conecte-se conosco



Esportes

Coluna – Novo coronavírus afeta as finanças dos clubes

Publicado

em

.

Não poderia ter sido pior. A chegada do novo coronavírus afeta as finanças dos clubes do futebol brasileiro. Estudos mostram, há anos, que muitos têm receitas inferiores aos custos, o que gera dívidas, não recolhimento de impostos e salários atrasados. Recentemente, as receitas de TV, bilheteria e programas de sócio-torcedor permitiram que alguns respirassem. Além disso, a venda de jogadores para o exterior passou a ser outra importante fonte de renda. Mas a redução na atividade das indústrias – como a do futebol – vai frear todo o movimento positivo que estávamos acompanhando. E o tempo que vamos levar para retornar à rotina será decisivo para mensurar o impacto que o novo coronavírus vai promover.

Conversei com dois especialistas no assunto: César Grafietti, consultor de finanças do Esporte, e Pedro Daniel, diretor executivo da EY. E ambos têm opiniões que se completam sobre esse cenário. Para Grafietti, não há distinção entre grandes e pequenos no momento atual. Ele lembra que os de maior investimento têm maior receita, mas custos maiores também, como salários. Os de menor investimento, por outro lado, têm dificuldades naturais e qualquer falta de receita vai impactar negativamente. Pedro Daniel faz ainda uma ressalva – muitos clubes se programam para operar até abril, quando terminam os Campeonatos Estaduais. Como eles foram interrompidos, sem prazo para retornarem, como fazer com os contratos firmados por prazo pré-estabelecido? E como sobreviver sem a entrada da receita prevista, no final dessas competições?

A insegurança gerada por essa paralisação mundial tem diversos motivos – como cumprir com os contratos firmados com os patrocinadores; como atender aos contratos de TV, caso o calendário seja reduzido, com menor número de transmissões; como manter os planos de sócio-torcedor ativos, sem futebol; como compensar a perda de arrecadação com as bilheterias?

Pedro Daniel salienta que outra importante fonte de receita poderá ficar de lado – a venda de jogadores. Ele lembra que os clubes europeus, grandes compradores, estão passando pelo mesmo momento de dificuldade e que vão aguardar um pouco mais para se arriscarem em qualquer novo investimento. Grafietti vê de forma positiva um movimento já iniciado na Europa de redução de salários dos jogadores, mesmo que momentânea, e entende que isso seria importante de acontecer também no Brasil

O aperto do calendário também é discutido por eles. Grafietti entende que se os Estaduais forem os grandes prejudicados, o calendário brasileiro poderá se ajustar e encerrar o ano relativamente bem. Mas se a paralisação se estender por datas que atinjam a Copa do Brasil, as Copas Libertadores e Sul-Americana e, principalmente, o Brasileirão, os clubes vão precisar renegociar valores com parceiros para atender a uma nova realidade de exposição da imagem. Pedro Daniel, inclusive, lembra que o caixa dos clubes vai sofrer impacto porque muitos fazem suas projeções em cima das premiações que esperam receber. E num calendário menor, elas podem não chegar. A questão do acesso e descenso, com a definição de vagas para competições em 2021, também é algo a ser debatido.

A situação é mesmo complexa – as TVs, por exemplo, têm mantido em sua grade jogos de futebol. O contrato que elas têm com os clubes permite essa reapresentação. Só que, para os clubes, causa um incômodo, pois lá estão patrocinadores, placas no entorno do campo e camisas antigas, todos ganhando visibilidade em detrimento de quem está pagando agora por isso.

Mas o que fazer, lembrando, ainda, que o retorno às atividades não significa a volta dos jogos, porque os atletas precisam de tempo para se recuperarem física e taticamente? César Grafietti e Pedro Daniel voltam a concordar. Só com união entre todos os envolvidos: clubes, TVs, patrocinadores, federações, CBF e jogadores. A solução precisa ser conjunta e uniforme, satisfazendo as necessidades de todos e não individualmente.

Até hoje, no Brasil, não houve união entre os clubes. Talvez seja o momento. Quem sabe, de forma positiva, podemos pensar em um novo formato de competições para o calendário do futebol brasileiro?

Por Sergio du Bocage, apresentador do programa No Mundo da Bola.

 

Edição: Verônica Dalcanal

Comentários do Facebook

Esportes

Clubes do Rio reúnem-se neste sábado (6) para discutirem o Estadual

Publicado

em

 

.

A Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro (FERJ) convocou, nesta quarta-feira (3), os clubes que disputam o Campeonato Estadual, além de um representante da categoria de atletas, para participarem neste sábado (6), de reunião do Conselho Arbitral. Entre os assuntos em pauta está a volta da disputa do Campeonato Estadual, suspenso desde o dia 16 de março, devido á pandemia do novo coronavírus (covid-19).

Com a competição interrompida na quarta rodada do segundo turno -Taça Rio, restam algumas partidas a serem disputadas para sabermos quem será o campeão estadual em 2020. No que diz respeito à quantidade de jogos, o regulamento permite que seja definido em dois possíveis cenários. E isso vai depender do Flamengo, campeão do primeiro turno – Taça Guanabara:

1 – Flamengo campeão dos dois turnos e líder da classificação geral – Seriam 15 jogos: as duas últimas rodadas da fase grupos, as semifinais e a final da Taça Rio;

2 – Flamengo campeão ou não da Taça Rio, mas sem liderar a classificação geral – Seriam 17 jogos: as duas últimas rodadas da fase grupos, as semifinais e a final da Taça Rio e as finais do Estadual;

No encontro virtual do Conselho Arbitral também será discutida a retomada dos confrontos relacionados ao Grupo Z. Nele estão lutando contra o rebaixamento América, Americano e Nova Iguaçu. Deste triangular, somente o último disputará a segunda divisão (Série B1) em 2021. Faltam dois jogos para esta definição: Americano x América e América x Nova Iguaçu. Até o momento, em quatro partidas já disputadas, o Americano soma 9 pontos; o América tem 3 e o Nova Iguaçu, nenhum.

No mesmo dia, os clubes terão de indicar os nomes que vão compor o Tribunal de Justiça Desportiva (TJD).

A convocação saiu na mesma data em que a Secretaria de Estado de Saúde do Rio de Janeiro divulgou o recorde de mortes em 24 horas por covid-19 no estado: 324. Desde o início da pandemia foram registrados 6.010 mortos e 59.240 infectados pelo vírus.


(*Agência Brasil)

Comentários do Facebook
Continue lendo
Política2 minutos atrás

Lula diz que Bolsonaro deveria “tomar sopa” de cloroquina e ser “impichado”

Agência Brasil / Imagem de arquivo Ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva criticou gestão da Covid-19 feita pelo governo Bolsonaro...

Tecnologia7 minutos atrás

Micro videogame: Sega lança console retrô que cabe na palma da mão

Reprodução/YouTube/Sega Micro console tem 8 centímetros Lançado em 2016 o NES Classic Edition, da Nintendo , inaugurou uma onda de...

Entretenimento7 minutos atrás

Salário de meio milhão de Gottino gera climão na sua volta à Record

O jornalista Reinaldo Gottino deixou a CNN Brasil para voltar a Record TV como uma das grandes estrelas do canal....

Política17 minutos atrás

“Passar a boiada” significa “desburocratizar”, diz Salles do MMA

Luis Macedo/Câmara dos Deputados Ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles O ministro do Meio Ambiente Ricardo Salles concedeu entrevista à...

Política22 minutos atrás

Secom volta a negar que controla publicidade em sites

Marcos Corrêa/PR Fábio Wajngarten, chefe da Secom, atacou jornal que dizia que direcionamento de verba foi feito de forma intencional....

Estadual26 minutos atrás

Secult divulga novo resultado de suplentes da 1ª fase do Edital Emergencial da Cultura

. A Secretaria da Cultura (Secult) divulgou no Diário Oficial do Estado, desta quarta-feira (03), o Ato de Convocação de...

Estadual27 minutos atrás

Processo seletivo: Idaf divulga resultado da análise de títulos e requisitos

. O Instituto de Defesa Agropecuária e Florestal do Espírito Santo (Idaf) divulgou, nesta quinta-feira (04), o resultado da análise...

São Mateus

Regional

Estadual

Nacional

Policial

ENTRETENIMENTO

POLÍTICA

Esportes

Mais Lidas da Semana

error: O conteúdo está protegido !!