conecte-se conosco



Internacional

Coreia do Sul vê casos de coronavírus caírem ao menor nível

Publicado

em


.

A Coreia do Sul informou neste sábado (260 que registrou 49 novos casos domésticos do novo coronavírus, o menor número de transmissões locais em 44 dias, o que sinaliza que regras mais duras de distanciamento social adotadas no país têm surtido efeito.

Autoridades de saúde reiteraram pedidos para que pessoas se abstenham de visitar suas cidades natais ou de se reunirem com parentes durante o feriado de Chuseok,. A preocupação é de que o feriado que vai de 30 de setembro a 2 de outubro possa levar a um novo surto.

A Agência de Controle e Prevenção de Doenças da Coreia registrava 61 novos casos de coronavírus, sendo 49 de transmissão local, a maior parte em Seul e na província de Gyeonggi.

Isso leva o total no país a 23.516, enquanto houve quatro novas mortes, levando o total de óbitos para 399.

O sucesso da Coreia do Sul na contenção dos casos iniciais do vírus foi parcialmente revertido por um grande surto em meados de agosto, que começou em uma igreja e em um comício político.

Os casos tiveram um pico de 441 casos por dia no fim de agosto, mas têm apresentado queda desde o início das medidas mais duras de distanciamento.

A Coreia do Sul informou nessa sexta-feira que vai restringir ainda mais as regras durante o feriado de Chuseok, quando pessoas tradicionalmente se reúnem com suas famílias na densamente povoada área metropolitana de Seul.

As regras incluirão o fechamento de casas noturnas e bares na área de Seul e obrigação de distanciamento de ao menos um metro entre mesas em restaurantes e cafés com mais de 20 lugares.

Comentários do Facebook

Internacional

Papa Francisco é alertado sobre contato com arcebispo infectado com Covid-19

Publicado

em


source
Pontífice de 83 anos teve contato com arcebispo que contraiu a Covid-19
Reprodução/Vatican News

Pontífice de 83 anos teve contato com arcebispo que contraiu a Covid-19

O Papa Francisco foi alertado por membros do Vaticano sobre uma possível  exposição ao novo coronavírus (Sars-Cov-2) que ele teria tido após encontrar com o arcebispo australiano Adolfo Tito Yllana, que testou positivo para a doença pouco menos de duas semanas após o encontro.

O Governo da Austrália não confirmou a identidade do membro da igreja católica, mas o Departamento de Saúde do país afirmou que “todos os estados e órgãos internacionais foram notificados” sobre o caso.

A reunião entre os cardeais ocorreu no dia 6 de outubro . Adolfo retornou para a Austrália no dia 9, e teve de cumprir quarentena obrigatória em sua casa. 10 dias após o início do isolamento, o Arcebispo testou positivo para a Covid-19 .

Com 83 anos de idade e com parte do pulmão retirado ainda durante a juventude, Papa Francisco é parte do grupo de alto risco da doença. O Vaticano não se pronunciou sobre o caso.

Fonte: IG Mundo

Comentários do Facebook
Continue lendo

São Mateus

Regional

Estadual

Nacional

Policial

ENTRETENIMENTO

POLÍTICA

Esportes

Mais Lidas da Semana

error: O conteúdo está protegido !!