conecte-se conosco



Economia

Comissão aprova reajuste no limite no auxílio-inclusão para deficientes; entenda

Publicado

em


source
Texto poderá ser apreciado pelo plenário da Câmara dos Deputados após parecer da CCJ
Reprodução: iG Minas Gerais

Texto poderá ser apreciado pelo plenário da Câmara dos Deputados após parecer da CCJ

A Comissão de Defesa dos Direitos das Pessoas com Deficiência da Câmara dos Deputados aprovou proposta que aumenta o limite para trabalhadores com deficiência receberem o auxílio-inclusão. Atualmente, o benefício é limitado às pessoas com deficiência que tenham recebido o Benefício de Prestação Continuada (BPC) e passem a exercer atividade com remuneração de até dois salários mínimos, ou R$ 2,2 mil. A proposta eleva o limite ao teto do Regime Geral de Previdência Social, fixado em R$ 6.433,57.

O texto aprovado é o substitutivo do deputado Eduardo Barbosa (PSDB-MG) ao Projeto de Lei 2130/15 e também eleva o valor do auxílio-inclusão, hoje fixado em 50% do BPC. De acordo com o substitutivo, o novo valor do auxílio-inclusão deve variar entre 50% e 100% do BPC, que é equivalente a um salário mínimo. O benefício será calculado de acordo com avaliação da deficiência e do grau de impedimento para o exercício da atividade laboral.

Custo de vida

Eduardo Barbosa calcula que o valor recebido em muitos casos será inferior ao que as pessoas com deficiência já recebem a título de BPC. “A ampliação do limite atualmente fixado na legislação, portanto, será benéfica não apenas para as próprias pessoas com deficiência e familiares, como em termos de gastos públicos, pois poderá propiciar a redução dos valores de benefícios pagos pelo governo”, espera.

Para receber auxílio-inclusão, o beneficiário deve ter registro formal em carteira de trabalho ou ser servidor público. Eduardo Barbosa argumenta que as pessoas com deficiência têm um custo de vida superior em relação às pessoas sem deficiência. “Devido à falta de acessibilidade do transporte público coletivo, por exemplo, muitas pessoas com deficiência apenas poderão chegar aos seus locais de trabalho por meio de transporte individual, com custo superior”, exemplifica.

A proposta, que tramita em caráter conclusivo, ainda deve ser analisada pela Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania.

Comente Abaixo
Economia24 minutos atrás

Saiba os custos ocultos ao adquirir um imóvel

Reprodução: iG Minas Gerais Saiba os custos ocultos ao adquirir um imóvel Saber quanto gastamos ao comprar móveis parece simples...

Economia1 hora atrás

Como funciona o cancelamento de uma compra pela internet

Não somente em datas especiais, mas as compras online estão cada dia mais presentes em nossa realidade. Veja abaixo, como...

Economia1 hora atrás

Comprou na Black Friday e se arrependeu? Veja quais são os seus direitos

FreePik Entrega dos produtos devem ser feitas no prazo prometido e sem avarias A Black Friday movimentou  mais de R$...

Política1 hora atrás

PSDB retoma votação das prévias neste sábado

Reprodução Eduardo Leite, Arthur Virgílio e João Doria O PSDB deve definir seu canditado ao Planalto ainda hoje. As prévias...

Carros e Motos1 hora atrás

Honda Accord híbrido se mostra  confortável e faz até 17,6 km/l

Guilherme Menezes/ iG Carros Honda Accord híbrido é o primeiro modelo eletrificado que a marca traz ao Brasil, onde chegarão...

Nacional1 hora atrás

Tempo quente e a presença do sol marcam o sábado em São Paulo

Governo do Estado de São Paulo Previsão do tempo em São Paulo Devido aos ventos úmidos vindos do litoral, o...

Policial8 horas atrás

Polícia Militar forma a primeira turma de soldado com Curso Superior de Tecnologia em Segurança Pública

A Polícia Militar do Espírito Santo realizou na noite desta sexta-feira (26) a solenidade militar de encerramento do Curso Superior...

São Mateus

Regional

Estadual

Nacional

Policial

ENTRETENIMENTO

POLÍTICA

Esportes

Mais Lidas da Semana

error: O conteúdo está protegido !!