conecte-se conosco


Estadual

Cerca de 16 mil pessoas convivem com o HIV no Espírito Santo

Publicado

em

O tratamento para os infectados é disponibilizado pela rede pública de saúde. No entanto, alguns ainda desistem: cerca de 1,5 mil convivem com a doença sem tratamento.

Cerca de 16 mil pessoas convivem com o vírus HIV no Espírito Santo. Os novos tratamentos permitem que os infectados tenham um vida normal e consigam manter uma boa saúde, sendo disponibilizados também pela rede pública. No entanto, alguns ainda desistem: cerca de 1,5 mil vivem com a doença sem tratamento.

No último domingo (1), comemorou-se o Dia Mundial de Combate à Aids. De acordo com a assistente social e referência em infecções sexualmente transmissíveis, Rozangela Lotacatelli, os números da doença nunca pararam de crescer. Portanto, ela ainda é considerada uma epidemia.

“O HIV não parou de crescer. Existe um crescimento anual constante, embora haja tendência maior em algumas faixas etárias e em alguns tipos de exposição”, diz ela.

De acordo com a assistente social, somente no Centro de Referencia em Infecções Sexualmente Transmissíveis, no Centro de Vitória, são atendidas 1.500 pessoas infectadas pelo HIV.

Teste rápido para detecção do vírus HIV  — Foto: Secom/DivulgaçãoTeste rápido para detecção do vírus HIV — Foto: Secom/Divulgação

Rozangela lembra também que as formas de prevenção são inúmeras e que cada um pode escolher qual é a melhor para si, desde o uso da camisinha até os tratamentos pré-exposição e pós-exposição às situações de risco.

“O tratamento para as pessoas que já foram infectadas também é considerado uma forma de prevenção, pois a pessoa reduz a carga viral em seu organismo e não transmite o vírus para outras pessoas”, lembra Rozangela.

Devido à redução da toxidade dos medicamentos, o tratamento contra o HIV é capaz de garantir qualidade de vida a todos. No entanto, segundo Rozangela, o preconceito permanece sendo o grande vilão na luta contra a redução dos casos de Aids.

“A questão maior para a pessoa vivendo com HIV não é mais o HIV, é o preconceito da sociedade, que expõe essa pessoa à situações constrangedoras e muitas vezes a priva de uma vida normal desnecessariamente”, pontua a assistente social.

Os testes para identificação de doenças sexualmente transmissíveis podem ser feitos em qualquer unidade de saúde. Caso a pessoa seja identificada com o HIV, e recomendado buscar o Centro de Referência em DSTs para iniciar o tratamento.


(*G1)

Leia mais:  Mais de 600 vagas abertas na primeira semana de julho no ES

Comentários do Facebook
publicidade

Estadual

SAMU está disponível para atendimento de municípios afetados pelas chuvas no número 191

Publicado

em

A Secretaria da Saúde (sesa), por meio do Centro de Operações de Emergência em Saúde (COES), que está com base de trabalho montada em Iconha, adota mais uma medida no auxílio e socorro às vítimas dos municípios que estão sendo afetados pelas fortes chuvas desse final de semana.

Cerca de 10 municípios que ainda não contam com cobertura do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) foram habilitados e passam, a partir desse sábado (25), a contar com o atendimento. São eles: Iconha, Alfredo Chaves, Vargem Alta, Alegre (Rive), Muniz Freire, Iúna, Ibitirama, Ibatiba, Castelo, e Conceição do Castelo.

A partir de uma parceria com a Policia Rodoviária Federal (PRF), os usuários que estiverem precisando do Serviço Móvel de Urgência para atendimento devem ligar para o número 191. O telefone é diferente do que atende a região metropolitana (192), pois as devidas localidades ainda não fazem parte da cobertura nacional de urgências.

Além disso, para garantir o atendimento à população, o trabalho integrado entre Estado, Municípios, Corpo de Bombeiros, Defesa Civil, Exército e entidades filantrópicas somam um conjunto de forças, junto a enfermeiros, médicos e socorristas, nas regiões. Equipes da Sesa trabalham no mapeamento das localidades que precisam de atendimento.

O Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) de Iconha continua funcionando como pronto-atendimento de referência da localidade para atendimento já que o hospital e as unidades de saúde da cidade foram totalmente danificadas pela enchente. Nele atuam profissionais do município, da Sesa e voluntários.

Informações à imprensa:
Assessoria de Comunicação da Sesa
Syria Luppi / Kárita Iana / Paula Lima / Luciana Almeida / Thaísa Côrtes
(27) 3347-5642 / 3347-5643
[email protected]

Fonte: Governo ES

Comentários do Facebook
Leia mais:  Polícia Civil realiza curso de abordagens a pessoas e a veículos
Continue lendo
Entretenimento12 minutos atrás

Lucas Chumbo reclama de Castigo do Monstro: “Não preciso de um milhão e meio”

O surfista de ondas gigantes Lucas Chumbo não gostou nem um pouco de ter que ficar vestido de abacaxi por...

Entretenimento12 minutos atrás

Parangolé grava clipe de “Ela Não Quer Guerra Com Ninguém” com várias famosas

Faltando um mês para o carnaval, Tony Salles líder do Parangolé , já se prepara para a folia. Na última...

Economia59 minutos atrás

Uma nova reforma da Previdência será necessária em dez anos

“O assunto não está esgotado porque fizemos uma reforma paramétrica, ou seja, com foco no tempo de contribuição e idade....

Entretenimento59 minutos atrás

Carnaval no Brasil: 20 famosos internacionais que já caíram na folia

O carnaval é uma festa bem brasileira e tem muito gringo que vem ao Brasil juntamente para cair na folia....

Mulher1 hora atrás

Nutrição e bronzeado: quais alimentos ajudam a cuidar da pele no verão?

O verão, marcado por altas temperaturas e sol intenso, é uma estação que exige cuidados com a pele. Para proteger...

Mulher1 hora atrás

Horóscopo do dia: previsões para 26 de janeiro de 2020

arrow-options Marcelo Dalla O horóscopo do dia apresenta a previsão para o seu signo e ascendente Leia também: Horóscopo Chinês: o...

Carros e Motos1 hora atrás

Guardiola já danificou seus carros em R$ 2,5 mi na Inglaterra

arrow-options Reprodução/Twitter O treinador espanhol do Manchester City Pep Guardiola que já teria gasto R$ 2,5 mi para reparar sua...

São Mateus

Regional

Estadual

Nacional

Policial

Mais Lidas da Semana