Connect with us

Mulher

Contrato de namoro: o que é e por que fazer?

Published

on

source
Especialista explica que contrato de namoro é diferente de união estável
FreePik

Especialista explica que contrato de namoro é diferente de união estável


Com a pandemia da covid-19 e a necessidade de isolamento social, muitos casais de namorados decidiram morar juntos, o que pode ser caracterizado como uma união estável, a depender do tempo que ambos permanecem vivendo sobre o mesmo teto.

Com essa possibilidade, poder surgir a dúvida: será que é preciso assinar algum documento para comprovar o contrário, por exemplo? Ou, como provar um vínculo para facilitar o contrato de aluguel, se for necessário? Em meio a estas questões, um termo curioso aponta uma nova modalidade de vínculo oficial: o contrato de namoro.

De acordo com a advogada especialista em Direito de Família e Sucessões, Débora Ghelman, este tipo de contrato  já é uma realidade: “Trata-se de um documento firmado entre o casal com o objetivo de demonstrar que o relacionamento afetivo não configura uma união estável, sendo apenas um namoro”, adianta.

O contrato de namoro, então, demonstra que as partes concordam que vivem um namoro e não uma união estável – que é considerada uma das formas de família pela Constituição Federal.

“A união estável possui os mesmos efeitos jurídicos que um casamento, ao passo que o namoro não possui nenhuma proteção jurídica. Então o contrato de namoro objetiva dar mais segurança jurídica ao casal de namorados, dificultando que, após o término do relacionamento, uma das partes alegue que vivia uma união estável e acione a Justiça para pleitear seus direitos”, esclarece a advogada.

Diferença de união estável

A grande diferença entre namoro e união estável é que, apesar de ambos serem relacionamentos afetivos, públicos, contínuos e muitas vezes duradouros, na união estável o objetivo de constituir família é imediato, ao passo que no namoro é futuro.

“A união estável possui proteção constitucional, sendo equiparada ao casamento. Portanto, em caso de uma separação poderá haver partilha de bens e direito a alimentos, por exemplo. Além disso, caso um dos companheiros faleça, o outro será seu herdeiro e poderá receber pensão por morte. Já o namoro não possui nenhum efeito jurídico, ou seja, o término desse relacionamento não gera nenhum direito ao ex-namorado no que diz respeito ao Direito de Família e Sucessões”, explica a advogada Bianca Lemos, sócia da mesmo escritório que Débora. 

Por que fazer um contrato de namoro?

O contrato de namoro estabelece que as partes reconhecem que vivem um relacionamento afetivo caracterizado como namoro e que no momento não têm a intenção de constituir família. Isso pode facilitar o contrato de um aluguel, por exemplo, e dá mais segurança jurídica aos envolvidos caso desejem se separar depois. “Sempre recomendamos incluir uma cláusula nesse contrato prevendo qual será o regime de bens caso o namoro se transforme numa união estável”, completam as advogadas.

Vale lembrar que o contrato de namoro pode ser realizado tanto em cartório por meio de uma escritura pública ou contrato particular, sendo muito importante o auxílio de um advogado especializado em Direito de Família para melhor orientar o casal.

Fonte: IG Mulher

Comente Abaixo
Saúde10 minutos ago

SP vacina contra covid-19 e gripe em parques e na Avenida Paulista

Para ampliar a cobertura vacinal da população da cidade, a prefeitura de São Paulo disponibiliza hoje (3) seis locais para a vacinação:...

Entretenimento10 minutos ago

Ricky Martin recebe ordem de restrição por violência doméstica

Reprodução/Instagram – 03.07.2022 Cantor Ricky Martin Ricky Martin se tornou alvo de uma ordem de restrição após ser acusado de...

Sem categoria11 minutos ago

Mirella resolve fazer topless na sacada de sua casa e é flagrada: “OnlyFans grátis”

Se você realmente chegou a cogitar que Mirella não iria dar o que falar em seu Instagram na madrugada deste sábado (02),...

Política15 minutos ago

Crivella diz ter colocado ‘nome à disposição’ para o governo do Rio

Fernando Frazão/Agência Brasil Crivella admite concorrer ao governo do Rio O ex-prefeito do Rio Marcelo Crivella (Republicanos) , em entrevista...

Saúde15 minutos ago

Distrito Federal tem primeiro caso de varíola dos macacos

O Distrito Federal (DF) registrou o primeiro caso de varíola dos macacos (Monkeypox). De acordo com comunicado divulgado ontem (2) pela Secretaria...

Entretenimento24 minutos ago

Mileide Mihaile quase mostra tudo de biquíni minúsculo

Nos Lençóis Maranhenses, Mileide Mihaile choca fotógrafos e quase mostra tudo ao usar biquíni micro; veja A influenciadora Mileide Mihaile posou para...

Nacional38 minutos ago

Motorista de aplicativo é dopado e passa mais de 24 horas amarrado

Um motorista de veículo de aplicativo, de 39 anos, foi assaltado em Contagem, em Belo Horizonte, e depois foi levado...

São Mateus

Regional

Estadual

Nacional

Policial

ENTRETENIMENTO

POLÍTICA

Esportes

Mais Lidas da Semana