conecte-se conosco


Regional

Barra Seca “muda de cidade” e moradores reclamam de abandono no Norte

Publicado

em

O balneário, que sempre pertenceu a Linhares, agora faz parte de São Mateus após uma lei municipal que atualizou a divisa entre os dois municípios do Norte do Estado. No entanto, a comunidade não aceita a alteração e diz que serviços como iluminação e coleta de lixo estão precários

LINHARES (ES) – Uma alteração de divisa causou uma grande confusão entre os moradores de Barra Seca: o balneário, que sempre pertenceu a Linhares, agora faz parte de São Mateus. A lei é de 2016, mas há poucos meses a população foi informada. Desde então, a comunidade enfrenta problemas na coleta de lixo e na iluminação. Segundo eles, os serviços são precários e nenhuma prefeitura soluciona.

O vice-presidente da Associação de Moradores e Pescadores de Barra Seca, Flávio Messias, disse que a população tomou ciência da mudança de cidade há cerca de três meses. “Todos os nascidos aqui há mais de 100 anos são registrados em Linhares, as escrituras de terra da nossa região são todas registradas em cartórios de Linhares. Para nós, foi uma grande surpresa a decisão dessa lei estadual que nos coloca no município de São Mateus”, afirmou.

Revoltados com a decisão do governo estadual, os moradores se reuniram na semana passada para assinar um abaixo-assinado. “A comunidade não se sente mateense. Temos por São Mateus um profundo apreço, mas somos linharenses, queremos continuar em Linhares, queremos continuar tendo o serviço que estão interrompidos por aqui por não ser mais de Linhares. A comunidade fez o abaixo-assinado para encaminhar ao governador do Estado e ao senhor prefeito de Linhares, para que eles possam tomar as providências. Se não resolvermos, vamos entrar com uma ação judicial contra o governo do Estado, contra essa lei, contra essa decisão”, explicou Messias.

ILUMINAÇÃO E LIXO

Um dos problemas enfrentados no balneário é a falta de iluminação pública. À noite, as ruas ficam escuras. Para os moradores, desde que a região deixou de pertencer a Linhares, tudo virou uma bagunça e eles não sabem a quem recorrer. “Nós fomos pegos de surpresa com essa lei, a gente não sabe de nada e todos nós ficamos ao Deus-dará”, lamentou a aposentada e moradora de Barra Seca, Maria de Lurdes Fregona.

O recolhimento de lixo também ficou prejudicado. Nas ruas da localidade é possível encontrar muito entulho acumulado. O aposentado Domário Ferreira Mascarenhas contou que já acionou a Prefeitura de São Mateus para pedir a coleta de lixo e de entulho, mas não consegue respostas. “Em São Mateus não falam nada, eles não se responsabilizam. Está ruim para nós, tem que reverter essa lei”, afirmou.

TURISMO

Além dos problemas na iluminação pública e na coleta de lixo, a comunidade ainda teme que o turismo na região fique ameaçado.

Isso porque o balneário conta com a única praia de naturismo do Espírito Santo e, sem melhorias na infraestrutura, o medo é que os turistas não curtam o local durante o verão.

“Já são 22 anos trabalhando e divulgando a praia, conseguimos colocá-la no mapa brasileiro e depois no mapa mundial. Perder tudo isso por conta de uma briga de divisa de município é lamentável”, afirmou o aposentado Geraldo Magela Bichara.

OUTRO LADO Procurados pela reportagem, o Instituto de Defesa Agropecuária e Florestal (Idaf) confirmou que a alteração geográfica aconteceu em 2016 e que Barra Seca, antes ligada a Linhares, agora pertence a São Mateus.

Sobre iluminação pública, manutenção e instalação de novos pontos, a EDP informou que é responsabilidade da prefeitura municipal. O Serviço Autônomo de Água e Esgoto (Saae) emitiu um documento para os moradores do balneário para justificar o não comparecimento para fazer o serviço porque a responsabilidade não é mais de Linhares.

A Prefeitura de São Mateus disse que enviou as demandas da comunidade para a Secretaria Municipal de Obras para que adotem as medidas necessárias. Já a Prefeitura de Linhares explicou que, devido à lei estadual, não pode prestar serviços em Barra Seca.


(*TV Gazeta Norte)

Comentários do Facebook
Leia mais:  Tiros, correria e pânico na Boate La Rustic no balneário de Guriri
publicidade

Regional

Menino de 2 anos é baleado pelo próprio pai no Norte no ES

Publicado

em

Homem é acusado de tentar matar a esposa e, ao atirar, acabou atingindo o próprio filho

Uma criança de 2 anos foi baleada, na tarde deste domingo (19), e o suspeito é o próprio pai. O crime aconteceu no distrito de Braço do Rio, em Conceição da Barra, no Norte do Estado. Com perfuração no tórax e no abdômen, o menino foi transferido para o Hospital Infantil de Vitória em estado grave.

Conforme informações da Polícia Militar, os pais da criança apresentaram versões diferentes sobre o caso. A mãe do menino informou que houve uma discussão entre ela e o marido e os disparos seriam para atingi-la. Já o pai da criança disse que o tiro foi acidental durante um passeio com o filho, segundo conta o capitão Antonio Bergamin, do 13º Batalhão da Polícia Militar (BPM), em São Mateus.

Apesar de o caso ter acontecido no distrito de Conceição da Barra, os pais moram em Pinheiros, também no Norte. Os primeiros socorros à criança foram feitos em uma unidade de saúde de Braço do Rio e, em seguida, foi transferida para o Hospital Roberto Arnizaut Silvares, em São Mateus

O Hospital Roberto Arnizaut Silvares informou, por meio de nota, que a criança chegou em estado grave, por volta das 16 horas. O tiro atingiu o tórax e o abdômen do menino, que precisou ser transferido para o Hospital Infantil de Vitória

O hospital ressaltou também que, diante do caso, acionou o Conselho Tutelar de São Mateus e a Polícia Militar.

Versão do Pai

O capitão Antonio Bergamin disse que o pai, em seu depoimento, alegou que estava passeando com o filho à tarde pela propriedade rural e que, naquele momento, acidentalmente disparou um “canhão de caça” e atingiu a criança.

O canhão de caça é uma espécie de arma caseira, feita com cano e pólvora, que fica amarrado em fios no meio da mata para atingir animais silvestres que passarem pelo local.

Apesar dessa alegação, Bergamin disse que, pelas informações que obteve, a Polícia Civil autuou o pai por tentativa de feminicídio, considerando a versão apresentada pela mulher de que seria ela o alvo dos disparos que, no final, atingiram a criança.


(*G1)

Comentários do Facebook
Leia mais:  Atentado a tiros no Beco do Machado em Jaguaré
Continue lendo
Mulher13 minutos atrás

Nutricionistas detalham o que comer no café da manhã para emagrecer

Se a prática de  exercícios físicos (sejam eles cardiovasculares ou de força) é um passo importante para o emagrecimento, saber o...

Mulher13 minutos atrás

Horóscopo do dia: previsões para 20 de maio de 2019

Terapeuta Integrativa, Masumi Suguinoshita usa a Astrologia e a Meditação como ferramentas principais de trabalho e traz ao Delas as...

Entretenimento1 hora atrás

O rei das protagonistas! As dez mulheres de Walcyr Carrasco

Prestes a estrear mais uma novela de sua autoria, Walcyr Carrasco possui um currículo extenso de novelas na Globo. Desde...

Esportes6 horas atrás

Jorge Sampaoli é perseguido por ciumentos da própria classe de trabalho

Levir Culpi, técnico de trabalhos medíocres recentemente, disse que Jorge Sampaoli será o novo comandante da Seleção. Segundo Culpi, que...

Entretenimento7 horas atrás

Reconstrução dá o tom do MECAInhotim, quatro meses após tragédia em Brumadinho

Logo na entrada de Brumadinho (MG), uma exposição de camisas e uniformes sujos de lama lembra que essa é uma...

Entretenimento7 horas atrás

Virada Cultural de São Paulo atrai cinco milhões de pessoas

A Virada Cultural aconteceu neste final de semana, 18 e 19, em São Paulo, e, segundo o prefeito Bruno Covas,...

Nacional8 horas atrás

Entenda os últimos acontecimentos da quebra de sigilo de Flávio Bolsonaro

Edilson Rodrigues/Agência Senado – 9.5.19 MP investiga suspeitas de peculato, lavagem de dinheiro e organização criminosa no gabinete de Flávio...

São Mateus

Regional

Estadual

Nacional

Policial

Mais Lidas da Semana