conecte-se conosco


Agricultura

CITROS/CEPEA: Colheita de tahiti ganha força no estado de SP

Publicado

em

Cepea, 11/01/2019 – A colheita de lima ácida tahiti está ganhando força no estado de São Paulo, cenário que pode pressionar os valores da fruta neste início de ano. Segundo colaboradores do Cepea, a disponibilidade da tahiti vinha crescendo no mercado paulista desde meados de dezembro e pode atingir o pico na segunda quinzena de janeiro. As atividades de campo devem seguir firmes em fevereiro, perdendo força em março. No mercado da fruta in natura, apesar da elevação da oferta, as vendas da lima ácida tahiti estão firmes nesta semana. Colaboradores do Cepea afirmam que a demanda mais aquecida por parte da indústria tem feito com que agentes desse setor busquem a fruta no mercado de mesa, o que tem impulsionando os valores da variedade em São Paulo. Na parcial desta semana (de segunda a quinta-feira), a média da lima ácida tahiti é de RS 18,60/cx de 27 kg, colhida, alta de 1,7% em relação à anterior. Para a laranja de mesa, o cenário também é de valorização, com os preços subindo devido à menor oferta. Fonte: Cepea – www.cepea.esalq.usp.br

Comentários do Facebook
Leia mais:  LEITE/CEPEA: 1º tri fecha com alta de 18,9%
publicidade

Agricultura

Em Bruxelas, Tereza Cristina reúne-se com autoridades da Comissão Europeia

Publicado

em

A ministra Tereza Cristina (Agricultura, Pecuária e Abastecimento) encontrou-se nesta quarta-feira (26), em Bruxelas, com autoridades da Comissão Europeia. A primeira reunião foi com o comissário Vytenis Andriukaitis, responsável pela Direção-Geral de Saúde e Segurança dos Alimentos.  No segundo encontro, a ministra esteve com o comissário europeu para a Agricultura e Desenvolvimento Rural, Phil Hogan. As duas agendas enquadram-se nas tratativas com vistas ao acordo Mercosul-União Europeia, em discussão esta semana na Bélgica.

Na conversa com Andriukaitis, foram tratados também temas bilaterais. A ministra destacou que o Ministério da Agricultura avançou muito na governança e transparência de seus processos de controle sanitário. E destacou que o Brasil hoje exporta alimentos de qualidade para 160 países, inclusive os da União Europeia. Foram na ocasião atualizadas as conversas sobre a pauta de exportações.

Pelo Twitter, Andriukaitis mencionou o encontro e disse ser importante a continuação do diálogo sobre segurança dos alimentos. 

 

Já com o comissário Phil Hogan, o Brasil repassou as  propostas comerciais que estão na mesa de negociação do Mercosul e da União Europeia. Depois, Tereza Cristina esteve com seus colegas ministros do Mercosul na embaixada da Argentina.

A ministra se encontrou ainda com o chanceler brasileiro Ernesto Araújo, que chegou hoje a Bruxelas para as rodadas de alto nível com a UE.

Na véspera, a ministra e as equipes do Mapa e do Itamaraty se reuniram com o setor privado brasileiro. O encontro teve o objetivo de ouvir e esclarecer as dúvidas dos representantes dos produtores de carnes, açúcar, etanol, frutas, lácteos, tabaco e defensivos agrícolas.

Leia mais:  HF BRASIL/CEPEA: Mesmo com alta dos custos, produtor de hortaliças pode ficar no azul em 2019

Histórico

Desde 1999, os integrantes do Mercosul (Brasil, Argentina, Uruguai e Paraguai) e os 28 países da União Europeia negociam um acordo de livre comércio, que poderá ter mais de 770 milhões de consumidores.

Em 2018, a corrente de comércio (soma das exportações e importações) entre Mercosul e União Europeia resultou em US$ 94 bilhões, conforme estatísticas internacionais de comércio. O bloco europeu é o segundo maior parceiro comercial do bloco sul-americano, ficando atrás apenas da China (US$ 120 bilhões, corrente comercial com o Mercosul no mesmo ano).

Os sul-americanos vendem, principalmente, produtos agropecuários. Já os europeus exportam produtos industriais, como autopeças, veículos e farmacêuticos.

No ano passado, as exportações agrícolas brasileiras totalizaram US$ 13,6 bilhões para a União Europeia. O farelo de soja lidera a lista (US$ 3,4 bilhões). As importações do Brasil resultaram em US$ 2,2 bilhões, principalmente de azeite (US$ 362,5 milhões) e vinhos (US$ 156,6 milhões) dos europeus.

Mais informações à imprensa:Coordenação-geral de Comunicação Social
[email protected]

Fonte: MAPA
Comentários do Facebook
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie
Entretenimento19 minutos atrás

Pisão de Ferrugem em fã vira meme na internet

Reprodução/Internet meme ferrugem A polêmica do Ferrugem dando um pisão no braço de fã, durante um show na Bahia, ainda...

Entretenimento19 minutos atrás

Príncipe William diz que não teria problema caso seus filhos fossem homossexuais

Nesta quarta-feira (26), o Príncipe William visitou a sede de uma organização LGBT, a “Albert Kennedy Trust (AKT)”, que se...

Entretenimento19 minutos atrás

Conheça o maquiador que conquistou a confiança da ex-Spice Girl Melanie C

Com mais de 15 anos na área da beleza, Vinícius Santarelli Rossetti é um case. Seus “cílios alongados e bem...

Nacional20 minutos atrás

Carlos Bolsonaro discute com vereadores sobre prisão de sargento com cocaína

Renan Olaz/CMRJ Carlos Bolsonaro (PSC) discutiu com Tarcísio Motta (PSOL) no plenário Os vereadores Carlos Bolsonaro (PSC) e Tarcísio Motta...

Nacional20 minutos atrás

ONU cita Bolsonaro como exemplo de “fracasso de liderança governamental”

Marcos Corrêa/PR – 21.6.19 Presidente Jair Bolsonaro tem enfrentado dificuldades na articulação política com o Congresso O relator especial da...

Economia20 minutos atrás

Relator diz que não vai suavizar regras para policiais federais e professores

Marcelo Camargo/Agência Brasil – 13.6.19 “Acho muito difícil [fazer] mais esforços do que já foram feitos”, disse o relator da...

Nacional1 hora atrás

Bolsonaro pede “punição severa” a militar preso com cocaína em voo

Alan Santos/PR Militar que foi preso com 39 kg de cocaína em bagagem estava na comitiva oficial de Bolsonaro ao...

São Mateus

Regional

Estadual

Nacional

Policial

Mais Lidas da Semana