conecte-se conosco


Entretenimento

Como “Coringa” pode mudar o patamar das adaptações de HQs em Hollywood

Publicado

em

source

É comum vermos análises por todo o canto sobre a estafa do gênero de super-heróis, a espinha dorsal da Hollywood contemporânea. Essa constatação, que não é exatamente nova, mas ganha fôlego entre insiders da indústria, já estava sendo relativizada por feitos como o de “Pantera Negra”, que tornou-se a primeira adaptação de HQ indicada ao Oscar de Melhor Filme, e “Vingadores: Ultimato”, que superou “Avatar” para se tornar a maior bilheteria de todos os tempos no cinema.

Leia também: Trailer final de “Coringa” mostra escalada caótica da mente do protagonista

Coringa arrow-options
Divulgação/Warner Bros.
Coringa promete ser paradigmático no gênero das adaptações das HQs

Vencedor do Leão de Ouro em Veneza, para surpresa e arrebatamento de muita gente, “Coringa” representa mais um desafio a essa percepção. Mas não apenas isso. Warner e DC sempre advogaram que mais valia investir em cineastas de visão do que na criação de um universo compartilhado. Essa teoria nem sempre foi aplicada pelo estúdio, mas o filme de Todd Phillips , que estreia em 3 de outubro no Brasil,  é mais do que um passo nesse sentido. É a primeira demonstração de que a famigerada fórmula Marvel não é o único caminho.

“Aquaman”, primeiro projeto supervisionado por Geoff Johns, atual homem forte dos filmes da DC, foi o último pilar do malfadado universo compartilhado da DC no cinema, o DCU, iniciado com “O Homem de Aço” (2013). “Shazam!” (2019) mostrou que o filme de super-herói não precisava estar preso às convenções de gênero .

 O filme estrelado por Zachary Levi deve mais a “Quero Ser Grande” do que ao Superman, com quem frequentemente suscita comparações por conta dos poderes. “Coringa” radicaliza esse conceito por ser um filme de um vilão sem qualquer vestígio do herói. Não é um filme de origem convencional também. Phillips oferta uma leitura do personagem. As comparações com “O Rei da Comédia” e “Taxi Driver”, clássicos setentistas de Martin Scorsese que ajudaram a fundar o cinema autoral dos EUA nos anos 70, estão pipocando entre os críticos que já viram o filme nos festivais de Veneza e Toronto.

Leia mais:  Empresária diz que Caroline Bittencourt pulou no mar para salvar o cachorro

Entre “Logan” e “Coringa”

Coringa arrow-options
Divulgação/Warner Bros.
Cena de Coringa, que estreia nos cinemas brasileiros em 3 de outubro

O primeiro longa a extrapolar as fronteiras da adaptação de HQ foi “Logan” em 2017. O filme da Fox exigiu um esforço criativo tremendo de Hugh Jackman e do diretor James Mangold e certa ousadia do estúdio, de lançar um filme com o personagem proibido para menores de 18 anos.

O risco pagou bem. O filme rendeu US$ 392 milhões globalmente e mais de US$ 220 milhões apenas nos EUA. “Deadpool”, carregado no sarcasmo e nas referências pop, também foi um tiro certeiro do estúdio. A sequência, lançada em 2018, beijou os US$ 800 milhões em arrecadação.

É natural que com a dedicação quase absoluta ao gênero, o grande ganha-pão da Hollywood atual, os heróis emplacassem no Oscar. “Logan” recebeu uma indicação de roteiro em 2018 e “Pantera Negra” ostentou sete indicações, vencendo em três categorias, em 2018. Mas ninguém estava preparado para um triunfo no festival mais antigo do mundo .

O fator Veneza

Coringa arrow-options
Divulgação/Warner Bros.
Cena de Coringa, premiado com o Leão de Ouro em Veneza

Veneza premiou em 2018 “Roma”, o filme da Netflix se tornou o primeiro de uma plataforma de streaming a triunfar no lido. No ano seguinte, “Coringa” se torna a primeira produção oriunda de HQ a triunfar por lá. À parte a tentação por posicionar-se na vanguarda, Veneza atua para legitimar essas novas tendências do entretenimento como arte.

A validação de um dos mais prestigiados festivais de cinema do mundo não coloca apenas “Coringa” na rota do Oscar. Faz do filme um paradigma que serve tanto a DC, na sua disputa particular com a Marvel, como ao gênero como um todo. “Coringa” tem a capacidade de demonstrar que é possível fazer arte com base nas HQs mainstreans. David Cronenberg (“Marcas da Violência”) e Sam Mendes (“Estrada para Perdição”) já dirigiram adaptações de Graphic Novels, mas eram HQs obscuras. Todd Phillips, o cara responsável pela trilogia “Se Beber, Não Case!”, pega um personagem popular e a partir dele faz um comentário social.

Leia mais:  Casamentos, polêmicas e bebês marcaram o 2018 da família real britânica

O futuro

Coringa arrow-options
Divulgação/Warner Bros.
Joaquin Phoenix em momento de introspecção em Coringa

A expectativa de que o filme emplaque nas chamadas categorias nobres do Oscar (filme, direção, roteiro, ator, etc) é grande e está mexendo com o status quo de Hollywood. A força do filme na temporada de premiações poderia provocar um rebuliço na maneira como a indústria enxerga as possibilidades ensejadas por adaptações de HQs. Isso, em um contexto que a Marvel vira um dos principais pilares do Disney +, novíssima plataforma de streaming da Disney.

Leia também: Joaquin Phoenix perdeu mais de 23 quilos para viver o Coringa

Com a aquisição da FOX pela Disney e com o desentendimento entre Sony e Marvel , que fazia curadoria dos filmes do Aranha e tinha o personagem em seu MCU, o triunfo de “Coringa” na temporada deixa a trilha para como Warner e Sony podem antagonizar a Disney. Melhor do que dinheiro nas bilheterias, só prêmios, prestígio e dinheiro nas bilheterias.

Fonte: IG Gente
Comentários do Facebook
publicidade

Entretenimento

Marília Mendonça lança hit “Conspiração” em parceria com Tribo da Periferia

Publicado

em

source

Marília Mendonça e o Tribo da Periferia lançaram juntos o hit “Conspiração”. A música faz parte do álbum do duo de rap “5º Último”, ainda sem data de lançamento. No YouTube, o lyric vídeo já acumula mais de 2,8 milhões de visualizações desde a divulgação na quinta-feira (19).

Leia também: Marília Mendonça conta detalhes ao descobrir gravidez: “Público teve ciúmes” 

Marília Mendonça e Tribo da Periferia arrow-options
Divulgação
Marília Mendonça e Tribo da Periferia lançaram juntos o hit ‘Conspiração’, uma mistura entre sertanejo e rap

Segundo Duckjay, membro do  Tribo da Periferia que também assina a composição e produção musical da faixa, a vontade de gravar com Marília Mendonça vem desde 2015, quando a dupla Henrique e Juliano convidou o duo para ser a atração surpresa no aniversário da cantora. 

“Sempre gostei do experimental. E como temos uma grande admiração pela Marília, gravar com ela se tornou um sonho! Mandei a música e ela super aceitou. A canção fala sobre uma amizade e cumplicidade entre o homem e mulher, que quando se unem, a vida se torna uma festa. A intenção é elevar a autoestima e divertir ao mesmo tempo”, diz o músico. 

Ao contrário do que muita gente pensa, a combinação entre rap com o sertanejo deu “match”. “Hoje em dia, todos os estilos musicais combinam muito bem, mas o rap do Tribo e o sertanejo têm uma sintonia em comum e isso foi posto em prática nessa mistura musical que abrange um pouco de cada estilo”, finaliza Duckjay. 

Leia também: Marília Mendonça faz bico e brinca com letra de música: “Vou te processar”

Além do YouTube, o hit “Conspiração” está disponível nos serviços de streaming, como Spotify, Tidal, Deezer e YouTube Music. Veja o vídeo lançado por Marília Mendonça e Tribo da Periferia:

Fonte: IG Gente
Comentários do Facebook
Leia mais:  Whindersson passa apuros em aeroporto nos EUA e pede comida para fãs
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie
Economia5 horas atrás

Mega-Sena acumula e previsão de prêmio para quarta-feira é de R$ 44 milhões

Ninguém acertou as seis dezenas do concurso 2190 da Mega-Sena, realizado neste sábado (21) em São Paulo.  Foram 94 acertadores...

Carros e Motos5 horas atrás

Cinco variações do novo Corolla que não temos no Brasil

Recém-lançada no Brasil, a 12ª geração do Toyota Corolla chegou trazendo como destaque a versão com motorização híbrida flex ....

Esportes5 horas atrás

Setor ofensivo funciona e Corinthians espanta a crise com vitória na Arena

arrow-options Reprodução/Corinthians Love anotou um dos gols do Corinthians O Corinthians precisava dar uma resposta a sua torcida e aliviar...

Esportes5 horas atrás

Kobra pinta mural em homenagem a Senna no autódromo que tirou sua vida

arrow-options Eduardo Kobra/Divulgação Mural para Ayrton Senna fica nas proximidades de sua última curva, em Imola O artista brasileiro de...

Esportes6 horas atrás

Granada surpreende, bate Barcelona e dorme na liderança do Espanhol

arrow-options Reprodução/La Liga Granada vence o embate contra o Barcelona e assume a liderança da La Liga Em noite surpreendente,...

Esportes6 horas atrás

Flamengo vence o Cruzeiro e alcança recorde de vitórias no Brasileiro

arrow-options Reprodução/Flamengo Gabigol continua liderando a artilharia do Campeonato Brasileiro Na abertura do segundo turno do Campeonato Brasileiro, o Flamengo...

Direto de Brasília6 horas atrás

Mulher é degolada na frente do filho de 2 anos no Piauí; suspeito foi preso

arrow-options Reprodução/Facebook Laysse da Silva Carvalho foi morta a facadas na madrugada de sexta-feira (20); o suspeito foi preso pela...

São Mateus

Regional

Estadual

Nacional

Policial

Mais Lidas da Semana