conecte-se conosco



Economia

“Bolsa Família para em setembro” sem crédito suplementar, diz Guedes

Publicado

em

ministro da Economia, Paulo Guedes
Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil

Segundo Guedes, R$ 6 bilhões em verbas do crédito suplementar serão destinadas ao Bolsa Família

O ministro da Economia, Paulo Guedes, afirmou nesta terça-feira (14) que o Bolsa Família só terá recursos para funcionar até setembro caso o Congresso Nacional não aprove o crédito suplementar de R$ 248 bilhões pedidos pelo governo para este ano.

“Se o Congresso não aprovar, o Bolsa Família para em setembro”, declarou o ministro em discurso em uma audiência na Comissão Mista de Orçamento (CMO).  Guedes afirmou, ainda, que sem o crédito solicitado, outros programas, como o Benefício de Prestação Continuada (BPC) e o Plano Safra, também ficariam sem verba para funcionar neste ano.

Segundo o ministro, desses R$ 248 bilhões pedidos, R$ 6 bilhões são destinados ao programa de transferência de renda, o Bolsa Família. A maior parte desse valor, no entanto (R$ 200 bilhões) é dedicada ao pagamento de aposentadorias.

Apesar do apelo, Guedes disse estar confiante na aprovação do crédito. “Evidente que isso não vai acontecer, aposto que o Congresso vai aprovar o crédito suplementar”, ressaltou. 

Comentários do Facebook

Economia

Governo institui medida de acesso a crédito para pequenas e médias empresas

Publicado

em


source

Agência Brasil

dinheiro
Marcos Santos/USP Imagens

Governo editou MP que dá acesso a crédito para pequenas e médias empresas

A Medida Provisória (MP) nº 975, publicada nesta terça-feira (2) no Diário Oficial da União , institui o Programa Emergencial de Acesso a Crédito. O objetivo, diz a MP, é facilitar o acesso a crédito por meio da disponibilização de garantias e de preservar empresas de pequeno e de médio portes diante dos impactos econômicos decorrentes da pandemia do novo coronavírus (Sars-Cov-2).

Leia também: Redução salarial e suspensão de contrato já afetaram 8 milhões em dois meses

O Programa Emergencial de Acesso a Crédito é destinado a empresas que tenham auferido em 2019 receita bruta superior a R$ 360 mil e inferior ou igual a R$ 300 milhões.

A MP autoriza a União a aumentar em até R$ 20 bilhões a sua participação no Fundo Garantidor para Investimentos (FGI), administrado pelo Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), exclusivamente para a cobertura das operações contratadas no âmbito do Programa Emergencial de Acesso a Crédito .

O aumento da participação será feita por ato do ministro da Economia, Paulo Guedes .

Os valores não utilizados até 31 de dezembro de 2020 para garantia das operações ativas serão devolvidos à União por meio do resgate de cotas.

Comentários do Facebook
Continue lendo
São Mateus1 minuto atrás

Motorista de ônibus é assaltado em São Mateus

  Um motorista de ônibus identificado pelas iniciais E.F.D.S., de 38 anos passou por maus momentos na noite desta segunda-feira...

Policial7 minutos atrás

Polícia Militar apreende entorpecentes em Cachoeiro de Itapemirim

.  Policiais militares do 9º Batalhão apreenderam nesta segunda-feira (01), entorpecentes nos bairros Recanto e Alto União, em Cachoeiro de...

Nacional18 minutos atrás

Justiça do Rio de Janeiro mantém proibição de abertura de templos para cultos

Igreja Universal / Reprodução Pedido para abertura de templos foi feito por ações civis A Justiça do Rio manteve, nesta...

Saúde22 minutos atrás

Campo-grandenses e os aspetos que influenciam seu emagrecimento

  No ano passado, um estudo apontou Campo Grande como a 4ª cidade brasileira com maior número de obesos. Venha...

Economia27 minutos atrás

Governo institui medida de acesso a crédito para pequenas e médias empresas

Marcos Santos/USP Imagens Governo editou MP que dá acesso a crédito para pequenas e médias empresas A Medida Provisória (MP)...

Saúde27 minutos atrás

Witzel prorroga medidas restritivas no Rio até sexta-feira

. O governador do Rio de Janeiro, Wilson Witzel, prorrogou até sexta-feira (5) as medidas de prevenção e enfrentamento à...

Internacional27 minutos atrás

Britânica larga o emprego para produzir 10 mil máscaras para surdos

Redes Sociais /Reprodução Britânia produziu mais de 10 mil máscaras para deficientes auditivos Sonia Carleu, britânica de 44 anos, decidiu...

São Mateus

Regional

Estadual

Nacional

Policial

ENTRETENIMENTO

POLÍTICA

Esportes

Mais Lidas da Semana

error: O conteúdo está protegido !!