conecte-se conosco



Mulher

Casal consegue engravidar com tratamento à base de maionese

Publicado

em

Talvez a sua avó já tenha comentado sobre alimentos que são “tiro e queda” para aumentar a fertilidade. Um casal, porém, foi longe para provar a eficácia de alguns deles: um tratamento polêmico à base de ingredientes da maionese   possibilitou a Lucy, 32 anos, o sonho de engravidar. 

família com bebê
Reprodução/Daily Mail
Tratamento à base de ingredientes da maionese permitiu a chegada da bebê Sienna

Os ingleses Lucy e Craig, 29, estão esperando o segundo filho. O fato já seria empolgante em condições normais, mas para eles é ainda mais importante. Até a primeira gravidez, Lucy passou pela agonia de três abortos espontâneos, além de uma fertilização in vitro sem sucesso. 

Após as gestações fracassadas, os exames acusaram que ela sofria de síndrome dos ovários policísticos (SOP), considerada uma das causas mais frequentes de infertilidade no mundo. 

Após quase desistir do sonho de serem pais biológicos, o casal decidiu dar uma nova chance à técnica considerada polêmica. Chama-se terapia imunomoduladora e, no caso de Lucy, foi feita com óleo de soja e gemas de ovo  injetados em seu corpo. 

O objetivo era reduzir a superprodução de células exterminadoras naturais, ou NK, responsáveis por um trabalho importante do sistema imunológico. O problema é que, em excesso, as células atacavam os fetos que se desenvolviam ali. 

A mistura lipídica era inserida por gotejamento, geralmente duas vezes antes da concepção e mais três vezes depois. O mais polêmico do tratamento é o fato de que cada dose possui cerca de 200 calorias e bastante gordura , o que poderia fazer mal ao funcionamento do corpo de Lucy. 

A técnica também não é barata. Segundo o casal, a avaliação inicial teve um custo de 4 mil euros, além de mais 335 euros por dose da mistura. O total é de mais de R$ 19 mil. Obviamente, eles concordam que “cada centava valeu à pena”.

O casal também contou ao portal DailyMail que a chegada de Sienna, a primeira filha, salvou a família de um quadro depressivo após sucessivos abortos. “Era como um buraco cinza do qual não conseguíamos sair”, disse Lucy. 

Agora, eles aguardam um segundo bebê para que a família fique ainda maior. “Eu acredito que o tratamento também interferiu nessa gravidez, pois agora o meu corpo sabe o que fazer”, comemorou a mulher. 

Comentários do Facebook

Mulher

Mãe de 4 filhos faz relato sincero sobre vida sexual depois da maternidade

Publicado

em

source

É claro que ter um filho é uma experiência engrandecedora. Porém, também conta com uma série de dificuldades, muitas vezes esquecidas. Por isso, a blogueira australiana Jessica Hoods resolveu fazer um relato bem sincero sobre sua vida sexual depois da maternidade .

Leia também: Mãe relata como mantém a vida sexual ativa dividindo a cama com as três filhas

Jessica Hoods e três dos seus filhos arrow-options
Reprodução/Instagram

Jessica Hoods e três dos seus filhos

Através de um post do Facebook, Jessica, de 31 anos, registrou como os hábitos dela e do marido Karl em relação ao sexo mudaram depois dos filhos.

“Lembra quando você conheceu seu marido? Saíam faíscas e a tensão sexual era maior do que vocês dois poderiam aguentar”, comentou. Ela disse que nessa época, as pessoas costumam ficar mais juntas e peladas do que em seus celulares.

Mas depois que aparecem as “duas linhas” de expressão no rosto, segundo Jessica, tudo muda. Toda a luxúria simplesmente começa a desaparecer. “Você começa a ser aquela mulher que acha que o pênis do marido vai furar os olhos do bebê”.

De acordo com ela, dentro do quarto não é diferente. Com crianças pequenas em casa, ela falou que acaba sentando numa rosquinha ao invés de comê-la. Mesmo depois de esperar a marca das seis semanas passar, não importa, pois está tão cansada que não consegue fazer nada com seu marido.

Jessica contou sobre as dificuldades da maternidade arrow-options
Reprodução/Instagram

Família de Jessica


Ainda sobre isso, Jessica afirmou: “Quando chegar um bom momento para o sexo, você tende a não se importar muito, já que não dorme desde antes da concepção e seus peitos estão vazando e inchados.”

Leia também: Como retomar a vida sexual após o nascimento dos filhos? Psicanalista dá dicas

Apesar das dificuldades, ela confessou que eventualmente, casais como ela e seu marido ainda fazem sexo, ainda que geralmente seja com o objetivo de “procriar”. Se a família já está completa, vem aquele “vislumbre de esperança” de que um dia a libido volte ao normal.

No seu texto, ela reclamou que a  vida familiar gera muita pressão, pois além de mãe, você tem que limpar coisas, trabalhar, correr atrás das crianças… O que faz a vida sexual ter uma pequena janela que fecha às 21h30, quando ela já está muito cansada e precisa dormir.

Até mesmo o sexo de luzes acesas torna-se impossível, segundo ela, pois os peitos caem e a barriga fica flácida após a gravidez. “Você fala mais sobre as crianças e menos sobre vocês mesmos”, contou. “Suas conversas resumem-se a cocô, slime, Frozen 2 e viagens para o centro de recreação são as aventuras do fim de semana”. 

Jessica contou sobre as dificuldades da maternidade arrow-options
Reprodução/Instagram

Jessica contou que o “sexo de luz acesa” tornou-se impossível


Mesmo com tudo isso, Jessica disse que ainda sobra tempo para encontrar alguma paixão, e contou sobre sua experiência: “Geralmente esses momentos acontecem com meu marido encostado na porta do quarto e totalmente vestido, caso as crianças decidam entrar, e ainda assim não é nada espontâneo. Você coloca um Bob Esponja na Netflix e enrola as crianças na esperança de que elas não atrapalhem”.

Leia também: 7 dicas para retomar a vida sexual após o nascimento dos filhos

Ela declarou que esses continuam sendo os melhores cinco minutos da vida. Para ela, mesmo com os impasses da vida sexual depois da maternidade , uma relação trata-se menos de faísca e mais de manter a chama acesa.

Fonte: IG Mulher

Comentários do Facebook
Continue lendo
Esportes2 minutos atrás

Flamengo e Palmeiras conquistam os primeiros três pontos no Feminino

A primeira vitória do Palmeiras no Brasileiro Feminino foi conquistada longe de casa. As meninas do Verdão foram até Salvador...

Esportes2 minutos atrás

Flamengo está na final da Taça Guanabara

Um Fla x Flu eletrizante! Com a presença de 59.025 torcedores, o rubro-negro superou o tricolor por 3 a 2....

São Mateus1 hora atrás

Pitbull vence mais uma e é vice-líder do Capixabão

Único gol da partida foi marcado no primeiro tempo, pelo zagueiro Fernando Salles Antes da bola começar a rolar para...

Estadual3 horas atrás

Presidente do Tribunal de Justiça do Espírito Santo visita o Tribunal de Contas do Estado

Desembargador Ronaldo Gonçalves de Sousa foi recebido, nesta quarta-feira (12), pelo presidente Rodrigo Flávio Freire Farias Chamoun e por conselheiros...

Estadual3 horas atrás

Paciente que teve bexiga cortada durante parto deve ser indenizada em R$ 10 mil por danos morais

Pedido de indenização pelos danos estéticos foi negado. Uma paciente, que alegou ter tido a bexiga cortada equivocadamente durante o...

Estadual3 horas atrás

Negada indenização a paciente que alegou ter sofrido queimaduras após ingestão de remédios

A ação foi movida contra o município de Serra, uma vez que o atendimento foi realizado em uma unidade de...

Economia3 horas atrás

Mega-Sena: veja os números sorteados nesta quarta-feira

iG São Paulo Mega-Sena está há 13 sorteios sem ver um acertador das seis dezenas; prêmio deve chegar a R$...

São Mateus

Regional

Estadual

Nacional

Policial

ENTRETENIMENTO

POLÍTICA

Esportes

Mais Lidas da Semana