conecte-se conosco



Política

Blocos de rua e desfiles esquentam a já antiga relação política e carnaval

Publicado

em

 
trio elétrico então brilha
Reprodução/ Instagram @thiago_nego_braz

Bloco de Belo Horizonte protesta contra governador do Estado

O clima político presente nos desfiles de escola de samba do Rio de Janeiro e de São Paulo também esteve presente nos cortejos e nas fantasias dos blocos de rua de duas capitais brasileiras neste sábado (22) de carnaval.

Em Belo Horizonte, o Então, Brilha levou milhares de foliões em cinco horas de cortejo na manhã do primeiro dia oficial de carnaval no clima de crítica ao governador de Minas, Romeu Zema e à Polícia Militar.

Uma exigência feita pelo Corpo de Bombeiros às vesperas da folia, referente aos trios elétricos, impediu que alguns blocos da capital mineira desfilassem neste ano. O Juventude Bronzeada, um dos blocos mais tradicionais da cidade, cancelou o seu cortejo.   

Da política também saiu a solução do problema. Ao menos dez blocos do carnaval belo-horizontino que teriam seus desfiles cancelados desfilaram com carros cedidos pela Central Única dos Trabalhadores (CUT) e o Sindicato Único dos Trabalhadores em Educação (Sind-UTE). Entre eles, o bloco Fúnebre, que desfilou na noite de sexta-feira (21).

“O que a Polícia Militar e o governo Zema tentaram fazer contra o Carnaval de BH é um atentado contra a cultura, o turismo e a economia mineira”, afirmou em sua conta do Facebook o organizador do Volta Belchior e representante da Santa Tereza Independente Liga (SI LIGA).

 

A imagem ilustra o trio elétrico da CUT, já posicionado na Praça da Bandeira para ser usado pelo Bloco Fúnebre, na última sexta-feira.

Fantasias

Os foliões também usaram suas fantasias para demonstras suas posições políticas com a participante do Então, Brilha que homenageou a vereadora Marielle Franco .

No Bloco Volta, Belchior além de se divertir, foliões mostravam suas críticas ao governo federal.

View this post on Instagram

#foramilicianos #carnaval #voltabelchior

A post shared by Alexandre Amaro (@alexandreamaro_) on

No Rio de Janeiro, o desfile do Prata Preta também trouxe fantasias ironizado a fala do ministro Paulo Guedes sobre domésticas indo para a Disney.

Nas avenidas

O tom de crítica do Carnaval 2020 começou nos sambódromos do Rio de Janeiro e São Paulo já nos primeiros desfiles do ano.

A Escola Acadêmicos de Vigário Geral que participou em 2020 da Série A carioca, divisão de acesso do Carnaval do Rio, abriu seu desfile da com uma alegoria que retrata o palhaço Bozo com a faixa presidencia l e fazendo o gesto de “arminha” com as mãos.

A Vigârio Geral levou à avenida o enredo “O Conto do Vigário”, de Alexandre Costa, Lino Salles, Marcus do Val e Rodrigo Almeida, sobre as mentiras contadas por políticos no País.

Já na cidade de  em São Paulo, a atual campeã Mancha Verde entrou na avenida com o samba-enredo “Pai! Perdoai, eles não sabem o que fazem!”, criticando a relação entre política e religião.

Uma das alas foi toda dedicada à frase “meninos vestem azul, meninas vestem rosa” da ministra da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, Damares Alves

No desfile da Mancha, a frase de Paulo Guedes sobre as domésticas também foi lembrada. Em um dos carros alegóricos uma foliã estava com um uniforme de doméstica, um passaporte e orelhas de Mickey, símbolo da Disney.

Relação antiga

O carnaval brasileiro sempre foi um espaço de debate político. O Prata Preta é um bloco de historiadores que desfila há 15 anos nas ruas do Rio de Janeiro e sempre abordou temas políticos.

“O Prata Preta é um bloco político , que carrega resistência, e feito por pessoas que pautam a luta por igualdade de direitos. O momento que a gente tá vivendo hoje no carnaval do Rio de Janeiro, em termos de repressão, nos preocupou ao longo do ano, mas estamos aqui para brincar, pular e curtir com alegria. Todo mundo se respeita”, afirma Kiev Medeiros, porta-estandarte e diretora do Prata Preta.

No Facebook, o organizador do bloco Volta, Belchior també relaciona a política ao carnaval em Belo Horizonte quem vem crescendo anualmente após tomar as ruas da cidade há cerca de dez anos.

“O Carnaval de BH renasceu político e rebelde e para sempre assim será. Agora é hora de pular a folia, se divertir e lutar. Mas após o período carnavalesco, temos que nos organizar para exigir a aprovação de uma Lei do Carnaval, pois só ela pode institucionalizar a festa para não ficarmos dependentes dos humores de pessoas inescrupulosas como as que tentaram acabar com o evento”, diz Kerison na rede social.


Fonte: IG Política

Comentários do Facebook

Política

Fora da agenda oficial, Bolsonaro faz visita ao Hospital das Forças Armadas

Publicado

em

source
Presidente Jair Bolsonaro arrow-options
Agência Brasil

Visita a hospital não constava na agenda oficial

O presidente Jair Bolsonaro visitou, na manhã desta sexta-feira (10), o Hospital das Forças Armadas (HFA) em Brasília. A visita não consta da agenda oficial, mas se trata de um encontro de Bolsonaro com o corpo clínico do hospital, segundo fontes.

Leia também: “Vamos pagar o preço ali na frente”, diz Mandetta sobre aumento na circulação

A caminho da unidade de saúde o presidente e seus assessores não passaram pela portaria principal do Palácio da Alvorada , onde os jornalistas tradicionalmente o esperam. 

Mais cedo, o presidente se encontrou com o ministro da Defesa , Fernando Azevedo e Silva, no Palácio da Alvorada. O ministro acompanhou o presidente na visita ao HFA .

Leia também: “Paciente pode trocar de médico”, diz Bolsonaro em recado a Mandetta

Depois da visita ao hospital, Bolsonaro se dirigiu ao sudoeste da cidade, onde visitou o filho Jair Renan, que faz aniversário neste feriado. De acordo com o Correio Braziliense,  o presidente foi recebido na região sob protesto e panelaços  dos vizinhos.

Comentários do Facebook
Continue lendo
Nacional2 horas atrás

Adolescente de 15 anos é o primeiro Ianomami a morrer de Covid-19

arrow-options Reprodução Alvanei Xirixana foi o primeiro Ianomami a morrer de Covid-19 O adolescente Ianomami de 15 anos que contraiu...

Internacional2 horas atrás

Premiê britânico deixa UTI, mas segue em observação no hospital

. O primeiro-ministro britânico, Boris Johnson, deixou a unidade de terapia intensiva do hospital onde está internado em Londres, à...

Política3 horas atrás

Fora da agenda oficial, Bolsonaro faz visita ao Hospital das Forças Armadas

arrow-options Agência Brasil Visita a hospital não constava na agenda oficial O presidente Jair Bolsonaro visitou, na manhã desta sexta-feira...

Saúde3 horas atrás

Atestado médico já pode ser enviado ao INSS pela internet

. O Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) já começou a receber atestado médico pela internet, sem necessidade de perícia....

Carros e Motos3 horas atrás

VW já produz elétrico I.D3, mas pandemia atrasa chegada às lojas

arrow-options Divulgação VW ID.3: modelo elétrico da marca é o primeiro a ser produzido de uma completa que vai chegar...

Carros e Motos3 horas atrás

Harley-Davidson, só por fotografias

arrow-options Divulgação Torneio da Harley-Davidson é uma oportunidade única para as redes dos países exibirem o que podem fazer de...

São Mateus3 horas atrás

Mais um funcionário da Caixa está com coronavírus no Estado

Ele é colega de agência do gerente da Caixa que morreu vítima da doença no final de semana Um outro...

São Mateus

Regional

Estadual

Nacional

Policial

ENTRETENIMENTO

POLÍTICA

Esportes

Mais Lidas da Semana