conecte-se conosco


Nacional

Conselho pune procurador que chamou Bolsonaro de ‘bunda-suja e fascista’

Publicado

em

source
Bolsonaro sorrindo arrow-options
Marcos Corrêa/PR – 7.8.19
Procurador que ofendeu Bolsonaro foi afastado por 30 dias de suas funções.

O Conselho Nacional do Ministério Público decidiu, nesta terça-feira, suspender por 30 dias o procurador de Justiça da Bahia Rômulo de Andrade Moreira, acusado de ofender a honra do presidente Jair Bolsonaro . Logo depois das eleições do ano passado, Moreira escreveu num blog na internet que o presidente eleito seria um  “bunda-suja, fascista, preconceituoso, desqualificado, homofóbico, racista, misógino, retrógrado, arauto da tortura, adorador de torturadores, amante das ditaduras, subserviente aos militares”. 

Leia também: Primeiro colocado da lista tríplice para PGR não fala de ideologia com Bolsonaro 

Pela decisão do Conselho Nacional, Moreira ficará um mês afastado de sua atividades profissionais sem receber salário. Para o relator do caso, o vice-procurador da República, Luciano Maia, o procurador   “violou deveres legais de manter publica e particularmente, conduta ilibada e compatível com o exercício do cargo e de zelar pelo prestígio da Justiça, por suas prerrogativas e pela dignidade de suas funções, e pelo respeito aos membros do Ministério Público , aos magistrados e advogados”. 

O relator argumentou  que Moreira fez ataques pessoais a Bolsonaro e, por isso, teria extrapolado o direito à liberdade de expressão. Maia afirma que a crítica é permitida e até desejável na democracia. “Contudo, ataques de cunho meramente pessoal, direcionados à liderança política, com a finalidade de descredenciá-los perante a opinião pública em razão de ideias ou ideologias de que discorde o membro do Ministério Público extrapolam o âmbito de proteção dessa liberdade individual”. 

No mesmo blog, Moreira teria insinuado desvio de conduta de ministros do Supremo Tribunal Federal e do Ministério Público Federal. “Ao sugerir atribuição de conduta ilegal e imoral ao Supremo Tribunal Federal e aos membros do Ministério Público e do Poder Judiciário, de forma leviana e destituída de plausibilidade fática, o requerido praticou ato com potencial de produção de desprestígio institucional, mormente porque praticado por um de seus membros, diante do que se mostra inegável a infração administrativa”, disse Maia. 

Leia mais:  Parlamento britânico vota propostas alternativas ao Brexit

Leia também: Ativistas protestam contra Bolsonaro em embaixada do Brasil em Londres

O voto do relator foi aprovado pela maioria dos conselheiros. Antes da  punição ao procurador de Justiça, o Conselho decidiu reabrir uma investigação contra o contra o procurador Deltan Dallagnol alvo de nove representações no Conselho. 

Fonte: IG Nacional
Comentários do Facebook
publicidade

Nacional

Pedreiro suspeito de estuprar filha de pastor ameaça: ‘vamos ver se o Deus dele vai protegê-lo’

Publicado

em

Pedreiro é casado com a avó da menina, e os estupros aconteciam quando a criança passava os fins de semana com a avó

Um pedreiro de 63 anos é investigado pela Polícia Civil por estuprar uma menina de 7 anos, filha de um pastor, em Campo Grande. O suspeito é casado com a avó da criança, e os abusos aconteciam quando a menina ia passar os fins de semana na residência do casal.

O crime foi denunciado em julho deste ano na Depca (Delegacia Especializada de Proteção à Criança e ao Adolescente), mas os abusos aconteciam desde maio quando a menina visitava a avó aos fins de semana, e o pedreiro passava as mãos nas partes íntimas da criança.

A menina contou aos pais o que estava acontecendo e o pastor procurou a polícia. A criança foi ouvida por psicólogos ficando comprovado os abusos. Nesta segunda-feira (19), o pastor foi até a casa de sua mãe para que ela fosse até a delegacia prestar depoimento.

Quando chegou em casa, o pedreiro que estava lá fez ameaças: “Se eu vou preso, uma hora vou sair. Vamos ver se o Deus dele vai protegê-lo”. Mesmo com as ameaças, ele continua solto.

Comentários do Facebook
Leia mais:  Acusado de matar Marielle vai responder também por comércio ilegal de arma
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie
Regional9 minutos atrás

Criança cai dentro de bueiro e família receberá R$ 5 mil no ES

Devido à queda, ela teve um corte de cinco centímetros na perna esquerda e perdeu considerável quantidade de sangue O...

Entretenimento19 minutos atrás

Gracyanne Barbosa aparece de microbiquíni e mostra tudo no pole dance

Em um dos Stories, Gracy escreveu: “Completamente perdida, mas me divirto”, referindo-se à coreografia que deveria fazer racyanne Barbosa não...

Nacional29 minutos atrás

Pedreiro suspeito de estuprar filha de pastor ameaça: ‘vamos ver se o Deus dele vai protegê-lo’

Pedreiro é casado com a avó da menina, e os estupros aconteciam quando a criança passava os fins de semana...

Nacional33 minutos atrás

Mãe e padrasto matam criança de 1 ano porque ‘chorava demais’

Em depoimento à polícia, a dupla confessou que matou a menina pelos choros Um casal assassinou a própria filha na...

Agricultura47 minutos atrás

Ministério da Agricultura discute a reestruturação do Garantia Safra em encontros regionais no Nordeste

O governo vai reestruturar o programa Garantia-Safra, voltado aos agricultores familiares de estados do Nordeste e do Norte de Minas...

Agricultura47 minutos atrás

Seif participa de encontro da indústria internacional de pesca

O secretário de Aquicultura e Pesca do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Jorge Seif Júnior, está na Noruega para...

Agricultura47 minutos atrás

Secretaria Especial de Assuntos Fundiários busca soluções para conflitos agrários com Ministério da Justiça

O secretário Especial de Assuntos Fundiários, Nabhan Garcia, e o ministro da Justiça, Sérgio Moro, reuniram-se na manhã desta quarta-feira...

São Mateus

Regional

Estadual

Nacional

Policial

Mais Lidas da Semana