conecte-se conosco



Economia

Bolsonaro minimiza regulação de combate a trabalho análogo ao escravo em live

Publicado

em


source
Bolsonaro
Reprodução YouTube

Em live, Bolsonaro fez alusão a trabalho escravo

Durante transmissão ao vivo na noite desta quinta-feira (28), o presidente Jair Bolsonaro minimizou as regras de combate a trabalho análogo ao escravo. Citando como exemplo trabalhadores rurais, Bolsonaro defendeu que haja desregulamentações de normas relativas a direitos trabalhistas.

“Vale a pena comentar que lá no setor do Ceará, pessoal cortando folha de carnaúba, (…) o cara chegou lá multou por exemplo R$ 10 mil, R$ 15 mil de multa no cara que era dono da propriedade e tinha um pessoal subindo na palmeira e cortando folha de carnaúba, multou porque não tinha banheiro químico. Foram 12 multas. Com todo respeito, fui criado em fazenda e acho que todo mundo aqui já andou pelo mato. Para você fazer uma necessidade fisiológica ali… Eu sei, tá errado, tá errado, tudo bem. Mas o cara não vai… 50 graus a temperatura, o cara subindo e descendo num coqueiro, o cara ‘cadê um banheiro químico?’, andar 200 metros, entrar naquele forno e fazer xixi ou fazer o sólido lá dentro”, disse Bolsonaro.

No mesmo exemplo citado, Bolsonaro criticou normas de utilização de equipamentos de proteção. “Foi lá também um local de comida, um pauzinho lá, foi feita uma mesa rústica. Não estava de acordo com a norma: outra multa. Ponto eletrônico, ficha de controle de… o uniforme do cara, o cara tinha que ter bota. O cara não vai subir num coqueiro de bota, po. Não vai subir num coqueiro de capacete, não vai, po. Então essas questões todas que a gente busca melhorar, facilitar, para que estimule quem queira dar emprego.”

Antes, Bolsonaro citou o Ministério do Desenvolvimento Regional e disse que houve desregulamentação de normas trabalhistas. “Tinha 3 mil normas ou 4 mil, e passou para 600”, disse.

Privatizações

Na mesma live, Bolsonaro afirmou que defende a privatização de estatais, com destaque para os Correios, mas descartou outras como Caixa e Banco do Brasil. “Se você doasse já seria lucrativo, porque não teria que aportar recurso público”, disse ele sobre a venda de empresas públicas.

Comentários do Facebook

Economia

Indústria: Em recuperação, faturamento cresce 11,4% em maio

Publicado

em


source

A retomada da atividade econômica após a paralisação provocada pela pandemia do novo coronavírus ( Sars-Cov-2 ) fez o faturamento da indústria crescer 11,4% em maio na comparação com abril. O crescimento consta da pesquisa Indicadores Industriais, divulgada nesta segunda-feira (6) pela Confederação Nacional da Indústria ( CNI ). Este foi o primeiro crescimento em dois meses.

A alta foi, porém, insuficiente para compensar a queda no faturamento em março e em abril, quando a maior parte das fábricas interrompeu as atividades. Mesmo com a recuperação no mês passado, o faturamento real (corrigido pela inflação) está 18,2% abaixo do registrado em fevereiro e 17,7% do observado em maio de 2019.

Em recuperação, faturamento da indústria cresce 11,4% em maio
Divulgação/Nissan

Em recuperação, faturamento da indústria cresce 11,4% em maio

Dois indicadores apresentaram crescimento em relação a abril. As horas trabalhadas na produção cresceram 6,6% em maio, e a utilização da capacidade instalada subiu de 67% para 69,6% na série dessazonalizada (que exclui o efeito de feriados). Apesar da reação, as horas trabalhadas estão 18,4% inferiores às de maio de 2019, e a utilização da capacidade instalada está 8,5 pontos percentuais abaixo do registrado no mesmo mês do ano passado.

Em nota, a CNI informou que o crescimento nos indicadores veio depois de dois meses de fortes quedas. Para a entidade, o resultado de maio indica que a pior fase da crise econômica decorrente da pandemia de covid-19 ficou para trás.

A recuperação da atividade, no entanto, não chegou ao mercado de trabalho. O nível de emprego recuou 0,8% em maio na comparação com abril , registrando o quarto mês seguido de encolhimento. A queda, no entanto, foi menor que no mês anterior. O indicador de emprego está 15,4% inferior ao de maio do ano passado.

A massa salarial e o rendimento médio reais (corrigidos pela inflação) pagos aos trabalhadores da indústria tiveram retração pelo segundo mês consecutivo. A massa salarial caiu 8,1%, enquanto o rendimento médio encolheu 6,5% em relação a abril.

Comentários do Facebook
Continue lendo
Internacional54 minutos atrás

Irmão de prefeito rouba carro com duas crianças dentro

Reprodução de Twitter @norfolkPD carro de Polícia Um cena inusitada nos dias de hoje.O irmão de um prefeito do Arkansas...

Nacional1 hora atrás

Temperatura volta a subir e tempo fica seco em São Paulo

Reprodução Redes Sociais/msonohara Dia ensolarado em São Paulo Tempo limpo e sem previsão de chuvas durante todo o dia marcam a...

Internacional2 horas atrás

ONU conclui: foi”ilegal”o assassinato” do general iraniano Soleimani pelos EUA

Reprodução Aos gritos de “Morte à América”, milhares acompanharam o cortejo do general neste sábado Uma especialista da ONU conclui...

Internacional4 horas atrás

Homem mata  menina de 13 anos em disputa por seu cachorro

Reprodução Bebê coala abraçou cachorro na Austrália Mais um capítulo de violência urbana,um homem da Flórida teria matado duas pessoas...

Nacional5 horas atrás

Bolsonaro com Covid-19? Possibilidade divide o Twitter; confira os memes

Reprodução/Instagram Jair Bolsonaro está com sintomas condizentes da Covid-19 Usuários no Twitter estão reagindo à notícia de que o presidente...

Política6 horas atrás

Haddad diz que está em um grupo no WhatsApp com Evo Morales

Reprodução/TV Cultura Fernando Haddad, ex-presidente de São Paulo O ex-prefeito de São Paulo, Fernando Haddad (PT), disse em entrevista ao...

Internacional6 horas atrás

Promotoria do”governo de fato” acusa Evo de “terrorismo” e ordena sua prisão

Reprodução/Twitter Evo Morales Luis Arce (esq), ex-ministro da Economia de Evo Morales, é o candidato do MAS à presidência Procuradoria-geral...

São Mateus

Regional

Estadual

Nacional

Policial

ENTRETENIMENTO

POLÍTICA

Esportes

Mais Lidas da Semana

error: O conteúdo está protegido !!