumentar as exportações brasileiras em US$ 5,9 bilhões e as importações em US$ 6,7 bilhões, em 15 anos. Espera-se um incremento substancial de investimentos no Brasil, da ordem de US$ 5,2 bilhões, no mesmo período.

LEIA MAIS: Brasil gera 43,8 mil empregos com carteira e atinge quarto mês no azul

“Espera-se um incremento substancial de investimentos no Brasil, da ordem de US$ 5,2 bilhões, no mesmo período”, diz a nota do ministério.

LEIA MAIS: Quem não ter emprego também pode ter aposentadoria

Segundo o ministério, com a entrada em vigor do acordo, os países da Efta irão eliminar imediatamente as tarifas de importação aplicadas “a 100% do universo industrial”.

Exportação para o bloco

Em 2018, o Brasil exportou US$ 1,7 bilhão para os países do Efta. Os embarques foram principalmente de ouro, produtos químicos como óxido de alumínio, café, soja, carnes e preparações alimentícias diversas. No mesmo ano, importou US$ 2,8 bilhões, com proeminência em produtos farmacêuticos e químicos orgânicos, máquinas e equipamentos, petróleo e gás, peixes e crustáceos.

Leia mais:  Bolsa fecha o dia em queda, mas tem primeiro maio positivo em dez anos

Fonte: IG Economia
Comentários do Facebook
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie
Agricultura1 hora atrás

Feira da Agricultura Familiar leva otimismo para produtores

Considerada pelos produtores como a colheita do ano, a 21ª Feira da Agricultura Familiar na Expointer, que começou neste sábado...

Agricultura1 hora atrás

Conclusão das Negociações do Acordo de Livre Comércio entre o MERCOSUL e a EFTA – Nota Conjunta dos Ministérios das Relações Exteriores, da Economia e da Agricultura, Pecuária e Abastecimento

Foram concluídas nesta sexta-feira (23/08), em Buenos Aires, as negociações do acordo de livre comércio entre o MERCOSUL e a...

Entretenimento2 horas atrás

Fotos! Conheça Gabriela Valadares, vencedora de concurso de ‘tatoo’ e musa do Atlético-MG

Mineira, de 25 anos, vem fazendo sucesso nas Internet Minas Gerais – Dona de um belo corpo, Gabriela Valadares tem...

Esportes3 horas atrás

CBF e clubes definem novo modelo de fair play financeiro para 2020

arrow-options reprodução / Twitter Leila Pereira, presidente da crefisa, e Mauricio Galiotte, mandatário do Palmeiras A CBF e os clubes...

Nacional3 horas atrás

Pronunciamento de Macron sobre Amazônia irrita apoiadores de Bolsonaro

arrow-options Reprodução/Twitter/emmanuelmacron Emmanuel Macron Neste sábado (24), o presidente francês, Emmanuel Macron, pediu a “mobilização de todas as potências” em...

Nacional3 horas atrás

Forças Armadas iniciam combate às queimadas na Amazônia neste sábado

arrow-options Fernando Frazão/ABr Queimadas na Amazônia subiram 82% neste ano O governo federal anunciou que as ações das Forças Armadas...

Entretenimento3 horas atrás

Confira as principais novidades de Disney, Marvel e Lucasfilm na D23 Expo

As atenções dos fãs de cultura geek apontam para o D23 Expo, festival que acontece na Califórnia (EUA) e conta...

São Mateus

Regional

Estadual

Nacional

Policial

Mais Lidas da Semana