conecte-se conosco



Internacional

Covid-19: mesmo após cura, pacientes podem transmitir doença por até 8 dias

Publicado

em

 
Coronavírus
Divulgação/OMS EMRO

Mesmo sem sintomas, pacientes podem seguir carregando vírus por mais oito dias

Um estudo publicado nesta segunda-feira (30) no Jornal de Medicina Respiratória e Cuidados Críticos dos EUA apontou mais um complicador sobre a Covid-19: mesmo após a recuperação, pacientes que foram infectados podem transmitir a doença por até oito dias.

Segundo informações do New York Post, o estudo determinou que metade dos pacientes ainda carregavam o vírus da Covid-19 mesmo após se recuperarem e deixarem de apresentar os sintomas.

Ao todo, 16 pacientes que estavam internados no Centro de Tratamento Intensivo do Hospital de Beijing , na China , foram monitorados ao longo do desenvolvimento da doença e da recuperação posterior entre os dias 28 de janeiro e 09 de fevereiro.

Na média, o estudo apontou que os pacientes seguem carregando o novo coronavírus ( Sars-Cov-2 ) por cerca de dois dias e meio, mas que alguns deles poderiam ser transmissores por até oito dias após o término dos sintomas.

“O dado mais significante do nosso estudo foi que metade dos infectados seguiu espalhando o vírus mesmo após se ver livre de todos os sintomas”, afirmou o doutor Lokesh Sharma, da Escola de Medicina de Yale e co-autor do relatório.

“Essa informação pode fornecer dados importantes para o combate da doença, tanto nos hospitais como em políticas públicas, uma vez que sabemos que os pacientes podem contaminar outras pessoas mesmo após receber alta do hospital “, afirmou Sharma.

O doutor revelou ainda que a sugestão feita pelo grupo na conclusão do estudo é de que os pacientes da Covid-19 se mantenham em auto-isolamento por mais três dias após o término dos sintomas, principalmente para as pessoas que tiveram casos mais leves da doença e não necessitaram de internação: “se estiver em casa, estenda o isolamento por mais duas semanas após a melhora, garantindo assim que mais ninguém será infectado”.

Por fim, apesar do resultado da análise, Sharma ressaltou a necessidade de outros estudos serem feitos, uma vez que este contou com um grupo pequeno de pacientes e não é possível garantir que o mesmo resultado seja encontrado em maior escala.


Fonte: IG Mundo

Comentários do Facebook

Internacional

Reino Unido oferece visto a milhões de cidadãos de Hong Kong

Publicado

em


source
hong kong
Reprodução/StandNews

A oferta do primeiro-ministro só entraria em jogo se a China avançar com novas leis de segurança que tiram Hong Kong de suas liberdades tradicionais


O primeiro-ministro do Reino Unido, Boris Johnson, abriu o caminho para o que ele chamou de uma das “maiores mudanças” já feitas no sistema de vistos britânico, afirmando que estava pronto para oferecer o direito de viver e trabalhar no Reino Unido a qualquer um dos quase 3 milhões de cidadãos de Hong Kong elegíveis para um passaporte nacional britânico no exterior, informou a Reuters.

Veja também: Primeiro ministro canadense responde pergunta sobre Trump com silêncio; assista

A oferta do primeiro-ministro, no entanto, só entraria em jogo se a China avançar com novas leis de segurança que tiram Hong Kong de suas liberdades tradicionais.

Johnson escreveu no Times que, se as leis de segurança fossem seguidas, “a Grã-Bretanha não teria escolha a não ser manter nossos profundos laços de história e amizade com o povo de Hong Kong”.

“Hoje, cerca de 350 mil pessoas possuem passaportes nacionais britânicos (estrangeiros) e outras 2,5 milhões de pessoas seriam elegíveis para se candidatar a eles. Atualmente, esses passaportes permitem o acesso sem visto por até seis meses”, afirmou

“Se a China impuser sua lei de segurança nacional, o governo britânico mudará suas regras de imigração e permitirá que qualquer portador desses passaportes de Hong Kong venha ao Reino Unido por um período renovável de 12 meses e receba mais direitos de imigração, incluindo o direito ao trabalho. o que os colocaria no caminho para a cidadania”, acrescentou Johnson.

O primeiro-ministro finalizou, dizendo que “isso representaria uma das maiores mudanças em nosso sistema de vistos na história. Se for necessário, a Grã-Bretanha dará esse passo e o fará de bom grado.”

Fonte: IG Mundo

Comentários do Facebook
Continue lendo
Política6 horas atrás

Hugo Leal, pré-candidato a prefeito do Rio, é o entrevistado na live do Dia

Divulgação/O Dia Hugo Leal é pré-candidato à prefeitura do Rio pelo PSD Hugo Leal , um dos pré-candidatos à prefeitura...

Nacional8 horas atrás

“Lamento todos os mortos, mas é destino de todo mundo”, diz Bolsonaro

Agência Brasil Bolsonaro voltou a defender cloroquina em fala aos manifestantes: “é o que aparece no momento” Na manhã de...

Estadual8 horas atrás

Emes promove curso ao vivo sobre revisão dos contratos de consumo e dever de renegociar

. A formação acontece no dia 10 de junho por meio de plataforma digital. A Escola da Magistratura do Espírito...

Estadual8 horas atrás

Vítima de golpe por e-mail falso tem pedido de indenização negado em Aracruz

. A juíza entendeu que autor não tomou a devida cautela antes de enviar sua mercadoria ao falsário. Um homem...

Estadual8 horas atrás

3ª Câmara Cível mantém indenização de criança lesionada em desabamento de teto de creche

. O município de Serra foi condenado a indenizar a autora em R$8 mil, a título de danos morais, por...

Estadual8 horas atrás

1º Juizado Especial Cível de Serra adota medidas para dar celeridade aos processos

. Iniciativa leva em consideração os reflexos da pandemia de Covid-19. O 1º Juizado Especial Cível de Serra tem tomado...

Estadual8 horas atrás

Cejuscs utilizam nova tecnologia para realizar sessões de mediação online

. A plataforma MOL, específica para a mediação, permite a assinatura eletrônica e a gestão dos casos, entre outras ferramentas....

São Mateus

Regional

Estadual

Nacional

Policial

ENTRETENIMENTO

POLÍTICA

Esportes

Mais Lidas da Semana

error: O conteúdo está protegido !!