conecte-se conosco


Nacional

Bolsonaro volta a Brasília nesta terça-feira para reuniões de transição

Publicado

em


Presidente eleito, Jair Bolsonaro volta a Brasília nesta terça-feira (13) para seguir com reuniões da agenda de transição
Rodrigues Pozzebom / Agencia Brasil
Presidente eleito, Jair Bolsonaro volta a Brasília nesta terça-feira (13) para seguir com reuniões da agenda de transição

O presidente eleito Jair Bolsonaro desembarcou nesta terça-feira (13) em Brasília por volta das 8h40 para mais dois dias de reuniões na capital federal. Ele pretende ir ao Centro Cultural Banco do Brasil (CCBB), onde a equipe do governo de transição trabalha e se encontrar com os grupos temáticos que voltam a se reunir hoje e amanhã (14).

Leia também: Moro diz acreditar que minorias não estejam ameaçadas no governo Bolsonaro

Pela manhã,  Bolsonaro
deve se reunir com a deputada federal Tereza Cristina (DEM-MS), confirmada como futura ministra da Agricultura. O encontro que definirá o perfil da pasta, inclusive se o ministério englobará agricultura familiar e pesca, por exemplo, ficou para pouco menos de uma semana depois do anúncio oficial da líder da “bancada ruralista” como futura titular da pasta.

À tarde o presidente eleito terá três audiências. Às 13h, Bolsonaro se reunirá com a presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Rosa Weber. Às 14h30, ele será recebido pelo presidente do Tribunal Superior do Trabalho (TST), João Batista Brito Pereira. E às 16h, conversa com o presidente do Superior Tribunal Militar (STM), José Coelho Ferreira.

Após  cancelar as reuniões que teria nesta terça-feira
com os presidentes da Câmara, Rodrigo Maia (DEM), e do Senado, Eunício Oliveira (MDB), o presidente eleito afirmou que pretende ir ao Congresso Nacional na quarta-feira para “tomar um café” com Maia e “apertar a mão” de colegas deputados.

O futuro presidente vem encontrando dificuldades na relação com deputados e senadores e esperar estreitar relações para ver se consegue aprovar projetos de seu interesse para o início do governo como a Reforma da Previdência. Bolsonaro, no entanto, já considera que “dificilmente aprova alguma coisa este ano”
.

Leia mais:  Guaidó quer ajuda de Moro para apurar relações da Odebrecht na Venezuela

Segundo o presidente eleito, a análise é do futuro ministro da Economia, Paulo Guedes. Ao conversar com jornalistas no Rio de Janeiro, ele disse que a reforma da Previdência negociada até o momento não era a ideal.

Depois, em Brasília, o ministro extraordinário da transição, Onyx Lorenzoni, confirmou que a reforma da Previdência ficará para 2019.

Anúncio de mais ministros de Bolsonaro


Expectativa é de que Jair Bolsonaro anuncie mais ministros nessa semana, entre eles o da Saúde, Defesa e Relações Exteriores
Divulgação/Facebook
Expectativa é de que Jair Bolsonaro anuncie mais ministros nessa semana, entre eles o da Saúde, Defesa e Relações Exteriores

A agenda da semana do presidente eleito, Jair Bolsonaro (PSL), também orbita em torno da expectativa do anúncio de mais nomes que vão compor a equipe ministerial do futuro governo.

Ontem (12), o presidente eleito Jair Bolsonaro afirmou que cogita o nome do médico e deputado federal Luiz Henrique Mandetta (DEM-MS) para ser ministro da Saúde. Ambos conversaram, no Rio de Janeiro, e a definição pode ser anunciada esta semana.

Além dessa pasta, as negociações mais adiantadas segundo o próprio Bolsonaro são para os ministérios da Defesa, de Relações Exteriores e do Meio Ambiente. Pastas que também aguardam uma definição ainda esta semana para que a equipe do governo de transição
possa acertar o detalhes para o futuro governo que toma posse em 1º de janeiro.

Fora a definição de mais futuros ministros
, a agenda de Bolsonaro também inclui um encontro com vários governadores, amanhã, em Brasília. Dos 27 eleitos e reeleitos, 18 incluindo vice-governadores confirmaram presença. O encontro é organizado pelo governador eleito do Distrito Federal, Ibaneis Rocha (MDB), com apoio dos governadores eleitos de São Paulo, João Doria (PSDB), e do Rio de Janeiro, Wilson Witzel (PSC).

Leia também: João Caldas se reúne com Bolsonaro e confirma a vontade de presidir a Câmara

Leia mais:  Sol surge entre nuvens e chuvas isoladas são esperadas para esta sexta, em SP

Segundo os organizadores, a ideia é que seja um “encontro de aproximação”. Os anfitriões ainda aguardam a confirmação do futuro presidente. Além de Bolsonaro
, deverão participar do evento os futuros ministros da Economia, Paulo Guedes, e da Casa Civil, Onyx Lorenzoni. A palavra também será aberta aos futuros governadores.

*Com informações da Agência Brasil

Comentários do Facebook
publicidade

Nacional

PMs são alvos de operação contra quadrilha de sequestradores no Rio

Publicado

em

PMs presos
Reprodução/TV Globo
Para a polícia, PMs envolvidos se organizam como uma verdadeira “empresa do crime de sequestro”

Um PM foi preso, na manhã desta segunda-feira (17), durante a Operação Sequestro S.A, da Polícia Civil contra um quadrilha que pratica sequestros na Baixada Fluminense. Luiz Otávio Couto Amaral do Carmo Coutinho foi encontrado em casa, em Duque de Caxias. Ele e o também PM Ernani Sant’Ana Reis da Silva, ambos lotados na UPP Jacarezinho, são investigados por praticarem extorsão mediante sequestro.

Leia também: Fugitivo sofre roubo, procura polícia e acaba preso com ladrão no interior de SP

Apesar de ser um dos alvos da ação, Ernani ainda não foi preso. Ele é aguardado na 64ª DP (São João de Meriti), responsável pela operação. Além das duas prisões, os policiais também cumprem um mandado de busca e apreensão contra um terceiro investigado.

De acordo com as investigações , empresários, comerciantes e até traficantes da Baixada Fluminense eram alvos dos PMs . Eles sequestravam as vítimas e, além de realizar saques e compras com cartões bancários, exigiam dinheiro para liberá-las. Os criminosos atuavam sempre armados, usando toucas ninja.

Um dos casos investigados pela polícia aconteceu no último dia 16 de maio, em São João de Meriti, quando José Augusto dos Santos foi sequestrado de libertado após ter pago R$ 15 mil, além de ter entregue jóias de ouro e ter compras realizadas em seu cartão de débito.

No crime em questão, os sequestradores se passaram por policiais civis, abordando o homem quando saía de casa ainda de madrugada. Ele foi solto após dizer que não registraria o caso. O que não aconteceu, já que foi aberto um boletim de ocorrência na 64ª DP.

Leia mais:  Dossiê propõe tombamento de distrito destruído por rompimento de barragem

Ernani é apontado como o mentor da ação e Luiz Otávio teria dirigido o carro usado pelos dois para abordarem a vítima.

Mesmo depois de libertarem José Augusto, os criminosos mantiveram contato com os parentes dele, os ameaçando para que não registrassem o caso na polícia. Foi quando Ernani disse que os valores obtidos no crime já teriam sido divididos entre os integrantes da quadrilha.

Leia também: Vendedora que se negou a vender balão de graça é  arrastada por carro

As investigações apontam também que o grupo já praticou vários outros sequestros com a mesma abordagem.

Para a polícia, os PMs se organizam como uma verdadeira “empresa do crime de sequestro”, já que há uma minuciosa divisão de funções e planejamento dos crimes entre os envolvidos.

Fonte: IG Mundo
Comentários do Facebook
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie
Nacional6 minutos atrás

PMs são alvos de operação contra quadrilha de sequestradores no Rio

Reprodução/TV Globo Para a polícia, PMs envolvidos se organizam como uma verdadeira “empresa do crime de sequestro” Um PM foi...

Nacional6 minutos atrás

Fugitivo sofre roubo, procura polícia e acaba preso com ladrão no interior de SP

Divulgação/Polícia Civil Ao consultar os antecedentes criminais da vítima de roubo, policiais constataram que se tratava de um fugitivo Ladrão...

Nacional6 minutos atrás

Universidades vão ajudar na recuperação da bacia do Rio Doce

Fred Loureiro/Secom/ES – Arquivo Imagem aérea mostra a lama no Rio Doce, na cidade de Resplendor, Minas Gerais Universidades de...

Nacional6 minutos atrás

Uso de simulador para obtenção de CNH passa a ser facultativo

Divulgação/Ministério das Cidades Aulas em simuladores deixarão de ser obrigatórias para a obtenção da carteira de motorista Resolução do Conselho...

Nacional6 minutos atrás

Motorista de aplicativo morre atingido por bloco de concreto arremessado no Rio

Reprodução Delegacia de Homicídios apura o caso; bloco de concreto atingiu motorista em cheio no peito Era madrugada de sexta...

Nacional6 minutos atrás

Vaticano propõe que homens casados possam ser padres na Amazônia

Agência Ansa Papa Francisco O Vaticano divulgou nesta segunda-feira (17) o documento preparatório para o Sínodo dos Bispos sobre a...

Economia1 hora atrás

Após demissão de Levy e embates entre Maia e Guedes, dólar opera instável

O dólar comercial voltou a operar de forma instável nesta segunda-feira (17). A moeda americana abriu os negócios em alta,...

São Mateus

Regional

Estadual

Nacional

Policial

Mais Lidas da Semana