conecte-se conosco



Esportes

Caxias do Sul sediará Surdolimpíada no ano que vem

Publicado

em

O Comitê Internacional de Esportes para Surdos (ICSD) confirmou nesta semana que o Brasil será sede da edição de 2021 das Surdolimpíadas. Envolvendo 6 mil atletas de mais de 100 países em 22 modalidades, os jogos ocorrerão entre os dias 5 e 21 de dezembro do ano que vem em Caxias do Sul, na Serra Gaúcha.    

Em documento divulgado na quarta-feira (26), o comitê parabenizou a Confederação Brasileira de Desportos de Surdos (CBDS) e toda a equipe pelo trabalho feito para garantir que o país tenha condições de receber a competição, que será disputada pela primeira vez na América do Sul.

Em uma reunião realizada em janeiro, representantes da prefeitura local, da Universidade de Caxias do Sul, do ICSD e do Caxias Convention & Visitors Bureau definiram ações para sediar o evento esportivo.

O prefeito Flávio Cassina designou o secretário de Esportes e Lazer, Gabriel Citton, para fazer um projeto de captação de recursos financeiros junto aos governos federal e estadual. “Não podemos perder um evento dessa grandeza e de relevância na área do esporte, da inclusão social, mas que também movimenta o comércio e turismo. Temos tempo para juntos fazermos um belo trabalho”, disse Cassina, lembrando que o investimento para a realização do evento no Brasil deve passar de R$ 10 milhões.

O plano prevê competições na Vila Olímpica da universidade e em outros locais de Caxias do Sul, como o ginásio e as pistas de atletismo do Serviço Social da Indústria (Sesi), as piscinas Recreio da Juventude e os Estádios Centenário e Alfredo Jaconi. Cidades vizinhas, como Gramado, Bento Gonçalves e a capital, Porto Alegre, também poderão receber disputas esportivas ou auxiliar na acomodação das delegações das Surdolimpíadas.

Até agora, foram realizadas 23 edições dos Jogos Surdolímpicos. A primeira, conhecida na época como Jogos Internacionais em Silêncio, foi em 1924, em Paris.

Disputados de quatro em quatro anos, os jogos foram interrompidas apenas durante a segunda guerra mundial (de 1939 a 1945). A última Surdolimpíada foi realizada em 2017 e teve como sede a Turquia, com provas disputadas na cidade de Samsun.

Edição: Nádia Franco

Comentários do Facebook

Esportes

Marcelo Melo admite situação adversa e apoia cancelamento de Wimbledon

Publicado

em

.

Principal tenista brasileiro da atualidade, Marcelo Melo se pronunciou nesta sexta-feira (3) sobre o cancelamento da edição deste ano do torneio de Wimbledon, uma das quatro maiores competições do circuito da Associação dos Tenistas Profissionais (ATP), os chamados Grand Slams. A competição, suspensa em função da pandemia do novo coronavírus (covid-19), não será disputada pela primeira vez desde 1945, último ano da Segunda Guerra Mundial.

“É uma notícia triste para nós, tenistas, e para os fãs do torneio e de tênis. É um dos meus torneios favoritos, principalmente depois do título (de duplas) que a gente (ele e o polonês Lukasz Kubot) teve lá em 2017. Mas, a gente entende que a situação é adversa. Agora não tem realmente como ir lá (Londres, Reino Unido) jogar o torneio. Vamos ter que esperar mais um ano para voltar ao templo sagrado”, declarou.

Ouça na Rádio Nacional

 

O mineiro de 36 anos não joga desde 24 de fevereiro, quando foi campeão de duplas no ATP de Acapulco (México) ao lado de Kubot. Na ocasião, eles venceram os colombianos Robert Farah e Juan Sebastian Cabal, atualmente os dois melhores paceiros do ranking mundial, por 2 sets a 1. O brasileiro está nos Estados Unidos, em Tampa, na Flórida, para onde viajou no início de março após o título, mas os torneios que jogaria foram cancelados.

“Não tenho certeza de quando a gente voltará a jogar”, reconheceu Marcelo, após a ATP ter prorrogado a suspensão do circuito até, pelo menos, 13 de julho. “A gente espera que essa situação termine o quanto antes para voltar às quadras”, concluiu o atleta, atualmente em quinto no ranking mundial de duplas.

Antes dele, o Brasil já havia alcançado o topo em Wimbledon com Maria Esther Bueno. A tenista, que faleceu em 2018, foi tricampeã de simples (1959, 1960 e 1964) e pentacampeã de duplas (1958, 1960, 1963, 1965 e 1966) no torneio britânico.

 

Edição: Cláudia Soares Rodrigues

Comentários do Facebook
Continue lendo
Estadual13 minutos atrás

Secretaria da Saúde divulga 36º boletim da Covid-19

. O Espírito Santo tem 153 casos confirmados do novo Coronavírus (Covid-19) até esta sexta-feira (03). O Estado já registra...

Polícia Federal13 minutos atrás

PF entrega cestas básicas em comunidades carentes e em instituições sociais do Tocantins

. Palmas/TO e Araguaína/TO – A Polícia Federal realizou nesta sexta-feira (3/4) a entrega de aproximadamente 250 cestas básicas, na...

Saúde13 minutos atrás

Santa Casa de São Paulo usa tendas para atender suspeitas de covid-19

. O hospital central da Santa Casa de São Paulo, localizada no centro da capital paulista, montou tendas para receber...

Entretenimento13 minutos atrás

“BBB 20”: Felipe Prior se defende de acusações de estupro

Na manhã desta sexta-feira (3), vieram à tona acusações de estupro contra o ex-participante do ” BBB 20 “, Felipe...

Estadual26 minutos atrás

BOLETIM SALA DE SITUAÇÃO – 03/04/2020

. O governador do Espírito Santo, Renato Casagrande, anunciou, nesta sexta-feira (03), a ampliação do período de fechamento das escolas...

Mulher26 minutos atrás

Entenda o que é Naked Challenge, nova febre das redes sociais

Um dos principais vilões entre a relação a dois é o videogame. Mas a nova tendência da internet tem uma...

Nacional60 minutos atrás

Óbitos em São Paulo pelo novo coronavírus triplicam em sete dias

arrow-options Veja SP/ Divulgação Quarentena continua valendo na capital paulista Os óbitos relacionados ao novo coronavírus no estado de São...

São Mateus

Regional

Estadual

Nacional

Policial

ENTRETENIMENTO

POLÍTICA

Esportes

Mais Lidas da Semana