Connect with us

Política

Câmara dos Deputados aprova MP do teletrabalho

Published

on

 

A adesão dos brasileiros ao trabalho remoto cresceu após o início da pandemia, em 2020
Marcelo Camargo / Agência Brasil – A adesão dos brasileiros ao trabalho remoto cresceu após o início da pandemia, em 2020

A Câmara dos Deputados aprovou hoje (3) o texto da Medida Provisória (MP) 1108/22 que regulamenta o teletrabalho  e altera regras do auxílio-alimentação.

O texto foi aprovado por 248 votos a favor e 159 contrários. A MP segue agora para o Senado e precisa ser votada até o domingo (7), quando perde a validade.

Entre outros pontos, a MP considera o teletrabalho ou trabalho remoto aquele que é prestado fora das dependências do empregador de maneira preponderante ou não, com tecnologias de informação e comunicação e que não se configure trabalho externo.

O texto apresentado pelo relator, deputado Paulinho da Força (Solidariedade-SP), prevê que o regime de teletrabalho se dará por jornada, produção ou tarefa. Contudo, a proposta excluiu a previsão de aplicação da jornada diária de trabalho de até oito horas, do pagamento de horas-extras, pagamento de valor adicional por trabalho noturno, conforme consta na Consolidação das Leis do Trabalho (CLT).

Os empregados em regime de teletrabalho ficam submetidos às disposições previstas na legislação local e nas convenções e acordos coletivos de trabalho na base territorial onde o empregador contratou o trabalhador. Aprendizes e estagiários também poderão fazer teletrabalho.

A MP diz ainda que o uso de ferramentas, como e-mails, fora do horário de trabalho não será considerado como sobreaviso e que os empregadores terão que dar prioridade para o regime remoto aos empregados com filhos até quatro anos.

Negociação

Além disso, A MP diz que a negociação da jornada de trabalho ocorrerá individualmente, entre o trabalhador e o empregador. “Acordo individual poderá dispor sobre os horários e meios de comunicação entre o empregador e o empregado, desde que assegurados os repousos legais”, diz o texto.

O relator chegou a defender que as regras do trabalho remoto fossem definidas em negociação coletiva entre sindicatos e empresas, mas acatou a previsão de contrato individual, defendida pelo governo no texto original da MP original.

“Eu imagino que quem entende melhor de cada uma das categorias são os trabalhadores e os empresários do setor, e a negociação coletiva poderia resolver”, afirmou Paulinho. “Estamos fazendo uma lei que daqui um tempo teremos que corrigir”, disse.

O líder do governo na Câmara, deputado Ricardo Barros (PP-PR), reconheceu o trabalho do relator para chegar a um parecer consensual. “O governo é pelo texto original, mas reconhece o esforço que foi feito”, disse Barros.

Deputados da oposição criticaram o texto, argumentando que a medida representa um retrocesso para os direitos dos trabalhadores, por não considerar o que prevê a CLT.

“Vai ser uma superexploração, uma máxima precarização do trabalho e vai ser um regime muito próximo à escravidão, criticou o deputado Bira do Pindaré (PSB-MA). “Isso é andar para trás. É voltar aos primórdios do capitalismo onde não havia jornada de trabalho, férias, não havia nada. Foi preciso que os trabalhadores se unissem no mundo inteiro para conquistar esses direitos”, acrescentou.

O deputado Tiago Mitraud (Novo-MG) defendeu a negociação individual entre o trabalhador e o empregador para definir o teletrabalho. “Deixa o contratante e o contratado resolverem a pendência da forma que acharem melhor”, disse.

Vale-refeição

O texto da MP diz ainda que o auxílio-alimentação será destinado exclusivamente ao pagamento de refeição em restaurantes ou de gêneros alimentícios comprados no comércio.

A MP também proíbe que as empresas recebam descontos na contratação de empresas fornecedoras de tíquetes de alimentação.

Curtiu? Siga o FA NOTÍCIAS no Twitter e  Instagram.
Fique bem informado, faça parte do nosso grupo no WhatsApp e Telegram.

 

Comente Abaixo
Mulher15 minutos ago

Laura Keller mostra como recuperou forma física pós-gravidez

Instagram/Reprodução A atriz Laura Keller A atriz Laura Keller mostrou nas redes sociais o antes e depois pelo qual o...

Polícia Federal15 minutos ago

PF prende homem em flagrante por posse e compartilhamento de imagens contendo exploração sexual de crianças e adolescentes

Curitiba/PR. A Polícia Federal cumpriu na manhã de sexta-feira (12/8) dois mandados de busca e apreensão expedidos em inquéritos que...

Polícia Federal15 minutos ago

PF cumpre mandado de prisão em aeroporto

Rio de Janeiro/RJ. Na madrugada desta sexta-feira (12/8), a Polícia Federal prendeu um homem acusado de dever pensão alimentícia, no...

Tecnologia15 minutos ago

RJ é uma das próximas cidades a receber o 5G; 15 capitais vão atrasar

Unsplash/Jakub Pabis Problemas de infraestrutura vão atrasar 5G Na próxima terça-feira (16), as cidades de Curitiba (PR), Goiânia (GO) e...

Política15 minutos ago

Molon dribla PSB e faz sucesso com vaquinha virtual

Reprodução/Twitter Alessandro Molon vai concorrer ao Senado Na última quinta-feira (11), o candidato ao Senado Alessandro Molon arrecadou R$ 100...

Internacional20 minutos ago

Ameaçado pelo Irã, escritor Salman Rushdie é esfaqueado em Nova York

Reprodução Escritor Salman Rushdie é esfaqueado durante evento em Nova York O escritor anglo-indiano Salman Rushdie, de 75 anos, foi...

Política20 minutos ago

Iniciativa proíbe venda de celular sem acessórios

O Projeto de Lei (PL) 208/2022 proíbe a venda de aparelhos de telefonia móvel sem cabos, fone de ouvido, conectores, baterias e...

São Mateus

Regional

Estadual

Nacional

Policial

ENTRETENIMENTO

POLÍTICA

Esportes

Mais Lidas da Semana