conecte-se conosco


Estadual

Cerca de 16 mil pessoas convivem com o HIV no Espírito Santo

Publicado

em

O tratamento para os infectados é disponibilizado pela rede pública de saúde. No entanto, alguns ainda desistem: cerca de 1,5 mil convivem com a doença sem tratamento.

Cerca de 16 mil pessoas convivem com o vírus HIV no Espírito Santo. Os novos tratamentos permitem que os infectados tenham um vida normal e consigam manter uma boa saúde, sendo disponibilizados também pela rede pública. No entanto, alguns ainda desistem: cerca de 1,5 mil vivem com a doença sem tratamento.

No último domingo (1), comemorou-se o Dia Mundial de Combate à Aids. De acordo com a assistente social e referência em infecções sexualmente transmissíveis, Rozangela Lotacatelli, os números da doença nunca pararam de crescer. Portanto, ela ainda é considerada uma epidemia.

“O HIV não parou de crescer. Existe um crescimento anual constante, embora haja tendência maior em algumas faixas etárias e em alguns tipos de exposição”, diz ela.

De acordo com a assistente social, somente no Centro de Referencia em Infecções Sexualmente Transmissíveis, no Centro de Vitória, são atendidas 1.500 pessoas infectadas pelo HIV.

Teste rápido para detecção do vírus HIV  — Foto: Secom/DivulgaçãoTeste rápido para detecção do vírus HIV — Foto: Secom/Divulgação

Rozangela lembra também que as formas de prevenção são inúmeras e que cada um pode escolher qual é a melhor para si, desde o uso da camisinha até os tratamentos pré-exposição e pós-exposição às situações de risco.

“O tratamento para as pessoas que já foram infectadas também é considerado uma forma de prevenção, pois a pessoa reduz a carga viral em seu organismo e não transmite o vírus para outras pessoas”, lembra Rozangela.

Devido à redução da toxidade dos medicamentos, o tratamento contra o HIV é capaz de garantir qualidade de vida a todos. No entanto, segundo Rozangela, o preconceito permanece sendo o grande vilão na luta contra a redução dos casos de Aids.

“A questão maior para a pessoa vivendo com HIV não é mais o HIV, é o preconceito da sociedade, que expõe essa pessoa à situações constrangedoras e muitas vezes a priva de uma vida normal desnecessariamente”, pontua a assistente social.

Os testes para identificação de doenças sexualmente transmissíveis podem ser feitos em qualquer unidade de saúde. Caso a pessoa seja identificada com o HIV, e recomendado buscar o Centro de Referência em DSTs para iniciar o tratamento.


(*G1)

Leia mais:  Rock'n'roll, motocicletas, motociclistas e muita movimentação no Guriri Road Fest

Comentários do Facebook
publicidade

Estadual

Coordenadoria do TJES participa de Caminhada pelo Fim da Violência contra as Mulheres

Publicado

em

A ação aconteceu no último domingo (08/12), na praia de Camburi.

Cidadãos de Vitória vestiram laranja e foram para a Praia de Camburi na manhã do último domingo (08) para participar da “Caminhada pelo Fim da Violência contra as Mulheres”. O evento, organizado pelo Grupo Mulheres do Brasil”, contou com o apoio da Coordenadoria Estadual da Mulher em Situação de Violência Doméstica e Familiar (Comvides) do TJES.

A caminhada saiu do 1° Píer de Iemanjá e percorreu a Praia de Camburi até o 2° bolsão de estacionamento. A líder do Núcleo Vitória do Grupo, Geovana Ferreira, agradeceu aos apoiadores que acreditaram no movimento, que contou “com a participação de homens e mulheres que clamam pela paz, por civilidade e por transformação”.

O Grupo Mulheres do Brasil foi criado em 2013, em São Paulo, por 40 empresárias. E hoje já conta com mais de 27 mil mulheres participantes no Brasil e no exterior. O Núcleo Vitória, iniciado há aproximadamente um ano, possui aproximadamente 120 inscritas e tem como foco o combate à violência contra a mulher, aliados ao empreendedorismo, saúde e educação.

Vitória, 09 de dezembro de 2019

 

Informações à Imprensa

Assessoria de Imprensa e Comunicação Social do TJES
Texto: Elza Silva (com informações da Comvides) | [email protected]

Andréa Resende
Assessora de Comunicação do TJES

[email protected]
www.tjes.jus.br

Fonte: TJES

Comentários do Facebook
Leia mais:  Climatempo: chuva em novembro será persistente e volumosa no Estado
Continue lendo
Política37 minutos atrás

Comissão ouve conselheiros tutelares de Vila Velha

“Se não temos condições dignas de trabalho, como vamos acolher alguém com dignidade?”. A pergunta foi feita pela conselheira tutelar...

Estadual2 horas atrás

Coordenadoria do TJES participa de Caminhada pelo Fim da Violência contra as Mulheres

A ação aconteceu no último domingo (08/12), na praia de Camburi. Cidadãos de Vitória vestiram laranja e foram para a...

Estadual2 horas atrás

Tribunal de Justiça do Espírito Santo assina termo de adesão ao pacto nacional da primeira infância

O evento aconteceu em São Paulo e contou com palestra sobre justiça restaurativa apresentada pela Coordenadora das Varas da Infância...

Estadual2 horas atrás

Presidente do TJES inaugura nesta terça nova sede da 2ª Vara da Infância e da Juventude de Serra

Nova sede da 2ª Vara da Infância e da Juventude será ao lado do Fórum Cível de Serra. O presidente...

Estadual2 horas atrás

Convênio para reforma do complexo do Fórum de Vitória é assinado pelo TJES e Governo do Estado

Assinatura aconteceu nesta segunda-feira (09), no Gabinete da Presidência do Tribunal de Justiça. A iniciativa vai otimizar a prestação jurisdicional...

Estadual2 horas atrás

Desembargador Ronaldo Gonçalves de Sousa assume dia 12 a Presidência do TJES

Também tomam posse o vice-presidente do TJES, além do novo corregedor-geral da Justiça e o novo vice-corregedor. O Presidente do...

Esportes2 horas atrás

Flamengo domina premiação do Campeonato Brasileiro

No final da noite desta segunda (9), a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) promoveu, na região portuária do Rio de...

São Mateus

Regional

Estadual

Nacional

Policial

Mais Lidas da Semana