conecte-se conosco


Educação

Casagrande participa do início do ano letivo nas escolas técnicas do Estado

Publicado

em

O CEET Vasco Coutinho preparou uma recepção especial aos estudantes; governador destacou a importância da educação profissional.

VITÓRIA (ES) – Os Centros Estaduais de Educação Técnica (CEETs) Talmo Luiz Silva, em João Neiva, e Vasco Coutinho, em Vila Velha, já iniciaram o ano letivo de 2019. Os novos alunos e veteranos participaram dos eventos de aulas inaugurais esta semana para dar início aos cursos técnicos oferecidos gratuitamente pelas instituições. Na noite dessa terça-feira (5), o governador Renato Casagrande participou da recepção aos alunos do CEET Vasco Coutinho.

A unidade preparou uma programação com música ao vivo e palestras sobre a inserção do profissional técnico no mundo do trabalho. Além do governador, a primeira-dama Virgínia Casagrande, a vice-governadora Jacqueline Moraes, a professora e pesquisadora Cristina Engel, além de outras autoridades estaduais e locais também participaram do evento. Em seu discurso, o governador enfatizou a oportunidade que é estudar em um CEET.

“O curso técnico não garante emprego, mas ter o curso técnico dá mais oportunidades. Algumas profissões estão fadadas a acabar e qual é o nosso caminho? Não esmolecer independentemente da idade. Se tiver uma oportunidade, agarre-a. Tudo está ligado à nossa capacidade de pensar, de ser criativo. Quem ficar parado, vai perder. Do lado do Governo não podemos deixar de ofertar vagas. Temos mais de 60 mil jovens em idade escolar fora das salas de aula. Temos que buscar esses jovens. Quando vemos um evento cheio como este, com jovens com vontade de estudar, de se capacitar, é que percebemos que estamos no caminho certo”, destacou Casagrande.

O governador ainda recebeu uma homenagem da escola técnica por sua atuação na gestão passada de sancionar a Lei 9.971, em 2012, que transferiu os CEETs para a Secretaria da Ciência, Tecnologia, Inovação e Educação Profissional (Secti), o que fez com que as escolas se tornassem referência nacional em educação profissional.

“Antes de 2012 as escolas técnicas do Estado eram administradas pela Sedu e depois da criação da Lei, a Secti pode investir no ensino profissionalizante atendendo de melhor maneira as demandas da população. Hoje, os CEETs oferecem 15 cursos técnicos gratuitos que atendem as vocações econômicas do Estado”, comentou a secretária respondendo pela Secti, Solange Maria Batista de Souza.

Cerca de mil alunos, entre recém matriculados e veteranos, participaram da cerimônia. Thieres Caetano de Andrade, 21 anos, foi um deles. Ele iniciou o curso de Informática e já conseguiu um estágio na área: “Eu me inscrevi para estudar aqui no Vasco Coutinho e mesmo antes de começar o curso eu já tinha sido chamado para estagiar pelo Programa Jovens Valores. Isso é uma motivação muito grande para eu estudar e me dedicar ao curso cada vez mais. Estou muito feliz e animado para as aulas e espero aprender muito para melhorar meu desempenho no estágio”.

Já o CEET Talmo Luiz Silva recebeu os alunos na noite dessa segunda-feira (04) em uma noite de aprendizado e descontração. Cerca de 200 estudantes participaram do evento de boas-vindas que contou com a palestra “Os Segredos de Um Campeão” com o psicólogo Cláudio Martins.

“A palestra foi excelente e com certeza agregou na minha vida. O palestrante fez com que a gente refletisse sobre o futuro e mostrou a força que nós temos quando estamos realmente empenhados em correr atrás dos nossos objetivos e não somente fazer as coisas por fazer. Me fez pensar mais sobre o desempenho que quero ter no curso, ainda mais que já sou formada em engenharia civil e, por não conseguir emprego na minha área, decidi me inscrever aqui no Talmo Luiz Silva para agregar mais ao meu currículo,” contou a estudante Eliene do Carmo Silva, de 33 anos, que iniciou o curso de técnico em Segurança do Trabalho.

Novidade

A Secti trabalha para que, até o segundo semestre de 2019, seja oferecido um novo curso técnico gratuito no CEET Vasco Coutinho: Estética. No novo curso, os alunos poderão contar com um laboratório totalmente tecnológico para o desenvolvimento das aulas. Aparelhos faciais de vapor de ozônio e de ultrassom de alta potência são algumas aquisições da Secti para o curso da área de Ambiente e Saúde.

Para a população da região norte capixaba a Secti trabalha para disponibilizar os cursos técnicos de Gastronomia e Estética gratuitamente no eixo de Turismo e, Hospitalidade e Lazer.

Os CEETs

Os Centro Estaduais de Educação Técnica (CEETs) foram criadas com o objetivo de oferecer educação profissional técnica de nível pós-médio a jovens e adultos de acordo com o Sistema de Educação Profissional do Estado do Espírito Santo – PEP/ES, que buscam qualificação para atuarem profissionalmente no mundo do trabalho.

O CEET Vasco Coutinho oferece 11 cursos gratuitos aos capixabas: Administração, Comércio Exterior, Eventos, Gastronomia, Informática, Modelagem do Vestuário, Multimídia, Produção de Moda, Programação de Jogos Digitais, Rádio e TV e Redes de Computadores. A escola formou 6.004 capixabas até o segundo semestre de 2018 desde a sua inauguração em 2005.

Já o CEET Talmo Luiz Silva oferece quatro cursos técnicos gratuitos: Administração, Automação Industrial, Segurança do Trabalho e Mecânica. Cerca de 1.700 estudantes foram qualificados pela instituição desde o seu lançamento, em 2006, até o segundo semestre de 2018.

Comentários do Facebook
Leia mais:  Estudante Veneciana espera dois anos por diploma e deve ser indenizada em R$ 3 mil
publicidade

Educação

Governo do Estado irá mapear alunos que estão fora da escola

Publicado

em

Mapear os alunos que estejam fora da sala de aula e, assim, desenvolver ações para contribuir com a inclusão e a permanência desse estudante no ambiente escolar. Esse é o objetivo do Governo do Estado, por meio do Projeto Todos na Escola, uma parceria com o Fundo Nacional das Nações Unidas pela Infância (Unicef), União Nacional do Dirigentes Municipais de Educação (Undime) e municípios.  A assinatura da Adesão ao Projeto, que utilizará como estratégia de trabalho a “Busca Ativa”, foi realizada na manhã desta quinta-feira (18), no Palácio Anchieta, em Vitória.

A “Busca Ativa” é uma das ações inseridas no Todos na Escola e é uma plataforma que auxiliará nessa estratégia para levantamento dos dados. A articulação com os municípios será importante neste processo, pois todo o trabalho contará com o apoio de agentes municipais de saúde, que já estão inseridos, diariamente, no convívio da população durante visitas realizadas às residências dos moradores.

Por meio da iniciativa, o Estado e os municípios terão dados concretos que possibilitarão planejar, desenvolver e implementar políticas públicas que contribuam para a inclusão escolar. O diagnóstico que é feito, atualmente, é baseado no Censo Escolar que aponta apenas a quantidade de pessoas em idade escolar fora da unidade de ensino. O mapeamento de quem são esses alunos, onde moram e por que estão fora da escola é o que será possível identificar por meio da “Busca Ativa”.

O governador Renato Casagrande destacou a importância da colaboração de todos no desenvolvimento da “Busca Ativa”. “Temos que envolver os municípios, os secretários de Educação, para identificar os jovens que estão fora das salas de aula e abastecer o programa de informações para a criação de estratégias.  Espero que todos os 78 municípios façam a adesão. Temos a necessidade de ofertar e dar oportunidade aos jovens de estudar”, disse.

Casagrande lembrou ainda que são 25 mil jovens fora da escola no Ensino Médio no Espírito Santo: “Vamos atrás de cada um deles. Avançamos na educação, mas não é o suficiente. As oportunidades para quem não estuda são muito pequenas. Universalizar o acesso à educação é um ponto primordial. As escolas precisam ser atraentes, os jovens precisam se sentir atraídos a irem para a escola, tendo uma estrutura adequada, música, uso da tecnologia e esportes. Vamos relançar o Pacto pela Aprendizagem e fazer investimentos fortes nas áreas de infraestrutura e tecnológica na educação”, adiantou.

O secretário de Estado da Educação, Vitor de Angelo, destacou que o propósito é identificar os alunos que já saíram das unidades. “Eles se matricularem ou não é uma decisão delas, mas o Governo do Estado tem que oportunizar as condições para isso, seja criando as vagas (que já existem) e conhecendo o perfil dessas pessoas (as razões pelas quais elas saíram das escolas), para que possamos ir adequando o perfil da escola, da vaga, localização da vaga e o perfil da escola que o aluno almeja, por exemplo”, afirmou.

Vitor de Angelo ainda ressaltou que “este é um ponto sempre destacado na atual gestão e, agora, por meio de parcerias será um esforço do governo nas ações da Busca Ativa para promover educação para todos. Desejo que essa parceria com o Unicef seja exitosa”, asseverou.

A representante do Unicef no Brasil, Florence Bauer, destacou a importância da integração para o alcance dos resultados durante os trabalhos da Busca Ativa. “É importante que os setores trabalhem juntos para que o aluno efetivamente volte a estudar. Para a Unicef, a parceria com o Governo do Estado e demais instituições envolvidas é muito importante. Atualmente, 12 municípios já aderiram e a expectativa é avançar. Nosso foco é a inclusão da criança na escola”, disse.

Também estiveram presentes na solenidade, a vice-governadora Jaqueline Moraes e a subsecretária de Educação Básica e Profissional da Sedu, Andrea Guzzo. Do Unicef estavam a coordenadora da Plataforma dos Centros Urbanos Região Sudeste e chefe do escritório do Unicef no Rio de Janeiro, Luciana Phebo; o oficial nacional de Educação do Unicef, Julia Ribeiro; o oficial UNV Comunicação Unicef São Paulo, Mélanie Layet; e a consultora para o Estado do Espírito Santo, Vania Tardin. Também participaram o presidente da Associação dos Municípios do Estado do Espírito Santo (Amunes), o prefeito de Viana Gilson Daniel; e o presidente da Undime Estadual, Vilmar Lugão de Brito.

Como funcionará:

Por meio de parceria com os municípios, o trabalho contará com os agentes de saúde, por exemplo, que podem identificar, durante a execução do seu trabalho nas visitas às residências dos moradores, se aquela família possui algum integrante em idade escolar que não esteja estudando.

Este é o primeiro momento. Após feita a identificação, a informação é passada para a Secretaria de Educação, que inicia uma etapa para identificar quem é a pessoa, onde mora e o motivo de não estar na escola, por exemplo. A partir disso, a equipe faz um diagnóstico da situação, o que permitirá oferecer condições para que o aluno volte de imediato para a escola. “Assim, teremos uma clareza do que planejar”, destacou Vitor.

Comentários do Facebook
Leia mais:  Projeto vai orientar gestante para uma vida saudável com o bebê
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie
Nacional43 minutos atrás

São Paulo tem dia ensolarado e campanha de vacinação contra gripe na estação Sé

arrow-options shutterstock Metrô tem campanha de vacinação gratuita nesta semana A previsão do tempo para São Paulo indica máxima de...

Nacional2 horas atrás

Temperaturas voltam a aumentar e São Paulo tem máxima de 27ºC nesta terça

arrow-options Larissa Pereira/ iG São Paulo Pôr do sol na estação Tamanduateí, em São Paulo Após uma semana com baixas...

Tecnologia3 horas atrás

WhatsApp chega para celulares KaiOs: básicos e com preços acessíveis

arrow-options shutterstock whatsapp Nesta segunda-feira (22), o sistema operacional  KaiOS anunciou  via Twitter uma parceria com o Facebook para disponibilizar...

Tecnologia3 horas atrás

Uber começa a testar serviço mensal de assinatura para todos seus aplicativos

arrow-options shutterstock Uber testa serviço de assinaturas O próximo passo para a Uber fidelizar seus clientes será em forma de...

Esportes5 horas atrás

São Paulo goleia Chape e reencontra caminho das vitórias no Brasileirão

Depois de mais de dois meses, o São Paulo reencontrou o caminho das vitórias no Brasileiro. Nesta segunda-feira, o Tricolor...

Entretenimento6 horas atrás

Ex-Dominó bonitão, Klaus Hee pode integrar elenco de “A Fazenda 11”

Andam dizendo por aí que Klaus Hee é um dos favoritos para compor o elenco da décima primeira edição de...

Nacional9 horas atrás

Bolsonaro será “muitíssimo bem recebido” na Bahia, opina porta-voz

arrow-options Alan Santos/PR Porta-voz da Presidência acredita que Bolsonaro será bem recebido na Bahia Após polêmica envolvendo governadores do Nordeste,...

São Mateus

Regional

Estadual

Nacional

Policial

Mais Lidas da Semana