conecte-se conosco



Política

Casagrande diz que Bolsonaro está blefando sobre imposto de combustível

Publicado

em

Depois de falar que estaria disposto a debater redução de imposto, governador subiu o tom. Ele afirmou que o presidente sabe que não tem como zerar cobrança de impostos sobre os combustíveis, e que criou um “factóide”

Após dizer nas redes sociais e em vídeo que o governo do Espírito Santo estaria disposto a debater “de forma técnica, equilibrada e responsável” uma fórmula para a redução do preço dos combustíveis</a>, o governador Renato Casagrande (PSB) subiu o tom. Em entrevista para a coluna Painel, do jornal Folha de S. Paulo, o socialista afirmou que o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) estaria blefando sobre a possibilidade de corte nos tributos que incidem sobre os combustíveis.

Ao jornal, o governador capixaba disse que Bolsonaro “sabe que não tem como executar” esse corte tributário e que por isso ele “cria uma discussão superficial, sem amparo nos números reais”. As declarações foram dadas à coluna em Brasília, onde Casagrande participou de uma reunião com o ministro da Economia, Paulo Guedes, sobre auxílio financeiro para reconstrução de cidades afetadas pelas chuvas de janeiro.

“Não podemos produzir factóides para enfrentar factóides, temos que ter responsabilidade com a população […] (Isso) é um blefe”, disse Casagrande à Folha. “Se alguém tem que tomar a iniciativa, então ele que comece”, afirmou. Ao jornal, o governador declarou ainda que, no caso do Espírito Santo, o ICMS que incide sobre os combustíveis representa 10% da arrecadação estadual.

Casagrande tinha feito um discurso mais brando em um vídeo divulgado pela assessoria do governo e em uma publicação no Twitter. Ele havia afirmado que o Estado estaria disponível para discutir medidas que possibilitem uma redução do preço nas bombas, que se colocava “inteiramente à disposição” para a discussão, mas que estava “esperando um primeiro passo do governo federal”.

Assista ao vídeo:

 

.

Comentários do Facebook

Política

Weintraub provoca gestão Doria por não aderir escolas cívico-militares

Publicado

em

source
Ministro da Educação Abraham Weintraub arrow-options
Carolina Antunes/PR – 29.5.19

Ministro da Educação Abraham Weintraub

O ministro da Educação Abraham Weintraub criticou indiretamente nesta segunda (17) a gestão do governador de São Paulo, João Doria (PSDB), por não ter aderido ao programa de escolas cívico-militares. “Ele [cidadão paulista] gostaria muito que o filho estudasse em uma escola cívico-militar”, disse.

Leia também: Weintraub volta a cometer erro de português em post no twitter

“Por que a gente quer escola cívico-militar? Porque a gente quer o melhor para a nossa família. A gente fica discutindo um monte de coisa. Mas o que importa é que as crianças aprendam. Aprendam matemática, aprendam língua portuguesa”, afirmou Weintraub .

As escolas cívico-militares foram lançadas em setembro de 2019 pelo presidente Jair Bolsonaro. O programa é de adesão voluntária pelos estados e municípios.

Lançado por Bolsonaro em setembro do ano passado, o programa nacional das escolas cívico-militares é de adesão voluntária por estados e municípios. São Paulo é um dos 11 estados que rejeitou o projeto por, em um primeiro momento, não receber informações precisas sobre. Rio de Janeiro, Espírito Santo e outros 8 estados do Nordeste também não aderiram. Nos outros 14 estados brasileiros, há a previsão de investimento de R$ 54 milhões apenas em 2020 para a implementação do modelo escolar.

“Se você quer escola cívico-militar , você é de direita. E 80% das famílias do estado de SP são de direita, só que eles não sabem disso”, afirmou o ministro da Educação sem explicar qual seria a fonte do número sobre a quantidade de famílias de direita em São Paulo. Weintraub afirma que Bolsonaro foi eleito para despertar o Brasil sobre isso.

 O ministro afirma que seu desejo é que no futuro ele encontre seus filhos e netos com ofício e renda, “sem baile funk na rua deles, sem maconheiro na escola”. ” Bolsonaro representa isso”, defendeu.

Leia também:Cortes nas bolsas de pós-graduação do Capes foram maiores no Nordeste

A fala de Weintraub ocorreu durante um evento de entrega de ônibus escolares no Estado de São Paulo. Foram entregues 120 veículos para 115 municípios de São Paulo. Os transportes escolares foram comprados na gestão de  Michel Temer (MDB), em 2018, mas pagos em durante 2019, já no governo Bolsonaro.

Comentários do Facebook
Continue lendo
Entretenimento18 minutos atrás

Maria sofre ao ver Clotilde com o filho em “Éramos Seis”

Em “Éramos Seis”, Clotilde (Simone Spoladore) acabou engravidando de Almeida (Ricardo Pereira) e, para que o filho tenha o nome...

Nacional2 horas atrás

Chuvas de verão marcam esta terça em São Paulo

arrow-options Aloisio Mauricio/Fotoarena/Agência O Globo Deve chover no final da tarde em São Paulo Temperatura máxima de 32ºC e mínima...

Entretenimento6 horas atrás

Núbia Oliiver fala sobre ser boa de cama: “não precisa ser um filme erótico”

Falando sempre abertamente sobre sexualidade e relacionamento, Nubia Oliiver abordou recentemente um tema polêmico: “ser boa de cama”. A modelo...

Estadual6 horas atrás

Moradora de Ibatiba deve ser reembolsada por empresa de intercâmbio esportivo

A autora afirmou que firmou contrato com a requerida, mas, antes do início da prestação dos serviços, comunicou a impossibilidade...

Estadual6 horas atrás

Cliente atingida por estrutura do teto de supermercado deve receber R$4 mil em indenização

De acordo com o juiz, o estabelecimento deixou de zelar pela segurança do ambiente e, assim, garantir a integridade física...

Estadual6 horas atrás

Presidente do Tribunal de Justiça participa da solenidade de inauguração da nova sede do TRT-ES nesta segunda-feira (17/2)

O edifício foi inaugurado pelo presidente do TST, ministro João Batista Brito Pereira e pela presidente do TRT-ES, desembargadora Ana...

Nacional7 horas atrás

Policial vê prefeita com carro oficial em outlet, tenta detê-la e é preso; veja

arrow-options Arquivo pessoal Placa do automóvel foi danificada pelo policial civil. Um policial civil foi preso após dar voz de...

São Mateus

Regional

Estadual

Nacional

Policial

ENTRETENIMENTO

POLÍTICA

Esportes

Mais Lidas da Semana