conecte-se conosco



Economia

Confira: consulta ao 6º lote de restituição do IR foi liberado nesta sexta

Publicado

em

source
aplicativo Receita Federal arrow-options
MARCELLO CASAL JR./AGÊNCIA BRASIL

Receita Federal antecipa consulta a lote de restituição

A Receita Federal liberou nesta sexta-feira, dia 8, a consulta ao penúltimo lote de  restituições do Imposto de Renda da Pessoa Física (IRPF) 2019. A consulta — que deveria ser feita a partir de segunda-feira, dia 11 — foi antecipada por conta do feriado de 15 de novembro (sexta-feira que vem).

Para saber se foi incluído nesta leva de devoluções, o contribuinte deve acessar o  site da Receita Federal ou ligar para o Receitafone 146 , com o número do CPF em mãos.

Receita envia cartas a 330 mil por inconsistências na declaração do IR; veja

Este 6º lote reúne 1.365.366 contribuintes, com direito a um montante total de R$ 2,1 bilhões. De acordo com o Fisco, as restituições liberadas agora foram transmitidas sem pendências até 19 de agosto.

A data de transmissão considerada é a do último formulário enviado. Também estarão incluídas nesta leva restituições de 2008 a 2018, para contribuintes que caíram na malha fina.

Saiba quando a Receita pode confiscar sua restituição do Imposto de Renda

O dinheiro estará disponível para saque no banco a partir do dia 18 de novembro . O crédito será feito na conta indicada pelo contribuinte na declaração de ajuste anual.

O montante também virá corrigido pela taxa básica de juros — a Selic — acumulada no período. Para as declarações referentes a 2019 (ano-base 2018), a correção será de 4,02% (acumulado de maio a novembro deste ano).

Para as mais antigas, de 2008, por exemplo, o percentual chega a ser de 112,30% pois é o acumulado de maio daquele ano até agora.

A devolução ficará disponível para saque por um ano. Se não fizer o resgate nesse período, o interessado deverá requerer o pagamento pela internet, com o preenchimento do Formulário Eletrônico – Pedido de Pagamento de Restituição, ou diretamente no e-CAC, no serviço “Extrato do Processamento da DIRPF”.

Vale lembrar que após a 6ª leva de devoluções, haverá apenas mais um lote regular de restituições, cujo depósito será feito em 16 de dezembro. Depois disso, a Receita Federal vai liberar apenas lotes residuais, de pessoas que caíram na malha fina.

Governo avalia corrigir faixas de isenção do IR pela inflação

Se o dinheiro não estiver na conta

Caso o dinheiro não seja creditado na conta indicada, apesar de o contribuinte estar incluído no 6º lote, o interessado poderá procurar qualquer agência do Banco do Brasil (BB) ou ligar para a central de atendimento pelos telefones 4004-0001 (capitais), 0800-729-0001 (demais localidades) e 0800-729-0088 (exclusivo para deficientes auditivos).

O crédito s erá agendado numa conta-corrente ou numa caderneta de poupança, em nome do titular, em qualquer instituição financeira de sua preferência.

Prioridades

Neste lote ainda existem pessoas com prioridade de recebimento garantida por lei. São 5.270 idosos acima de 80 anos, 32.641 contribuintes entre 60 e 79 anos, 4.673 pessoas com alguma deficiência física ou mental ou moléstia grave, e 16.408 profissionais cuja maior fonte de renda é o magistério.

Malha fina

Caso o contribuinte tenha caído na malha fina, é possível consultar a página da Receita Federal, no serviço e-CAC, e acessar o extrato da declaração de IR. Assim, o interessado pode verificar as inconsistências de dados identificadas pelo processamento do Fisco e regularizar sua situação, com a entrega de uma declaração retificadora.

Comentários do Facebook

Economia

Dólar fecha em  R$ 5,08, menor nível em dez semanas

Publicado

em


source

Agência Brasil

dólar
MARCELLO CASAL JR./AGÊNCIA BRASIL

Dólar tem menor valor em 10 semanas

Em mais um dia de alívio nos mercados internacionais, o dólar fechou no menor nível em dez semanas. A bolsa de valores ultrapassou os 93 mil pontos e encerrou no nível mais alto em quase três meses.

O dólar comercial encerrou esta quarta-feira (3) vendido a R$ 5,086, com recuo de R$ 0,124 (-2,38%). A cotação operou em queda durante toda a sessão e fechou no menor nível desde 26 de março (R$ 4,996). Na mínima do dia, por volta das 12h, chegou a atingir R$ 5,02. A divisa acumula alta de 26,74% em 2020.

O euro comercial fechou o dia vendido a R$ 5,722, com recuo de 2,38%. A libra comercial caiu 2,45% e terminou a sessão vendida a R$ 6,369.

O Banco Central (BC) interveio pouco no mercado. A autoridade monetária ofertou até US$ 620 milhões para rolar (renovar) contratos de swap cambial – venda de dólares no mercado futuro – que venceriam em julho.

Bolsa de valores

No mercado de ações, o dia foi marcado pelo otimismo com o exterior. O Ibovespa, índice da B3 (bolsa de valores brasileira), fechou o dia aos 93.002 pontos, com ganho de 2,15%. O índice está no maior nível desde 6 de março, quando tinha fechado próximo aos 98 mil pontos.

O Ibovespa seguiu o mercado norte-americano. O índice Dow Jones, da Bolsa de Nova York, fechou a quarta-feira com alta de 2,05%. Apesar do acirramento dos protestos antirracistas nos Estados Unidos, os investidores reagiram à queda de novos casos de covid-19 em regiões norte-americanas e em países europeus e a dados econômicos positivos.

Nos Estados Unidos, o setor privado fechou 2,76 milhões de vagas. O nível veio melhor que a extinção de 9 milhões de postos esperada pelos analistas. O setor de serviços da China cresceu pela primeira vez desde janeiro e teve, em maio, o melhor desempenho mensal desde o fim de 2010. Na Europa, a contração das empresas diminuiu em maio, indicando início de recuperação.

Há várias semanas, mercados financeiros em todo o planeta atravessam um período de nervosismo por causa da recessão global provocada pelo agravamento da pandemia do novo coronavírus. Nos últimos dias, os investimentos têm oscilado entre possíveis ganhos com o relaxamento de restrições em vários países da Europa e em regiões dos Estados Unidos e contratempos no combate à doença.

No Brasil, a emissão em títulos da dívida externa pelo Tesouro, anunciada hoje pela manhã, indicou que ainda há demanda por ativos brasileiros no exterior.

Veja também:  Petrobras aumentára em 5,3% o preço no gás nesta quinta-feira

Comentários do Facebook
Continue lendo
Saúde2 horas atrás

Covid-19: Brasil tem 584.016 casos confirmados e 32.548 mortes

. O balanço divulgado no fim da noite desta quarta-feira (3) pelo Ministério da Saúde trouxe 28.633 novas pessoas infectadas com...

Nacional3 horas atrás

Covid-19: Brasil tem 1,3 mil mortos em 24h; total de óbitos é 32.548

Yan Boechat Novo levantamento oficial aponta que Brasil tem 28.633 novos casos em 24 horas O Ministério da Saúde divulgou...

Política3 horas atrás

Google explica: como é feita a publicidade citada por Wajngarten

Carolina Antunes/PR Fábio Wajngarten desmentiu que fez publicidade governamental em sites que divulgam notícias falsas Os sites onde as propagandas...

Nacional3 horas atrás

Covid-19: Brasil tem 1,3 mil mortos em 24h; total de óbitos é 32.548

Yan Boechat Novo levantamento oficial aponta que Brasil tem 28.633 novos casos em 24 horas O Ministério da Saúde divulgou...

Estadual3 horas atrás

Mulher que teve rosto queimado durante procedimento estético deve receber indenização

. O magistrado sentenciante entendeu que houve imprudência por parte da ré na realização do serviço prestado. O juiz titular...

Estadual3 horas atrás

Pensão alimentícia é tema do novo episódio de Just Talk – o Podcast do TJES

. O juiz Fábio gama, presidente do Fórum Permanente de Juízes de Família, explica sobre o pagamento de alimentos e...

Política3 horas atrás

Senado aprova prevenção à violência doméstica como serviço essencial

Reprodução De acordo com o projeto, o poder público deverá oferecer, enquanto durar o estado de emergência, residências temporárias, em...

São Mateus

Regional

Estadual

Nacional

Policial

ENTRETENIMENTO

POLÍTICA

Esportes

Mais Lidas da Semana

error: O conteúdo está protegido !!