conecte-se conosco



Estadual

Chuvas e festas de fim de ano diminuem doações ao Banco de Leite do Himaba

Publicado

em

As chuvas que atingem o Estado desde meados do mês de novembro e as festividades de final de ano provocaram uma baixa considerável no estoque do Banco de Leite Humano (BLH) do Hospital Estadual Infantil e Maternidade Dr. Alzir Bernardino Alves (Himaba), em Vila Velha. Com a dificuldade de locomoção registrada neste período e os compromissos pessoais nas últimas semanas de 2019, as doações diminuíram e atualmente o estoque conta com apenas 12 litros de leite humano.
O material armazenado no local é destinado à alimentação de bebês prematuros ou de baixo peso internados na Unidade de Terapia Intensiva Neonatal (Utin). Para atender à necessidade dessas crianças são necessários, em média, 70 litros de leite por semana.
A responsável técnica pelo Banco de Leite do Himaba, Angélica Carvalho, explica sobre a importância das doações. “O leite humano é o melhor alimento para o bebê, quando a gente tem um neném gravemente doente em uma UTI Neonatal, seja ele prematuro ou não, ele está ali passando por várias dificuldades e receber o leite da própria mãe é a primeira opção. Se não tem disponível, o banco de leite entra, fornecendo um leite de qualidade, com segurança para que esse neném possa se recuperar. Quando não tem o leite, temos que dar uma fórmula própria para a idade, mas é sempre a última opção. É um alimento feito a partir do leite de vaca”, esclareceu.

Como doar no Himaba

Para doar, basta a mãe estar em fase de amamentação e entrar em contato pelo telefone 3636-3151 com a equipe do BLH, que dará todas as orientações sobre os procedimentos para a coleta e armazenamento do leite. A coleta pode ser feita pelo Himaba na residência da lactante uma vez por semana, em dia e horário agendados.

As mães também podem pegar as orientações por telefone e realizar a doação indo ao Hospital, localizado a Avenida Ministro Salgado Filho, 918, Cristóvão Colombo, em Vila Velha.  O BLH funciona todos os dias, inclusive sábados, domingos e feriados, sempre das 7 às 18 horas.

“Com a proximidade das festas de final de ano, a gente sabe que as doações caem ainda mais, então a gente queria pedir para você mamãe lactante, que está pensando em qual presente pode dar para aquele neném pequenininho, que está em tratamento aqui na Utin, doe o seu leite que está em excesso. Se o seu bebê é saudável, mama bem no peito e você tem excesso de leite, doe para o banco de leite que poderemos dar de presente de Natal para essas crianças”, pediu a responsável técnica pelo BLH, Angélica Carvalho.

 

Como preparar recipientes para armazenar o leite materno?

– Lave um frasco de vidro de boca larga com tampa de plástico (do tipo café solúvel), retirando o rótulo e o papel de dentro da tampa.

– Coloque o frasco e a tampa em uma panela, cobrindo-os com água.

– Ferva-os por 15 minutos, contando o tempo a partir do início da fervura.

– Escorra-os, com a abertura voltada para baixo, sobre um pano limpo, até secar.

– Feche o frasco sem tocar com a mão na parte interna da tampa.

– O frasco com o leite retirado deve ser armazenado no congelador ou freezer.

– Na próxima vez que for retirar o leite, utilize outro recipiente esterilizado e ao terminar acrescente este leite no frasco que está no freezer ou congelador.

– O leite pode ficar armazenado congelado por até 15 dias.

 

 Como se preparar para retirar o leite humano?

– O leite deve ser retirado depois que o bebê mamar ou quando as mamas estiverem muito cheias.

– Para retirar o leite é importante seguir algumas recomendações que fazem parte da garantia de qualidade do leite humano distribuído aos bebês hospitalizados:

1- Escolha um lugar limpo, tranquilo e longe de animais;

2- Prenda e cubra os cabelos com uma touca ou lenço;

3-Evite conversar durante a retirada do leite ou utilize uma máscara ou fralda cobrindo o nariz e a boca;

4- Lave as mãos e antebraços com água e sabão e seque em uma toalha limpa.

 

O Himaba

Mantido pelo Governo do Estado, o Hospital Estadual Infantil e Maternidade Alzir Bernardino Alves (Himaba), em Vila Velha, é administrado desde o dia 6 de novembro de 2019, pelo Instituto Gnosis, por meio de um contrato de gestão firmado com a Secretaria da Saúde (Sesa).

 

 

Informações à imprensa:

Assessoria de Comunicação da Sesa

Syria Luppi / Kárita Iana / Paula Lima / Luciana Almeida / Thaísa Côrtes

(27) 3347-5642 / 3347-5643

[email protected]

 

Assessoria de Comunicação – Hospital Estadual Infantil e Maternidade Alzir Bernardino Alves (Himaba)

(27) 3636-3187

Fonte: Governo ES

Comentários do Facebook

Estadual

Abertas inscrições para curso remoto sobre tutela provisória promovido pela Emes

Publicado

em


.

Capacitação acontece no dia 13 de agosto, quinta-feira.

Integrantes do Poder Judiciário do Espírito Santo participam, no próximo dia 13 de agosto (quinta-feira), de um curso remoto sobre Tutela Provisória, Apelação e Cumprimento Provisório: Transformando a Exceção em Regra, promovido pela Escola da Magistratura do Espírito Santo (Emes).

O curso tem como objetivo demonstrar a profunda relação entre os temas dos efeitos da apelação, da tutela provisória e do cumprimento provisório, com vistas a dar executividade imediata à sentença independentemente de eventual segmento recursal.

A capacitação acontece das 8h30 às 11h30, por meio de videoconferência com transmissão ao vivo em plataforma eletrônica de acesso gratuito, e será ministrada pelo advogado e livre-docente pela PUC-SP, Cássio Scarpinella Bueno. O curso conta ainda com a participação do servidor público e doutor pela USP Vitor Burgo como debatedor.

Durante o encontro virtual serão abordados os seguintes tópicos: tutela provisória: premissas e modalidades; efeitos da apelação (em especial o efeito suspensivo); cumprimento provisório: sistemática do CPC de 2015; momentos de requerimento e de concessão da tutela provisória; cumprimento provisório ope legis e cumprimento provisório ope iudicis; tutela provisória como técnica para “retirar” o efeito suspensivo da apelação; e cumprimento provisório de sentença por força da concessão de tutela provisória: regime aplicável.

As vagas são limitadas, de acordo com as especificidades da plataforma a ser utilizada.

Para se inscrever, clique no link a seguir:
https://docs.google.com/forms/d/e/1FAIpQLSdcE8h8y2_mCIeNxHFnRYJIZZigULSGwPBV7FMKwxY9AyzdRw/viewform

Vitória, 23 de julho de 2020

 

Informações à Imprensa

Assessoria de Imprensa e Comunicação Social do TJES
Texto: Elza Silva (com informações da Emes) | [email protected]

Maira Ferreira
Assessora de Comunicação do TJES

[email protected]
www.tjes.jus.br

Fonte: TJES

Comentários do Facebook
Continue lendo
Política2 horas atrás

Bolsonaro faz propaganda de cloroquina para emas e web comenta

Reproudção/Facebook Jair Bolsonaro faz divulgação do medicamento em live Após ser visto hoje (23) passeando em moto e cumprimentando garis...

Estadual2 horas atrás

Esmages oferece curso em mediação empresarial para juízes e mediadores judiciais

. A capacitação será ministrada por meio de transmissão por videoconferência. As vagas são limitadas. A Associação dos Magistrados do...

Estadual2 horas atrás

Abertas inscrições para curso remoto sobre tutela provisória promovido pela Emes

. Capacitação acontece no dia 13 de agosto, quinta-feira. Integrantes do Poder Judiciário do Espírito Santo participam, no próximo dia...

Política2 horas atrás

Bolsonaro diz que população não precisa ‘ter pavor ao vírus’

Reprodução/Facebook Bolsonaro afirma que ficar sem trabalhar por conta do vírus é pior que o vírus Em live realizada nesta...

Nacional2 horas atrás

STJ coloca juiz em prisão domiciliar e obriga uso de tornozeleira

FreePik Magistrado é apontado como líder de esquema Um juiz usando uma tornozeleira eletrônica não é uma cena muito comum...

Nacional2 horas atrás

Traficantes matam casal e filmam com celular ; vídeo forte

Na madrugada de segunda-feira (20), um casal foi executado dentro da sua residência. Eles foram identificados como F. M. da...

Nacional2 horas atrás

Mãe mostra escorpiões na casa após filha ser picada e relata caso

A criança foi picada enquanto dormia em seu quarto, em Barretos, São Paulo. “Observe tudo! Todo cuidado é pouco”, alerta...

São Mateus

Regional

Estadual

Nacional

Policial

ENTRETENIMENTO

POLÍTICA

Esportes

Mais Lidas da Semana

error: O conteúdo está protegido !!