conecte-se conosco


Entretenimento

Como “John Wick” se tornou a principal franquia de ação do cinema moderno

Publicado

em

Não é nenhum segredo que o cinema de ação mudou com o passar dos anos. Aqueles filmes cascudos que fizeram a fama de astros como Sylvester Stallone, Arnold Schwarzenegger e Bruce Willis nos anos 80 até ensaiaram um revival em tom de paródia com a franquia “Os Mercenários”, mas a verdade é que em um gênero dominado por heróis e fantasias esse tipo de ação parece não ter mais espaço.

Leia também: “John Wick 3” amplia universo da franquia e apresenta cenas de ação alucinantes


John Wick
Divulgação
Keanu Reeves em cena de John Wick 3

Justamente por isso chama a atenção o impacto cultural provocado por John Wick
, o talentoso assassino vivido por Keanu Reeves
na franquia homônima. Diferentemente de “Velozes e Furiosos”, que foi se transformando com o tempo e hoje contempla um inesperado multiverso com a chegada de “Velozes e Furiosos: Hobbs & Shaw” em agosto, essa franquia, tão acidental quanto a dos carros tunados, consegue materializar o melhor do cinema dos anos 80 e 90 com a linguagem moderna do gênero.

  • A ideia de um matador aposentado forçado a voltar à ativa é poderosa e já foi usada inúmeras vezes no cinema, mas a série se articula sagazmente nesse departamento com a morte do cachorrinho deixado pela esposa do protagonista no primeiro filme
  • A mitologia em torno da figura de John Wick é muito bem trabalhada nos três filmes. O público ouve que o personagem interpretado por Keanu Reeves é fantástico na sua linha de trabalho, mas também vê
  • As cenas de ação são brilhantemente coreografadas. São os melhores stunts (como são chamadas essas cenas de grande elaboração física e logística nos EUA) do cinema atual
  • Keanu Reeves
     compreende brilhantemente seu personagem e o personagem parece talhado para a persona pública do ator, um tipo introspectivo e avesso às badalações da fama
  • O universo dos assassinos profissionais e seus códigos de ética são abordados pelo cinema desde os tempos seminais do Western, mas a franquia explora isso de maneira oxigenada proporcionando uma fusão de mídias. Em seu desenvolvimento há muito das HQs do início do século e uma saudável sinergia com games contemporâneos
  • O nível das cenas de ação é mais sofisticado a cada novo filme, um cuidado que não se via desde os filmes da franquia Bourne de Paul Greengrass na década passada
Leia mais:  Olha elas! Era feminina no “BBB” não dá pistas de que vai acabar tão cedo

John wick
Divulgação
Keanu Reeves em cena de John Wick 3

O terceiro filme da franquia, que estreia nesta quinta-feira (16), ratifica esse momento singular. Eis uma série barata, se comparada tanto com o universo cinematográfico da Marvel como com “Velozes e Furiosos” e altamente lucrativa. Devolveu a Keanu Reeves o pedigree de astro de um produto que depende essencialmente dele  – e não são todos os astros hollywoodianos que podem se gabar disso atualmente – e angaria fãs a cada novidade.

Leia também: “John Wick: Um Novo Dia Para Matar” aposta no humor e em violência coreografada

Quando falamos de John Wick
, novidade é a ordem do dia. Além de um quarto filme já garantido por Chad Stahelski, o ex-dublê responsável pela direção dos três primeiros, o personagem deve gerar um game e uma série de TV sobre o hotel Continental (que serve como base e refúgio para assassinos em diversas partes do mundo).  Esses são sintomas de sucesso e o personagem ainda tem fôlego para muito mais.

Fonte: IG Gente
Comentários do Facebook
publicidade

Entretenimento

Juliana Paes quer cena “épica” entre Maria da Paz e Jô em “A Dona do Pedaço”

Publicado

em

Quem acompanha Juliana Paes no Twitter sabe que a atriz sempre comenta sobre ” A Dona do Pedaço ” em tempo real na rede social e na noite da última segunda-feira (17) não foi diferente.

Leia também: Em “A Dona do Pedaço”, Virgínia demite Fabiana e descobre parentesco

Juliana da Paes como Maria da Paz
Reprodução/Globo
Juliana da Paes como Maria da Paz


Juliana Paes aproveitou o capítulo de ontem da trama para interagir com os telespectadores e acabou concordando com uma internauta que disse que deseja ver uma cena “épica” entre sua personagem e a filha, Josiane, vivida por Agatha Moreira.

“Quando Maria da Paz descobrir que a filha é o próprio capiroto, tem que ser uma cena épica!”, disse uma internauta. Juliana retuítou o comentário e completou: “Também acho”.

Leia também: Além de Jô: As filhas mais carrascas das novelas da Globo

Além disso, Juliana Paes também interagiu com uma usuária que falou sobre a vida amorosa de Maria da Paz na novela. “Não está fácil torcer pra vida amorosa da Maria da Paz”, disse a moça. “Não desiste”, respondeu a atriz. Está difícil para ela, né?

Fonte: IG Gente
Comentários do Facebook
Leia mais:  Drama de Christiane Torloni dá melhor audiência do ano ao “Conversa Com Bial”
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie
Esportes24 minutos atrás

114 x 19! Foto de “gigantes” dos EUA contra “baixinhas” de El Salvador viraliza

Reprodução “Gigantes” dos EUA contra as “baixinhas” de El Salvador em jogo de basquete sub-16 Uma foto bastante curiosa viralizou...

Nacional24 minutos atrás

“Não sou ditador, sou democrata, pô”, diz Bolsonaro sobre decreto de armas

Marcos Corrêa/PR Bolsonaro confia que senadores aceitem o decreto do porte de armas Engajado na defesa dos decretos que editou...

Nacional24 minutos atrás

Após rebelião liderada pelo PCC no Paraguai, presos devem ser expulsos do país

Reprodução/El Periodico Paraguai vem intensificando a expulsão de presos brasileiros; com ação do PCC, são previstas mais expulsões O Ministério...

Nacional24 minutos atrás

Bolsonaro diz que ainda não sabe quem indicará para PGR: “Tudo é possível”

Carolina Antunes/PR Ao ser indagado sobre a votação, Bolsonaro disse que não havia visto a lista tríplice ainda No dia...

Nacional24 minutos atrás

História da deputada Flordelis é marcada por tragédias e foi retratada em filme

Divulgação Pastora evangélica, deputada federal mais votada do Estado do Rio já teve vida retratada em filme O episódio do ...

Nacional24 minutos atrás

Homem é condenado à prisão por compartilhar vídeo do atentado na Nova Zelândia

Reprodução/Twitter Atentado na Nova Zelândia foi filmado por atirador e transmitido ao vivo pelo Facebook Philip Neville Arps, de 44...

Economia1 hora atrás

União pagou em maio R$ 401 milhões em dívidas atrasadas de estados

Rodrigues Pozzebom/AgÊncia Brasil Mansueto Almeida, Secretário do Tesouro Nacional, órgão responsável por cobrir os calotes O Tesouro Nacional pagou, em...

São Mateus

Regional

Estadual

Nacional

Policial

Mais Lidas da Semana