conecte-se conosco



Economia

Bolsonaro aprova incentivos para setor de eventos, mas veta redução de impostos

Publicado

em


source
Bolsonaro deve vetar trecho que reduz impostos para setor de eventos
O Antagonista

Bolsonaro deve vetar trecho que reduz impostos para setor de eventos

O presidente Jair Bolsonaro anunciou nesta segunda-feira (03) que sancionará, com vetos, um projeto de lei que estabelece ações emergenciais para o setor de eventos, hotelaria, cinema, teatros e locais turísticos, com o objetivo de reduzir as perdas causadas pela pandemia da Covid-19 .

Em um pronunciamento à imprensa no Palácio do Planalto, Bolsonaro disse que os vetos visam evitar a “judicialização” da lei. Ao lado do presidente, o ministro da Economia, Paulo Guedes, afirmou que os trechos vetados evitam “imperfeições jurídicas” que “acabem atrapalhando”.

A equipe econômica temia um impacto bilionário, superior a R$ 100 bilhões. O Ministério da Economia não informou qual será o impacto financeiro do projeto após os vetos.

O governo irá vetar a proposta zera, pelo prazo de 60 meses, as alíquotas de PIS/Cofins incidentes sobre as receitas decorrentes das atividades de eventos e CSLL das empresas do setor.

Você viu?

“O volume das compensações tributárias, o que deveria ser feito caso tudo fosse sancionado, teria um aumento de impostos sobre outros setores”, disse o secretário de Produtividade, Carlos da Costa, sem informar os números.

O secretário disse que também será vetada a criação do Programa de Garantia aos Setores Críticos (PGSC), porque ele é semelhante ao Programa Nacional de Apoio às Microempresas e Empresas de Pequeno Porte (Pronampe) , que já está sendo discutido no Congresso.

Carlos da Costa disse também que será “sancionado” a possibilidade de renegociação de dívidas, tributárias ou não, com descontos de até 70%. O prazo deverá ser de até 133 meses, nos moldes do que já é feito para qualquer setor por meio da transação tributária da Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional (PGFN).

O governo não informou ser irá vetar a criação de uma indemnização, prevista no projeto Essa indenização poderia contemplar empresas que tiveram redução superior a 50% no faturamento entre 2019 e 2020. O valor será compatível com as despesas para pagamento de 15 empregados durante o período da pandemia.

Comente Abaixo
Mulher3 horas atrás

Horóscopo do dia: previsões para 14 de maio de 2021

Marcelo Dalla O horóscopo do dia auxilia nas decisões que merecem ser tomadas ÁRIES  Conte com mais capacidade de promover...

Estadual5 horas atrás

Suzano vende 2,9 milhões de toneladas de celulose e papéis no primeiro trimestre de 2021

Preço da celulose inicia trajetória de recuperação no mercado internacional A Suzano, referência global na fabricação de bioprodutos desenvolvidos a partir...

Política5 horas atrás

Apenas 14% dos brasileiros não votariam em Lula nem em Bolsonaro, diz pesquisa

    Agência Brasil – Lula e Bolsonaro; pré-candidatos devem alcançar o segundo turno, revelam pesquisas A disputa pela presidência em...

Mulher6 horas atrás

A gravidez não é a única causadora do atraso menstrual! Conheça outros motivos para ciclos que não chegam

Reprodução: Alto Astral A gravidez não é a única causadora do atraso menstrual! Conheça outros motivos para ciclos que não...

Nacional6 horas atrás

Fazendeiro é atingido por boi que tentava pular muro e vai parar na UTI

Reprodução Uma das patas do boi atingiu o fazendeiro que estava escorado em uma baia Um idoso de 72 anos...

Mulher6 horas atrás

8 perfis de vestidos de noiva para você seguir no Instagram e se inspirar!

Reprodução: Alto Astral 8 perfis de vestidos de noiva para você seguir no Instagram e se inspirar! Nada mais justo...

Estadual6 horas atrás

Servidores do TJES participam de capacitação sobre acessibilidade de imóveis

O curso remoto terminou nessa quarta-feira, 12/5. A Escola de Magistratura do Espírito Santo (Emes), em parceria com a Comissão...

São Mateus

Regional

Estadual

Nacional

Policial

ENTRETENIMENTO

POLÍTICA

Esportes

Mais Lidas da Semana

error: O conteúdo está protegido !!