conecte-se conosco


Política

Carlos Bolsonaro pretendia cria uma Abin paralela, acusa Joice Hasselmann

Publicado

em

source
Carlos Bolsonaro arrow-options
Reprodução/Youtube

O vereador Carlos Bolsonaro (PSC-RJ) tem respondido de forma arisca aos jornais que produzem conteúdos sobre sua família ou escândalos envolvendo o PSL.


O vereador no Rio de Janeiro e filho de Jair Bolsonaro, Carlos Bolsonaro, pretendia criara uma espécie de “Abin paralela”. É o que informou a deputada federal Joice Hasselmann (PSL-SP) em depoimento na CPI das Fake News na tarde desta quarta-feira (4). De acordo com a parlamentar, a intenção era investigar e perseguir opositores do presidente na internet.

Leia também: “Eduardo Bolsonaro é um dos líderes dos ataques virtuais”, diz Joice

Segundo Joice, a intenção de Carlos Bolsonaro não era agir apenas na internet, mas ainda “grampear telefones” de pessoas que pudessem ameaçar a Presidência da República. A informação teria sido passada a ela pelo ex-secretário-geral de Governo, Gustavo Bebianno, primeiro ministro demitido por Bolsonaro após discutir com Carlos.

Convidada a depor na CPI nesta quarta-feira, Joice não poupou acusações aos filhos de Bolsonaro. Ela também afirmou que Eduardo Bolsonaro comandou um esquema de disparos de mensagens na internet em apoio ao presidente e que difamavam opositores.


Comentários do Facebook
Leia mais:  Conselhos de Ética da Câmara e Senado voltam a focar nos filhos e Bolsonaro
publicidade

Política

Comissão ouve conselheiros tutelares de Vila Velha

Publicado

em

“Se não temos condições dignas de trabalho, como vamos acolher alguém com dignidade?”. A pergunta foi feita pela conselheira tutelar Maria Aparecida Gomes, coordenadora da IV Região em Vila Velha, durante a reunião da Comissão de Proteção à Criança e ao Adolescente, que aconteceu nesta segunda-feira (9), no Plenário Judith Leão.

Representantes de conselhos de todas as regiões do município relataram a precariedade com a qual operam suas funções. Falta de veículos, mobiliário básico, computadores e até mesmo geladeiras e cadeiras foram citados dentre as inúmeras reclamações dos servidores. A necessidade de mais creches para que pais tenham onde deixar os filhos para trabalhar também foi cobrada.

Cada família, segundo relatado pelos presentes, tem direito a apenas três cestas básicas por ano. Em alguns casos, segundo eles, além de trabalharem com recursos insuficientes, eles dividem o pouco que têm com outras regiões. Também não há privacidade nos atendimentos de denunciantes e vítimas de violência. Todas essas dificuldades segundo eles afastam tanto o conselheiro quanto os usuários do serviço.

A falta de servidores também foi cobrada. Coordenadores reclamaram da falta de critérios nas eleições para conselheiros e da falta de capacitação por parte do Poder Público. Eles relatam que em muitos casos, as comunidades não são envolvidas com o trabalho desses equipamentos.

“As pessoas são eleitas sem nenhuma informação acerca do ofício. Além disso, as leis de proteção ao menor mudam constantemente e o Poder Público não nos atualiza nem prepara para acompanharmos essas mudanças. Em muitos casos, os próprios conselheiros não se interessam pela busca de conhecimento”, relatou Adelina Guimarães, que trabalha na II Região há 14 anos.

Leia mais:  Marina Silva declara “voto crítico” em Haddad e lamenta ideias de Bolsonaro

O baixo orçamento da pasta e a morosidade nos processos foram apontados pela secretária Municipal de Assistência Social, Ana Claudia Pereira Simões. Segundo ela, por lei, a secretaria não pode trabalhar com recursos estaduais ou federais; contando apenas com recursos municipais.

O município opera com caixa de R$ 21 milhões anuais e esses recursos são insuficientes, já que a pasta não é contemplada na votação do Orçamento Participativo.

De acordo com a gestora pública, há inúmeras oficinas nos Centros de Referência de Assistência Social (CRAS), além de programas de assistência que funcionam por meio de contrato com o Instituto Gênese.

“A população não leva em conta a necessidade da assistência ao indivíduo em situação de rua, famílias carentes e etc. Os votos do orçamento participativo são sempre em investimentos em saúde, segurança e educação. A tramitação dos processos também é lenta – 197 dias cada – e isso faz com que os problemas dessas unidades se acumulem”, relatou.

De acordo com o presidente da comissão, deputado Delegado Lorenzo Pazolini (sem partido), a agenda em torno de melhorias nos conselhos tutelares estará em pauta no próximo ano. O deputado Luciano Machado (PV) também participou da reunião.

Comentários do Facebook
Continue lendo
Política5 minutos atrás

Comissão ouve conselheiros tutelares de Vila Velha

“Se não temos condições dignas de trabalho, como vamos acolher alguém com dignidade?”. A pergunta foi feita pela conselheira tutelar...

Estadual1 hora atrás

Coordenadoria do TJES participa de Caminhada pelo Fim da Violência contra as Mulheres

A ação aconteceu no último domingo (08/12), na praia de Camburi. Cidadãos de Vitória vestiram laranja e foram para a...

Estadual1 hora atrás

Tribunal de Justiça do Espírito Santo assina termo de adesão ao pacto nacional da primeira infância

O evento aconteceu em São Paulo e contou com palestra sobre justiça restaurativa apresentada pela Coordenadora das Varas da Infância...

Estadual1 hora atrás

Presidente do TJES inaugura nesta terça nova sede da 2ª Vara da Infância e da Juventude de Serra

Nova sede da 2ª Vara da Infância e da Juventude será ao lado do Fórum Cível de Serra. O presidente...

Estadual1 hora atrás

Convênio para reforma do complexo do Fórum de Vitória é assinado pelo TJES e Governo do Estado

Assinatura aconteceu nesta segunda-feira (09), no Gabinete da Presidência do Tribunal de Justiça. A iniciativa vai otimizar a prestação jurisdicional...

Estadual1 hora atrás

Desembargador Ronaldo Gonçalves de Sousa assume dia 12 a Presidência do TJES

Também tomam posse o vice-presidente do TJES, além do novo corregedor-geral da Justiça e o novo vice-corregedor. O Presidente do...

Esportes1 hora atrás

Flamengo domina premiação do Campeonato Brasileiro

No final da noite desta segunda (9), a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) promoveu, na região portuária do Rio de...

São Mateus

Regional

Estadual

Nacional

Policial

Mais Lidas da Semana