Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!
conecte-se conosco


Mulher

Caminhada emagrece, sim, e ainda gera muitos outros benefícios ao corpo

Publicado

em

Na hora de escolher uma atividade física , a caminhada e a corrida muitas vezes aparecem como uma das primeiras opções pela facilidade com que se é possível praticar. Com um tênis e roupas adequadas, já é possível iniciar os treinos – e muitas vezes sem nem mesmo pagar uma academia –, mas se a pessoa escolheu por caminhar, depois de um tempo, rola aquela dúvida: gera benefícios mesmo?


Caminhada deve ser realizada de 3 a 5 vezes por semana, de 20 a 60 minutos, mas também depende de cada pessoa
Shutterstock

Caminhada deve ser realizada de 3 a 5 vezes por semana, de 20 a 60 minutos, mas também depende de cada pessoa

De acordo com a coordenadora de musculação da Bio Ritmo Morumbi, Jessica Monteiro, a caminhada emagrece, sim, uma dúvida muito recorrente na internet, e também gera muitos outros benefícios, como manutenção da saúde, melhora da disposição, do condicionamento cardiorrespiratório  e prevenção de doenças cardiovasculares e crônico-degenerativas.

“O recomendado é praticar caminhada de três a cinco vezes por semana, de 20 a 60 minutos. Porém, a duração está relacionada ao condicionamento do indivíduo e à intensidade do exercício. Se o exercício for mais intenso, ele pode durar menos, se ele for mais leve, pode durar mais. Além disso, a pessoa pode aumentar a intensidade conforme a atividade se tornar fácil de realizar”, explica a especialista.

Caminhar é uma atividade indicada para qualquer pessoa saudável ou após os 35 anos de idade, como afirma Jessica. Mas antes de iniciar qualquer exercícios físico novo o recomendável é sempre ouvir a opinião de um médico. “Além do exame clínico convencional, pode ser necessário, a critério médico, a realização do eletrocardiograma de esforço para avaliar mais detalhadamente as funções cardíacas de esforço do indivíduo.”

Leia também: Subir escadas é opção para ganhar condicionamento e perder peso

Tendo a liberação de um médico, é só iniciar a prática do caminhar, mas é necessário tomar alguns cuidados para evitar problemas e ter o máximo dos benefícios. Além de um bom tênis, apropriado para a atividade física, é indicado o uso de roupas com tecidos leves e confortáveis. Vale também realizar um breve aquecimento com alongamentos leves ou o próprio ato de caminhar, mas com baixa intensidade.

Leia mais:  Desabafo de mãe de trigêmeos abre debate sobre a ansiedade de cuidar dos filhos

Além disso, uma boa alimentação e hidratação não podem ser esquecidas. Jessica recomenda consumir alimentos leves no mínimo 30 minutos antes, para dar energia para o exercício físico, e hidratar-se antes, durante e após a atividade.

“Há uma variação dos resultados do exercício para perda de peso, mas geralmente há uma resposta positiva relacionada a diminuição da massa de gordura. Lembrando que se a atividade estiver atrelada a uma alimentação balanceada os resultados podem ser potencializados.”

Como devo começar a praticar caminhada?


Antes de iniciar o exercício, é recomendável realizar um aquecimento com alongamento ou caminhada leve
Shutterstock

Antes de iniciar o exercício, é recomendável realizar um aquecimento com alongamento ou caminhada leve

Quem busca sair do sedentarismo com ajuda da caminhada pode começar com uma atividade de 10 a 15 minutos, de duas a três vezes por semanas, como indica a coordenadora da rede de academias Bio Ritmo. Depois, é só ir aumentando gradativamente, de acordo com a melhora do condicionamento físico.

“O ideal é começar com uma caminhada mais leve, com menos tempo de duração, e acrescentar de cinco a dez minutos por semana, e observar como o corpo se comporta durante a atividade e após o exercício, ou seja, se ficou muito cansado no mesmo dia ou até mesmo no dia seguinte.”

Uma forma da pessoa avaliar se ficou muito cansada é pelos batimentos cardíacos. Se eles ficaram muito fortes, é sinal de que a atividade exigiu muito do organismo. Por outro lado, se deu até mesmo para conversar com outra pessoa durante o exercícios, é sinal de que é possível dificultar um pouco as coisas, aumentando a velocidade, quilometragem ou tempo, por exemplo.

Caminhada é melhor na rua ou na esteira?


Caminhada pode ser realizada em diferentes ambientes, e a pessoa nem precisa estar matriculada em uma academia
Shutterstock

Caminhada pode ser realizada em diferentes ambientes, e a pessoa nem precisa estar matriculada em uma academia

Além dos diferentes benefícios que gera ao corpo, o ato de caminhar também é uma boa opção porque pode ser realizado em diferentes lugares e em diferentes solos. Sendo assim, uma nova dúvida pode surgir: o que é melhor, esteira ou rua?

Leia mais:  Receitas saudáveis dos alimentos queridinhos pode ser boa alternativa para saúde

De acordo com Jessica, a caminhada na rua exige mais da musculatura dos glúteos, panturrilhas e coxas. “Fatores como vento e variações de terreno podem aumentar o esforço em até 15%, e a pessoa tem maior possibilidade de contato com o meio externo, como praças, em contato com verde e natureza.”

Já o benefício da esteira está no fato de algumas possuírem sistema de amortecimento, diminuindo o impacto e a chance de lesões – sim, até mesmo um simples caminhar pode gerar impactos ao corpo, por isso é importante passar por uma avaliação médica se a pessoa for realizar essa atividade com mais frequência e costuma ter dores em alguma região do corpo que será mais exigida na atividade física.

“Além disso, a máquina te impulsiona pra frente, tornando o esforço menor, ou seja, talvez seja possível realizar o exercício de caminhar por mais tempo. Você também não depende do clima para praticar a atividade”, explica a especialista, lembrando que a chuva, neste caso, não vai servir de desculpa para ficar em casa.

Leia também: Ana Hikari conta como deixou de odiar a academia e dá detalhes da vida fitness

E falando em “desculpas”, a dica da coordenadora de musculação para não perder o foco nos novos hábitos é criar pequenas metas e, aos poucos, ir aumentando-as. Desta forma, você não vai exigir além do que seu corpo aguenta e nem se decepcionar com a falta de resultados.

“Convidar um amigo ou formar um grupo para caminhar também pode incentivar e aumentar os níveis de comprometimento do participante”, explica a profissional.

Por fim, vale lembrar que a caminhada pode ser incluída como uma atividade do dia a dia, entre as tarefas que a pessoa precisa fazer. Por exemplo, ao voltar do trabalho, é possível descer em algum ponto de ônibus ou estação de metrô antes do normal para terminar o trajeto caminhando. Se for muito ruim, é só avaliar em quais momentos do dia é melhor incluir a prática. “Assim é possível economizar tempo e manter-se ativo”, completa a especialista.

Leia mais:  Tabu da menstruação: afinal, por que não falamos sobre isso?

publicidade
Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mulher

Corrimento vaginal muda com uma IST? Como isso afeta o sexo? Delas responde

Publicado

em

Quando uma pessoa contrai uma IST (Infecção Sexualmente transmissível), sua vida pode mudar de diferentes formas. Uma leitora do Delas , por exemplo, relatou que notou seu corrimento vaginal com um odor diferente do que costumava ser antes dela contrair clamídia. Mas isso é normal?


IST (Infecção Sexualmente Transmissível) pode mudar o odor do corrimento vaginal, mas tratamento pode resolver isso
Shutterstock

IST (Infecção Sexualmente Transmissível) pode mudar o odor do corrimento vaginal, mas tratamento pode resolver isso

De acordo com a ginecologista e sexóloga Nelly Kim Kobayashi, a infeção por Chlamydia trachomatis pode ser assintomática, ou seja, não apresentar nenhum sintoma. “Por outro lado, em alguns casos pode se manifestar com alteração da secreção vaginal , semelhante a pus, espesso, amarelado e com odor malcheiroso”, explica sobre o corrimento vaginal .

“A mulher que está infectada com clamídia pode também apresentar dor pélvica, dor na relação sexual  (na profundidade), sangramento com a relação sexual, sangramento fora do período menstrual ou dor ao urinar.” 

Com o tratamento sendo feito da forma correta, porém, a secreção vaginal deve voltar ao normal. Caso isso não aconteça, o indicado é voltar ao ginecologista, já que pode ser necessária a realização de exames complementares, “pensando em outro diagnóstico ou resistência bacteriana”, como explica Nelly.

Meu corrimento vaginal está estranho, o que eu faço?


Caso a mulher note diferença no cheiro do corrimento, é indicado que procure um ginecologista para fazer uma avaliação
Shutterstock

Caso a mulher note diferença no cheiro do corrimento, é indicado que procure um ginecologista para fazer uma avaliação

Caso uma mulher sinta que seu corrimento não está como costumava ser, se sente que está malcheiroso, o profissional mais adequado para uma avaliação é o ginecologista. “A auto medicação sempre deve ser evitada, pois pode mascarar sintomas e dificultar a avaliação médica”, completa Nelly. 

As secreções vaginais costumam aparecer na vida da mulher quando ela inicia a fase reprodutiva, junto da menstruação. O líquido que sai da vagina vai variar de acordo com fatores que interfiram nos hormônios da mulher, como o próprio ciclo menstrual.

Leia mais:  Casal com 34 anos de diferença de idade diz que sexo não é um problema

Sendo assim, dependendo do período em que a mulher está, ela pode ter mais ou menos corrimento, com textura, tonalidade e quantidade de muco diferentes. A secreção normal não coça e não tem cheiro ruim, mas pode ficar amarelada após um dia todo usando a mesma calcinha – e até por isso às vezes é interessente trocar a roupa íntima.

Leia também: Você conhece sua pepeca? Saiba tudo sobre vagina, vulva e região íntima

Por isso é importante conhecer nossos próprios cheiros e nossas secreções. Não precisa ficar com nojo ou receio de olhar a calcinha e “fazer uma análise” no que tem ali, já que isso é importante para a gente perceber quando há algo de errado com o nosso corpo.

Um sinal de alerta é quando, junto com a calcinha molhada, começam a surgir dores, cheiro forte, incômodo, irritação local, coceira, vontade alterada de fazer xixi ou até dor ao urinar. Além da própria mulher tomar os cuidados necessários para conhecer o próprio corpo, a visita anual a um ginecologista também é sempre indicada para evitar esses problemas. 

Tem dúvidas sobre sexo, sexualidade ou corrimento vaginal ? Entre em contato conosco pelo email sexo@igcorp.com.br . Nós traremos uma especialista para respondê-la com sigilo total.

Continue lendo
Nacional8 minutos atrás

Reta final: Haddad tem encontros ecumênicos e Bolsonaro recebe visitas em casa

iG Arte Agenda de Haddad e Bolsonaro para o dia de hoje deve ser repleta de encontros; candidato do PSL...

Entretenimento29 minutos atrás

Carta sobre fim de Fátima Bernardes e William Bonner emociona apresentadora

Rafael Magalhães , escritor e administrador da página “Precisava Escrever”, do Instagram , publicou uma carta abert parabenizando Fátima Bernardes...

Entretenimento30 minutos atrás

No ar em “Jesus”, Rodrigo Andrade afirma que papel ajudou seu “olhar espiritual”

Filho de artista circense e neto de cantor, Rodrigo Andrade, que está no ar em “Jesus”, na  Record TV ,...

Internacional30 minutos atrás

Reta final: Haddad tem encontros ecumênicos e Bolsonaro recebe visitas em casa

iG Arte Agenda de Haddad e Bolsonaro para o dia de hoje deve ser repleta de encontros; candidato do PSL...

Mulher30 minutos atrás

Corrimento vaginal muda com uma IST? Como isso afeta o sexo? Delas responde

Quando uma pessoa contrai uma IST (Infecção Sexualmente transmissível), sua vida pode mudar de diferentes formas. Uma leitora do Delas...

Polícia Federal54 minutos atrás

Operação Rota do Ouro investiga mercado ilegal de ouro em Tocantins

Palmas/TO – A Polícia Federal deflagrou nessa manhã (23) a Operação Rota do Ouro, com o objetivo de desarticular suposto...

Esportes54 minutos atrás

LeBron vai de herói a vilão e tem seu pior início de temporada na NBA em 14 anos

NBA Photo Erro de LeBron James custou vitória do Los Angeles Lakers na NBA; já são três derrotas em três...

São Mateus

Regional

Estadual

Nacional

Policial

Mais Lidas da Semana