conecte-se conosco



Esportes

Campeonato Gaúcho já tem data de reinício, 23 de julho

Publicado

em


.

Sem jogos desde 16 de março por causa da pandemia do novo coronavírus (covid-19), o Campeonato Gaúcho será retomado no dia 23 de julho. Os clubes poderão retomar os treinos com contato físico a partir da próxima segunda (13), dependendo do aval dos governos municipais.

Essas definições ocorreram na tarde desta quinta (9) em um encontro entre o governador Eduardo Leite e o presidente da Federação Gaúcha de Futebol (FGF), Luciano Hocsman. Essa foi a quarta reunião entre os representantes das duas entidades desde a parada do campeonato.

Durante uma live no início da tarde de hoje, o chefe do executivo gaúcho já havia confirmado que o comitê científico havia encerrado a análise do protocolo de retorno e conclusão da competição proposto pela FGF.

Seguindo à risca as recomendações de autoridades sanitárias, o plano prevê contingenciamento dos profissionais envolvidos nas partidas e diretrizes operacionais básicas. Redução de sedes, jogos com portões fechados, testagem de todos os envolvidos e orientações que vão desde a concentração dos atletas até as entrevistas que sucedem os confrontos também fazem parte do protocolo.

Três rodadas das seis rodadas previstas na Taça Francisco Novelletto Neto, segundo turno do campeonato, foram disputadas. O grupo A é liderado pelo Internacional com sete pontos. Na outra chave, o Grêmio, com 100% de aproveitamento, é o primeiro colocado. O primeiro turno foi conquistado pelo Caxias.

Edição: Fábio Lisboa

Comentários do Facebook

Esportes

Covid-19: Fórmula 1 cancela GP Brasil no autódromo de Interlagos

Publicado

em


.

A Fórmula 1 cancelou hoje (24) o Grande Prêmio (GP) do Brasil que ocorreria em 15 de novembro. Será a primeira vez, desde 1973, que a corrida não será realizada no país. O anúncio feito nesta sexta-feira (24) por meio de nota oficial da  Fórmula One Management, organizadora do evento. 

Além do GP do Brasil no autódromo de Interlagos, também foram cortadas da temporada deste ano outras três provas: Canadá, Estados Unidos e México. As corridas ompetições estavam previstas para acontecer entre outubro e novembro, com exceção de Canadá, cujo GP ocorreria em junho.

O prefeito da cidade de São Paulo, Bruno Covas, disse comentou a decisão durante coletiva de imprensa sobre a situação da pandemia do novo coronavírus (covid-19), em São Paulo. Covas disse que a prefeitura vai respeitar a decisão dos organizadores da Fórmula 1. No entanto, ressaltou que a capital paulista, em novembro, estará em situação melhor do que nas cidades onde já ocorreram corridas este ano. Covas afirmou ainda que as tratativas pra renovação do contrato da Fórmula 1 em Interlagos no ano que vem continuam. O contrato termina este ano.

No início deste mês, o chefe da Mercedes, o austríaco Toto Wolff, já havia se pronunciado sobre a inviabilidade de realização do GP no país. Na ocasião, ele revelou o teor da conversa que teve com o diretor executivo da F1, o norte-americano Ross Brown, sobre o risco de realizar o GP no Brasil diante do descontrole da pandemia do novo coronavírus (covid-19) no país. 

Por meio de mensagem publicada o Twitter, os organizadores comentaram a decisão. 

 

“Com a pandemia da COVID-19 em curso, significa que, infelizmente, não será possível competir no Brasil, EUA, México e Canadá este ano. Esperamos voltar na próxima temporada para as Américas para fazer um show para nossos fãs apaixonados da região.” e ainda completou em nota publicada no site – “Também queremos prestar homenagem aos nossos incríveis parceiros nas Américas e esperamos voltar com eles na próxima temporada, quando mais uma vez conseguirem emocionar milhões de fãs ao redor do mundo.”

Por meio de nota oficial, a  assessoria de comunicação da empresa Interpub, responsável pelo GP Brasil, disse: “Sobre as notícias divulgadas hoje, 24/07/2020, dando conta do cancelamento do GP Brasil de Fórmula 1 e das demais corridas das Américas, comunicamos que não recebemos até o presente momento nenhuma comunicação oficial da Federação Internacional de Automobilismo e, dessa forma, não poderemos nos manifestar”.

A Fórmula 1 deveria iniciar em março, mas teve de ser adiada por causa da explosão de casos de covid-19 pelo mundo. Ao todo, 15 provas já foram afetadas pela insegurança sanitária, sendo que sete delas (Austrália, Mônaco, França, Holanda, Azerbaijão, Cingapura, Japão, Brasil, Canadá, Estados Unidos e México) foram canceladas. Já outras quatro provas acabaram adiadas (Bahrein, Vietnã, China e Espanha).

Por outro lado, mais três circuitos foram confirmados para a temporada 2020. Em Nürburgring (GP da Alemanha), acontecerá em 11 de outubro. Já o de Portimão (GP de Portugal) aparece como novidade. Ele foi agendado para 25 de outubro, e será a primeira vez que o Circuito Internacional de Algarve sediará uma corrida de F1. O país não recebia um evento de Campeonato Mundial da categoria desde 1996. Por fim, o de Ímola (GP da Emilia Romagna) está marcado para 1º de novembro, na Itália.

Com o calendário revisado devido à pandemia, os organizadores da Fórmula 1 reiteraram o objetivo de completar o Campeonato Mundial com a disputa de 15 a 18 provas. Inicialmente era previsto 22 circuitos. O encerramento da competição deverá acontecer em dezembro, em Abu Dhabi, nos Emirados Árabes Unidos.

Edição: Cláudia Soares Rodrigues

Comentários do Facebook
Continue lendo
Esportes14 minutos atrás

Covid-19: Fórmula 1 cancela GP Brasil no autódromo de Interlagos

. A Fórmula 1 cancelou hoje (24) o Grande Prêmio (GP) do Brasil que ocorreria em 15 de novembro. Será...

Entretenimento14 minutos atrás

Boca Rosa se pronuncia sobre processo movido pela Globo: “Grande surpresa”

A influencer Bianca Andrade, mais conhecida como Boca Rosa, se pronunciou sobre o processo que a Globo está movendo contra...

Esportes14 minutos atrás

Botafogo acerta com o zagueiro Rafael Forster

. Na manhã desta sexta-feira (24), o Botafogo confirmou o acerto com o zagueiro Rafael Foster, de 29 anos. O...

Saúde44 minutos atrás

MPs com medidas de enfrentamento à covid-19 são prorrogadas

. Cinco medidas provisórias foram prorrogadas pelo presidente do Congresso Nacional, senador Davi Alcolumbre (DEM-AP), nesta sexta-feira (24). Na lista...

Saúde44 minutos atrás

UFRJ vai receber R$ 200 mil para produção de álcool em gel

. A Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) vai receber cerca de R$ 200 mil para produção de álcool em gel...

Entretenimento59 minutos atrás

Andressa Urach revela quanto ganhava por programa e fala sobre vícios em drogas

Andressa Urach abriu o jogo sobre seu passado. Hoje em dia ela é uma escritória evangélica, mas anos atrás ela...

Nacional59 minutos atrás

Vice-presidente do PSL defende expulsão de Bia Kicis e deputados bolsonaristas

Vinicius Loures/Câmara dos Deputados Deputada federal Bia Kicis O vice-presidente do PSL, deputado federal Junior Bozzella (PSL-SP), defendeu em entrevista...

São Mateus

Regional

Estadual

Nacional

Policial

ENTRETENIMENTO

POLÍTICA

Esportes

Mais Lidas da Semana

error: O conteúdo está protegido !!