conecte-se conosco



Estadual

Balanço da DHPM: 50 suspeitos de homicídios contra mulheres detidos em 2019

Publicado

em

O ano de 2019 representou um desafio a mais para a equipe da Delegacia Especializada de Homicídios e Proteção à Mulher (DHPM): efetuar prisões mais rápidas e qualificadas, para que tivessem caráter educativo e preventivo, e não somente punitivo.

O desafio foi aceito e a equipe da delegada Raffaella Aguiar encerrou o ano com 50 suspeitos detidos em 22 operações realizadas, sendo três delas nos estados de Minas Gerais, São Paulo e Rio de Janeiro. Todas as operações interestaduais foram exitosas e contaram com apoio das polícias civis de cada Estado.

Dentre os suspeitos, 43 são adultos e sete adolescentes. A equipe também apreendeu seis armas de fogo. Dos 10 homens mais procurados pela DHPM, cinco foram presos em 2019. A equipe da DHPM trabalhou no sentido de dar cumprimento aos mandados de prisão de autores de crimes que estavam na lista dos mais procurados, ao mesmo tempo em que conduziu as novas investigações. O objetivo foi demonstrar para a população que não haverá impunidade no que diz respeito aos homicídios praticados contra mulher na Região Metropolitana. Nenhum caso cairá no esquecimento.

“É necessário que as leis tratem com rigidez os crimes em desfavor da mulher. O nosso desejo é de que não mais ocorram, porém vivemos em uma cultura patriarcal que estimula a ocorrência desses homicídios. Com isso, nosso papel é mostrar que não haverá impunidade no que diz respeito aos homicídios praticados contra a mulher”, assegurou a delegada.

Feminicídio x homicídio contra mulher

A DHPM, que investiga todas as mortes violentas de mulheres registradas na Grande Vitória, instaurou, no ano passado, 40 Inquéritos Policiais para investigar homicídios consumados e concluiu 26, sendo todos com autoria identificada, alcançando 65% de produtividade neste tipo de investigação.

Dentro deste universo, 17 foram casos de feminicídio, que é o homicídio praticado contra a mulher, em razão de sua condição de mulher, por menosprezo ou discriminação, ou ainda por violência doméstica e familiar. 

“Esta forma de homicídio contra mulher é ocasionada pela cultura patriarcal de nosso país, que não podemos mais aceitar. A equipe da DHPM trabalhou com afinco para realizar prisões rápidas e qualificadas nestes casos, para que tivessem caráter educativo e preventivo. Assim, dos 17 feminicídios registrados em 2019, 13 autores estão presos, e isso significa um percentual de mais de 76%. Dos 17 inquéritos, 16 estão concluídos”, informou a delegada Raffaella Aguiar.

O delegado-geral da PCES, José Darcy Arruda, enfatiza que o sucesso de todas as ações de enfrentamento à violência contra mulher contribuem para a diminuição dos crimes de feminicídio no Estado: “A excelente produtividade da DHPM representa uma poderosa ferramenta policial no trato da violência contra a mulher no Espírito Santo, juntamente com outros esforços, como dos trabalhos da Divisão Especializada de Atendimento à Mulher (DIV-Deam) e a Patrulha Maria da Penha, da Polícia Militar (PMES)”, acrescentou.

 

Assessoria de Comunicação da Polícia Civil
Comunicação Interna
(27) 3137-9024
[email protected]

Atendimento à Imprensa:
Olga Samara/ Camila Ferreira
(27) 3636-1536/ (27) 99846-1111/ (27) 3636-9928 / (27) 99297-8693
[email protected]

Fonte: Governo ES

Comentários do Facebook

Estadual

Operação conjunta do Procon-ES interdita fábrica clandestina de álcool em gel em Vila Velha

Publicado

em

.

O proprietário de um galpão clandestino que possivelmente produzia e comercializava álcool em gel e outros produtos químicos, localizado no bairro Cobilândia, em Vila Velha, teve o estabelecimento interditado e foi conduzido à delegacia na tarde desta sexta-feira (20) por fabricar e vender produtos sem autorização.

A ação é resultado de uma força tarefa promovida pelo Instituto Estadual de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon-ES), pela Polícia Civil do Espírito Santo, pelo Corpo de Bombeiros Militar, pela Vigilância Sanitária Estadual e pela Vigilância Sanitária Municipal de Vila Velha.

Após denúncias de consumidores, o Procon-ES promoveu uma ação fiscalizatória no estabelecimento, na última quinta-feira (19) e flagrou a comercialização de 19 frascos de álcool em gel sem procedência, dentre outros produtos.

Os produtos estavam sendo vendidos aos consumidores sem qualquer informação sobre composição, origem, endereço, CNPJ, registro dos órgãos competentes, lote, etc, e sem nota fiscal.

Antes que os produtos fossem apreendidos, o proprietário do estabelecimento, com um suposto representante, agiu de forma truculenta para impedir a continuidade da ação. Chutou e recolheu todas as unidades do álcool em gel que estavam na área de venda, trancou os fiscais dentro do galpão e deixou o local sem assinar o auto de infração. A Polícia Militar, a Polícia Civil e a Vigilância Sanitária Municipal de Vila Velha foram acionadas e foi registrado um Boletim de Ocorrência.

O diretor-presidente do Procon-ES, Rogério Athayde, explicou que o órgão viu a necessidade de promover essa ação conjunta por tratar-se de um estabelecimento clandestino que colocava em risco a saúde e segurança da população.

“Na quinta-feira (19), a Vigilância Sanitária Municipal de Vila Velha interditou o galpão e hoje (20), haviam funcionários trabalhando no local. Operações conjuntas fortalecem a ação porque cada órgão pode atuar de acordo com a sua competência”, explicou o diretor-presidente.

Denúncias

Desde a última segunda-feira (16), o Procon-ES registrou 265 denúncias a estabelecimentos comerciais que estariam vendendo o álcool em gel e máscara com preço elevado.

“Estamos intensificando as ações e colocamos outros canais telefônicos à disposição do consumidor para o registro de denúncias”, ressaltou Athayde.

As denúncias podem ser feitas por meio do App Procon-ES (disponível para Android) ou do Fale Conosco, disponível no site www.procon.es.gov.br (para quem possui iPhone) ou pelos telefones 151, 3332-4603, 3332-2011 ou 3381-6236.

 

Informações à Imprensa:
Assessoria de Comunicação do Procon-ES
Amanda Ribeiro
(27) 3132-1840
[email protected]

Fonte: Governo ES

Comentários do Facebook
Continue lendo
Internacional10 minutos atrás

Subestimou coronavírus? Prefeito admite erro ao apoiar campanha “Milão não para”

arrow-options YouTube Giuseppe Sala O prefeito de Milão, Giuseppe Sala, reconheceu que errou ao ter divulgado o vídeo de uma...

Internacional10 minutos atrás

Coreia do Sul registra menor número de casos novos de coronavírus

. A Coreia do Sul informou, nesta segunda-feira (23), que registrou o menor número de casos novos de coronavírus desde o...

Entretenimento10 minutos atrás

Coronavírus: Andressa Urach defende cultos em meio à pandemia

No último domingo (22), Andressa Urach atualizou sua conta do Instagram com uma publicação para lá de polêmica. Em meio...

Entretenimento10 minutos atrás

Fernanda Gentil comenta cirurgia plástica nos seios

Recentemente Fernanda Gentil concedeu uma entrevista à revista Women’s Health . Durante o papo, a loira falou sobre sua vaidade...

Estadual22 minutos atrás

Operação conjunta do Procon-ES interdita fábrica clandestina de álcool em gel em Vila Velha

. O proprietário de um galpão clandestino que possivelmente produzia e comercializava álcool em gel e outros produtos químicos, localizado...

Estadual22 minutos atrás

1º chamada para composição de banco de projetos de pesquisa tem prazo prorrogado

. A Secretaria da Agricultura, Abastecimento, Aquicultura e Pesca (Seag) informa que devido o cenário de ajustes de rotinas de...

Estadual23 minutos atrás

Detran|ES e PC deflagram ação contra suposta fraude em processo de habilitação em Iconha

. O Departamento Estadual de Trânsito do Espírito Santo (Detran|ES) e a Polícia Civil identificaram, na tarde dessa quarta-feira (18), uma possível...

São Mateus

Regional

Estadual

Nacional

Policial

ENTRETENIMENTO

POLÍTICA

Esportes

Mais Lidas da Semana