conecte-se conosco



Nacional

Covid-19: Brasil tem 3,8 milhões de casos e mais de 120 mil mortes

Publicado

em


source
covid
Divulgação

Número de casos e óbitos cresceu


Desde o início da pandemia, o Brasil já confirmou 3.846.153 diagnósticos positivos de Covid-19 .  Nas últimas 24 horas, foram registrados  376 óbitos  e 17.504 casos confirmados. 


taxa de letalidade  (número de mortes pelo total de casos) ficou em 3,1%. A mortalidade (quantidade de óbitos por 100 mil habitantes) atingiu 57,5.% A incidência dos casos de covid-19 por 100 mil habitantes é de 1837,9.

Os  estados com o maior número de mortes são: São Paulo (29.978), Rio de Janeiro (16.027), Ceará (8.384), Pernambuco (7.574) e Pará (6.115). As Unidades da Federação com menos óbitos são: Roraima (587), Acre (609), Tocantins (664), Amapá (660) e Mato Grosso do Sul (851). 

 Aos sábados, domingos e segundas-feiras, o número registrado diário tende a ser menor pela dificuldade de alimentação dos bancos de dados pelas secretarias municipais e estaduais. Já às terças-feiras, o quantitativo em geral é maior pela atualização dos casos acumulados aos fins de semana.

Comentários do Facebook

Nacional

Vídeo: homem obriga filho a comer ovo cru que deixou cair no chão

Publicado

em

Em Goiás, a mãe da criança disse que quer ir “o quanto antes” registrar um boletim de ocorrência por maus-tratos contra o ex-companheiro

Um vídeo que repercutiu nas redes sociais mostra um pai obrigando o filho de 4 anos a comer um ovo cru que a criança deixou cair no chão, em Rio Verde (GO). A mãe do menino alegou que o pai gravou as imagens e lhe enviou para mostrar o castigo.

“Vai chupar isso aí”, disse o pai. O menino chora e se abaixa para pegar o alimento. “Chupa, chupa”, insiste o homem. 

Em seguida, o pai pergunta: “É bom? Eu falo para você ter cuidado com as coisas. Bom que na próxima vez você toma cuidado. Entendeu? Ouviu?”.

A mãe da criança disse que quer ir “o quanto antes” registrar um boletim de ocorrência por maus-tratos contra o ex-companheiro. O casal esteve junto por cinco anos e está separado há um.

O menino mora com o pai porque a mãe não tinha condições de criá-lo. As informações são do G1.

“Agora quero trazer ele de volta para morar comigo porque tenho como cuidar dele. Meu coração doeu muito ao assistir aquela cena. Não esperava isso do pai dele”, desabafou a jovem.

Assista:

 

Comentários do Facebook
Continue lendo

São Mateus

Regional

Estadual

Nacional

Policial

ENTRETENIMENTO

POLÍTICA

Esportes

Mais Lidas da Semana

error: O conteúdo está protegido !!