conecte-se conosco


São Mateus

Câmara de São Mateus autoriza contratação temporária de Guarda-Vidas e ticket alimentação

Publicado

em

SÃO MATEUS (ES) – Com a proximidade da alta temporada, a Câmara de São Mateus autorizou a contratação temporária de cinquenta guarda-vidas, aumentando a segurança e a proteção aos banhistas e frequentadores dos balneários de Guriri, Barra Nova e Urussuquara.

Acatando a solicitação de urgência urgentíssima, o Projeto de Lei 037/2018 do Poder Executivo, foi aprovado por unanimidade em plenário, na sessão da última terça-feira (06).

Os vereadores entenderam a justificativa de que o quantitativo atual não seria suficiente para atender a demanda de verão e acataram o pedido.

De acordo com a proposição do executivo, a seleção dos profissionais será feita através de processo seletivo simplificado e 20% das vagas ficam destinadas a pessoas do sexo feminino.

O salário é de R$ 1.007,00 para trabalhar em um período de pouco mais de três meses (20 de dezembro de 2018 a 31 de março de 2019) com direito ao ticket alimentação.

Impacto financeiro

Conforme o demonstrativo de custo anexado ao PL dos Guarda-vidas, o impacto financeiro nas contas do Município está estimado em R$ 358. 300,43 durante a vigência do contrato, apontando demonstração dos créditos orçamentários, saldo das dotações da Secretaria Municipal de Defesa Social 2018, indicados como fonte de recursos para cobertura da contratação temporária.

Câmara autoriza ticket alimentação para guarda-vidas já contratados

Através do Projeto de Lei 039/2018 do executivo, os vereadores aprovaram por unanimidade, na sessão de terça-feira (06), alteração na Lei Municipal 1.660/2018, que dispõe sobre a contratação temporária de guarda-vidas.

A legislação ganhou um inciso que garante o auxílio a dez profissionais que já estão trabalhando há três meses.

Ficou estipulado valor mensal de R$200,00 de ticket alimentação para este grupo durante os nove meses restantes do contrato temporário de um ano, bem como aos novos contratados para a temporada de verão.

Comentários do Facebook
Leia mais:  Preso por porte de arma confessa assassinato da mulher em São Mateus
publicidade

São Mateus

Agentes penitenciários recebem ameaças nas redes sociais em São Mateus

Publicado

em

Supostos familiares de presos chamam os servidores públicos de “corja de bandidos” e sugerem juntar dinheiro para “matar um por um desses canalhas”. Ameaças foram feitas na internet após parentes de detentos realizarem protesto contra supostas torturas em presídio de São Mateus

SÃO MATEUS (ES) – “Vamos criar um grupo de WhatsApp de parentes de presos para ficarmos mais fortes contra essa corja de bandidos e juntos fazermos uma parceria e arrecadar dinheiro para matar um por um desses canalhas”. O comentário com ameaça de morte contra inspetores penitenciários está circulando nas redes sociais e foi feito na tarde desta segunda-feira (18), horas depois de um protesto organizado por parentes de detentos  da Penitenciária Regional de São Mateus  contra supostas torturas a presos praticadas pelos servidores.

Quem escreveu o comentário se identifica como familiar de um interno e diz que é “lamentável” a denúncia que o detento faz. “Tenho um parente lá e é lamentável o que a gente escuta dele que acontece lá dentro, é de se revoltar contra uns imundos que estão lá defendendo seu miserável salário de R$ 2 mil para cuidar, não judiar”, diz outro comentário do mesmo homem.

O suposto parente de preso ainda ameaça as famílias dos inspetores penitenciários, que são chamados de “vermes imundos”. “Esses vermes imundos estão com os dias contados para começarem a pagar pelo que fazem. Logo, logo vocês vão ver o que vai acontecer com esses vermes ou com a família deles, para que eles comecem a refletir o sofrimento que estão causando a famílias de detentos. Eles não são juízes nem policiais para estarem fazendo Justiça com as próprias mãos a pessoas que estão algemadas e sendo espancadas feitos cachorros nas mãos desses vagabundos que se acham o tal e se acham os donos da verdade”, argumenta o homem.

Além disso, a mesma pessoa sugere a organização de uma nova manifestação para a fechar a BR 101 durante um dia inteiro. Uma mulher, que se identifica como esposa de um preso, responde: “Estamos juntos, então. Se continuar isso mesmo a gente faz outro protesto. Preso também tem família, não está abandonado”. No protesto desta segunda-feira, os manifestantes interditaram a rodovia federal, no quilômetro 71, em São Mateus, por uma hora.

PROCESSO

diretor de Comunicação do Sindicato dos Inspetores do Sistema Penitenciário do Espírito Santo, Jonathan Furlani, contou que o órgão está ciente das ameaças e um advogado já foi acionado para que sejam tomadas as medidas cabíveis.

É inadmissível esse tipo de comentário. Há poucos dias já denunciamos uma advogada e faremos quantas vezes for necessário para que as pessoas entendam que insinuações levianas, desrespeitosas e até ameaças não serão aceitas”, destacou Furlani.

Ele também contou que o suposto familiar de detento, que fez os comentários ameaçadores, nas redes sociais foi identificado e será processado pelo sindicato. “Os advogados já estão trabalhando neste caso. São ameaças graves e que precisam de respostas nas vias judiciais”, afirmou.

Furlani ressaltou que denúncias de tortura são atendidas pela Secretaria de Estado da Justiça (Sejus) e que os inspetores penitenciários atuam de forma humana. “Nossos servidores trabalham exaustivamente, carregam o sistema prisional no braço, temos o pior salário da federação, muitas das nossas reivindicações não são atendidas e ainda assim fazemos nosso trabalho de forma legalista e humana”, defendeu.

SEJUS

Procurada, a Secretaria de Estado da Justiça (Sejus) informou, por nota, que tem conhecimento das ameaças contra os inspetores penitenciários feitas pelas redes sociais. Além disso, ressaltou que a Diretoria de Inteligência Prisional trabalha em conjunto com os demais órgãos de segurança pública a fim de averiguar as informações sobre os envolvidos nas ameaças para o devido encaminhamento ao Ministério Público do Espírito Santo (MPES).


(*Gazeta on line)

Comentários do Facebook
Leia mais:  Motorista embriagado é preso fazendo zigue-zague na BR 101 em São Mateus
Continue lendo

São Mateus

Regional

Estadual

Nacional

Policial

Mais Lidas da Semana