conecte-se conosco


Nacional

Brasil está entre 51 países mais suscetíveis à desnutrição, diz ONU

Publicado

em

O país figura ao lado da Etiópia, Indonésia e outros na África Oriental e na Ásia Central

SÃO PAULO (SP) – O Brasil está entre os 51 países mais suscetíveis à prevalência da desnutrição, segundo dados da nova edição do relatório anual da ONU (Organização das Nações Unidas) sobre a segurança alimentar e nutricional, divulgado nesta terça-feira (11). O país figura ao lado da Etiópia, Indonésia e outros na África Oriental e na Ásia Central.

Isso porque o Brasil conviveu com climas extremos -de secas severas a inundações- por quatro anos entre 2011 e 2016. E, de acordo com o estudo, países que apresentaram choques climáticos por mais de três anos no período têm, em média, mais que o dobro de pessoas subnutridas.

 

Na lista, 15,5% dos países são da América Latina e do Caribe. A maioria, 76%, é parte da África e Ásia. Os de renda média correspondem a 76,5%, enquanto 3,5% são de baixa renda.

Em declínio constante por mais de uma década, a fome no mundo voltou a crescer em 2016 e afetou 815 milhões de pessoas. O novo relatório mostra que em 2017 o número aumentou de novo: são 821 milhões de pessoas subnutridas –cerca de uma em cada nove pessoas.

De acordo com a ONU, a fome é significativamente pior em países com sistemas agrícolas altamente sensíveis a variabilidade de temperatura, chuva e seca, e onde o sustento de grande parte da população depende da agricultura.

E são nesses países também que os dias muito quentes estão se tornando mais quentes e mais frequentes. O calor extremo está associado com aumento da mortalidade e menor capacidade de trabalho, por exemplo.

No Brasil, um dos motivos que explica as altas temperaturas e os mais longos períodos de seca, segundo o relatório, é o fenômeno do El Niño entre 2015 e 2016.

Mas a desaceleração econômica na América Latina também reduziu a capacidade dos governos de lidar com as consequências desses eventos climáticos, e colaborou para o agravamento da desnutrição.

A crise e a pobreza são fatores determinantes para a insegurança alimentar, diz o estudo. Se a produtividade agrícola cai, a produção de alimentos e os padrões de cultivo também diminuem, contribuindo para déficits de disponibilidade ou gerando picos e volatilidade dos preços.

Assim, principalmente os mais pobres, veem piorar a disponibilidade, a qualidade, a quantidade e a diversidade de alimentos consumidos.

Esta é a segunda vez que a ONU realiza uma avaliação global sobre segurança alimentar e nutricional depois da adoção da Agenda 2030 para o Desenvolvimento Sustentável, ratificada pelos países-membros da ONU, inclusive o Brasil. O acordo objetiva acabar com a fome e com todas as formas de subnutrição.

O estudo foi produzido pela Fao (Organização das Nações Unidas para a Alimentação e a Agricultura), Fida (Fundo Internacional de Desenvolvimento Agrícola), Unicef (Fundo das Nações Unidas para a Infância), PMA (Programa Mundial de Alimentos) e OMS (Organização Mundial da Saúde).

NÚMEROS DA DESNUTRIÇÃO

– Segundo a ONU, o número de pessoas subnutridas no mundo é de 821 milhões

– 151 milhões de crianças menores de cinco anos sofrem com atraso no crescimento (estatura baixa para idade)

– Uma em cada três mulheres em idade reprodutiva é anêmica; no Brasil, são cerca de 15 milhões de mulheres

– Um em cada oito adultos é obeso; no total, são mais de 672 milhões de pessoas (a obesidade pode estar ligadas à carência alimentar. Há chance de desnutrição mesmo com a oferta de alimentos, porém, com poucos nutrientes)

– No Brasil, são cerca de 33 milhões de adultos obesos

– Mais de 38 milhões de crianças menores de cinco anos estão acima do peso no mundo.


(*Com informações da Folhapress.)

Comentários do Facebook
Leia mais:  Com agenda incerta, encontro com Bush é “ponto alto” da ida de Bolsonaro aos EUA
publicidade

Nacional

Estátuas de índios da Amazônia são roubadas de igreja em Roma e jogadas em rio

Publicado

em

source
O vídeo mostra estátuas sendo arremessadas no Rio Tigre arrow-options
Youtube/Reprodução
O vídeo mostra estátuas sendo arremessadas no Rio Tigre


 Estátuas indígenas expostas em uma igreja de Roma, que foram entregues no Sínodo dos Bispos na Amazônia, foram roubadas na última segunda-feira (21) e jogadas no Rio Tibre por ultraconservadores . A ação foi filmada com uma câmera e divulgada no YouTube . Assista:



Nos quatro minutos de vídeo, é possível ver uma pessoa entrar na igreja de Santa Maria in Traspontina, a 400 metros do Vaticano, e pegar imagens de Pachamama,  que significa  “Mãe Terra” em algumas culturas indígenas.

Leia também: Papa pede respeito a indígenas em abertura de Sínodo da Amazônia

Em seguida, um homem coloca as estátuas em uma ponte sobre o Tibre e as atira na água. O vídeo chama “Pachamama idols thrown into the Tiber river!”, que significa, em português, “Ídolos de Pachamama jogados no Rio Tibre!”. Vários comentários apoiaram o gesto do autor do episódio, que se identifica no youtube como Michael Del Bufalo.


Em um segundo vídeo, o autor explica o motivo de sua revolta:

“Nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo, sua bendita Mãe, e todos que seguem a Cristo, estão sendo atacados por membros de nossa própria Igreja. Nós não aceitamos isso! Não ficamos mais em silêncio! Começamos a agir AGORA! Por amarmos a humanidade, não podemos aceitar que pessoas de uma determinada região não sejam batizadas e, portanto, estão sendo negadas a entrada no céu. É nosso dever seguir as palavras de Deus como nossa santa Mãe fez. Não existe um segundo caminho de salvação”. O comentário encontra-se na descrição do vídeo.

O Vaticano condenou como “gesto desafiador” o roubo de estátuas indígenas. No Sínodo, o papa já enfrentava críticas e disse não aceitar “palavras ofensivas” contra os nativos rejeitando as “colonizações ideológicas” destrutivas ou redutoras.

Leia mais:  Enfermeiro é preso por estuprar e engravidar paciente em estado vegetativo

Fonte: IG Mundo
Comentários do Facebook
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie
Agricultura45 minutos atrás

Pavilhão Brasil é inaugurado na Fruit Attraction 2019 na Espanha

O Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) e o Ministério das Relações Exteriores (MRE), em parceria com Associação Brasileira...

Agricultura45 minutos atrás

Sessenta mil pescadores artesanais do Nordeste vão receber seguro defeso em novembro

No próximo mês, 60 mil pescadores artesanais afetados pelo vazamento de óleo no litoral do Nordeste receberão uma parcela do...

Agricultura45 minutos atrás

Câmara do Agro 4.0 apresenta as principais demandas para ampliar o uso de novas tecnologias no campo

A Câmara do Agro 4.0 iniciou os trabalhos nesta terça-feira (22), durante a programação da 16ª Semana Nacional de Ciência...

Entretenimento47 minutos atrás

Grávida, Thais Carla posa nua com o marido em praia

Thais Carla, bailarina plus size de Anitta , está grávida de quatro meses e fez um ensaio nu ao lado...

Entretenimento47 minutos atrás

MC Gui pode ser condenado por polêmica discriminatória na Disney

Nesta terça-feira (22) MC Gui concedeu uma entrevista ao “Hora da Venenosa”, quadro de fofocas do “Balanço Geral”, noticiário vespertino...

Entretenimento47 minutos atrás

Gabigol e irmã de Neymar estão juntos novamente

O jogador do Flamengo Gabigol e a influencer Rafaella Santos, irmã de Neymar, reataram o namoro. Leia também: Apaixonada? Bruna Marquezine...

Entretenimento47 minutos atrás

Após polêmica, MC Gui ganha mais seguidores nas redes sociais

Desde que MC Gui divulgou, nesta segunda-feira, um vídeo no qual ri de uma criança que passeava na Disney, nos...

São Mateus

Regional

Estadual

Nacional

Policial

Mais Lidas da Semana