conecte-se conosco


Mulher

Avó posa com neta em ensaio fotográfico e se emociona: “Idosos precisam disso”

Publicado

em

Ensaio sensual não tem idade, e se você tem alguma dúvida disso é porque você ainda não conheceu a Dona Zeza. Perto de completar 91 anos, Maria José de Mela da Silva posou ao lado da neta Renata, de 35 anos, e prova que as mulheres na sua idade podem, sim, ser sensuais e terem a beleza exaltada.

Leia também: Avó conquista web ao reproduzir ensaio fotográfico da neta

Mulher de 90 anos posando em ensaio fotográfico
Jaiel Prado
Dona Zeza, 90 anos, foi clicada em um ensaio fotográfico sensual e revela que a beleza pode existir em qualquer idade

O especialista em ensaios fotográficos femininos, Jaiel Prado, retratou avó e neta nas mesmas posições com o objetivo de valorizar a sensualidade feminina com arte e delicadeza, deixando a idade ser apenas um detalhe. “Todas as fases da vida têm a sua beleza, especialmente se você estiver feliz. Fui fotografada nas mesmas poses da minha neta.  O que o jovem faz o idoso também pode fazer”, conta Dona Zeza ao Delas

Jaiel fala que ela não se intimidou com as lentes. Para o profissional, os registros mostram a beleza não apenas ligada ao corpo ou ao rosto. “Beleza vem de dentro, das histórias, das paixões, das conquistas, das decepções, das alegrias, tristezas, das superações, da vida. Acredito que toda mulher pode, deve e merece ter uma foto que represente toda a beleza que ela sabe que tem”, diz. 

Nesse sentido, o ensaio contribui para reforçar os questionamentos sobre a pressão estética e os padrões de beleza. Será mesmo que só mulheres jovens e magras podem ser clicadas? Dona Zeza prova o contrário.

Leia também: 10 mulheres de corpos diferentes reunidas: ensaio fotográfico propõe aceitação

Sensualidade e empoderamento

mulher de 90 anos em ensaio fotográfico
Jaiel Prado
Para a avó, a experiência de ser fotografada foi transformadora e a fez com que ela se sentisse bonita e valorizada

Ser clicada por alguém que tem um olhar delicado e cuidadoso pode ser uma experiência transformadora. “Fiquei muito emocionada, me senti importante, levantou muito meu astral, até me senti mais jovem”, afirma Dona Zeza.

Leia mais:  Horóscopo do dia: previsões para 18 de maio de 2019

O fotógrafo explica que uma boa sessão é capaz de produzir imagens que retratam tanto a essência da pessoa quanto o que ela está vivendo naquele momento. Nesse processo, a pessoa acaba repensando alegrias, conquistas e outros momentos marcantes. “Ela se apropria da própria história e só isso já a fazer se sentir única”, relata Prado. 

“Acrescentar uma bela imagem desse instante de resgate/revisão de si equivale a uma injeção de autoestima na veia, chega a ser transformador. Isso é o verdadeiro empoderamento “, completa. 

Foi exatamente dessa forma que Dona Zeza se sentiu após ver os resultados: “Os idosos precisam disso. Me senti valorizada, mostrei as fotos para familiares, amigos e vizinhos e todos disseram que eu estava linda. Vivo recebendo mensagens de pessoas elogiando o ensaio.” 

Além disso, ela recomenda que outras mulheres façam o mesmo. “Incentivo todas não perder as oportunidades que a vida oferece. Devemos aproveitar a vida em todas as fases enquanto pudermos.”

Leia também: 9 dúvidas comuns sobre como é fazer um ensaio sensual respondidas

Como funciona o ensaio fotográfico sensual?

avó e neta em ensaio fotográfico
Jaiel Prado
Dona Zeza e a neta Renata, 35 anos, foram fotografadas por Jaiel Prado no mesmo ensaio sensual com as mesmas poses

O ensaio produzido por Jaiel é conhecido como Boudoir e inspirado em um estilo francês. Nele, o fotógrafo preza pela delicadeza e valoriza a beleza feminina com toques naturais e  muita arte. A sensualidade é expressada com sensibilidade, de forma elegante e suave.

Para conseguir isso, ele explica que antes de começar a sessão de fotos faz questão de conhecer bem suas modelos, escutar suas histórias, seus anseios, preocupações, saber o que gostam: “As poses são pensadas depois de muita conversa, variam de acordo com a pessoa retratada e são desenvolvidas a quatro mãos. Procuro produzir imagens esteticamente bonitas e que ao mesmo tempo transmitam o que a pessoa é”.

Leia mais:  Procurando produtos eróticos? Não tenha vergonha de ir ao sex shop
ensaio fotográfico
Jaiel Prado
As poses das fotos são pensadas para que a modelo se sinta confortável e consiga transmitir a sua essência

Além disso, o fotógrafo conduz uma conversa durante a sessão para que a modelo se sinta mais confortável. “Começo a fotografar durante a conversa de modo natural e aos poucos estabelecendo minha direção sem interromper a conversa. De modo geral a regra do jogo é ouvir mais do que falar, bom humor e muitos elogios”, detalha.

Segundo ele, os ensaios não utilizam truques de luz, nem excesso de retoques nas fotos, mas técnica. Também não há restrição para as mulheres que desejam fazer um ensaio fotográfico . “A fotografia boudoir valoriza o que a mulher tem de melhor”, finaliza o fotógrafo.

Fonte: IG Delas
Comentários do Facebook
publicidade

Mulher

Alma gêmea: como os casais se conheciam em 1980 e como se conhecem agora

Publicado

em

O advento na internet nos anos 1980 e 1990 foi um ponto de virada para muitos aspectos do cotidiano, desde fazer as compras até enviar correspondências. Mas um dos pontos mais afetados pelo meio online, como mostra um estudo da Universidade de Stanford, nos Estados Unidos, foi a procura por uma alma gêmea.

Leia também: Eles têm mais de 40 e contam como acharam o amor em um site de relacionamento

Mão masculina e mão feminina trocando flores através da tela de dois tablets arrow-options
shutterstock
Desde os anos 1980, aqueles que encontram sua alma gêmea na internet se tornaram a maioria dentre os casais

De acordo com o estudo, que coletou dados de mais de 3 mil americanos e foi realizado pelos pesquisadores Michael Rosenfeld e Sonia Hausen, da Universidade de Stanford, e Reuben J. Thomas, da Universidade do Novo México, também nos Estados Unidos, o número de cônjuges que se conheceram graças à internet alcançou 39% do total em 2017.

O número de pessoas que encontra sua alma gêmea na internet continua aproximadamente o mesmo dois anos depois, segundo  gráfico publicado no Twitter por Derek Thompson, do jornal americano The Atlantic .

No entanto, o mesmo não pode ser dito para os outros modos de conhecer o seu companheiro. Segundo nota da pesquisa divulgada pelos autores do estudo, o intermédio de amigos e familiares teve uma redução drástica de papel na união de casais .

O primeiro grupo teve a participação reduzida em 14%. Já o segundo, em 2019, viu seu papel de casamenteiro ser cumprido em apenas 7% dos casos. No infográfico abaixo, você pode ver os meios que mais cresceram ou diminuíram de importância quando o assunto é encontrar o par perfeito .

Quanto ao número de pessoas que encontraram seus cônjuges em bares ou restaurantes, os autores do estudo observam que o aumento visto ao longo da década atual é reflexo do número de casais que se encontra pela primeira vez nesses locais, após já terem se conhecido online.

Leia mais:  Muito amor! Menino leva pintinho ferido ao hospital e é recompensado

Caso contrário, de acordo com a nota de pesquisa divulgada por eles, essa categoria também apresentaria um declínio na sua função de unir os pombinhos.

Leia também: 4 atitudes que podem acabar com qualquer relacionamento

Outros meios de encontrar a alma gêmea que perderam espaço

Rapaz se apresentando a duas moças em um café arrow-options
shutterstock
Outras formas de conhecer o cônjuge, como através dos amigos ou da família, apresentaram quedas drásticas

Outros meios que já desempenharam um papel razoavelmente importante na formação do par perfeito, mas que perderam espaço para os meios online  foram a vizinhança, a igreja, a escola e a faculdade.

A participação de todos, que ficava entre 7% e 14% nos anos 1980, caiu para entre 4% e 5% em 2019, segundo o gráfico publicado por Derek Thompson.

De acordo com os autores do estudo na nota de pesquisa, esse declínio nas formas tradicionais de se conhecer um cônjuge expõe um processo de “desintermedialização”. Isso significa que a tecnologia tem substituído a antiga necessidade de um terceiro que fizesse a ponte entre uma pessoa e outra. No caso específico da família, os autores observam que a maior independência dos jovens e um aumento na idade média para o primeiro casamento são os responsáveis pelo declínio.

Leia também: Aplicativos de namoro: 10 dicas para evoluir a relação online

Contudo, mesmo que a tarefa de ajudar alguém a encontrar sua alma gêmea se torne menor para os amigos e familiares no futuro, eles continuarão a ser parte crucial da vida social das pessoas, seja para sair nos finais de semana, seja para dar apoio emocional quando um relacionamento não der certo.

Fonte: IG Delas
Comentários do Facebook
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie
Polícia Federal17 minutos atrás

PF combate concussão e lavagem de dinheiro em Vila Velha/ES

Vila Velha/ES – A Polícia Federal deflagrou nesta sexta-feira (19/7) a Operação Endosso, com o objetivo de desarticular suposto esquema...

Polícia Federal17 minutos atrás

Operação Vertex combate crimes de corrupção passiva, lavagem de capitais e organização criminosa

Manaus/AM – A Polícia Federal (PF) deflagrou na manhã de hoje (19/7) a Operação Vertex, uma nova fase da Operação...

Nacional1 hora atrás

ASSALTO A BANCO: Bandidos morrem em confronto com a polícia no Sul da Bahia

Vários suspeitos de terem participado das explosões contra um caixa eletrônico do Bradesco e da agência dos Correios de Jucuruçu,...

Agricultura1 hora atrás

Recadastramento de pescadores deve começar em cerca de 30 dias

O novo Registro Geral de Pesca (RGP) está pronto, anunciou nesta sexta-feira (19) o secretário de Aquicultura e Pesca do...

Economia1 hora atrás

Ministro da Infraestrutura recebe caminhoneiros na semana que vem

arrow-options Agência Brasil/Wilson Dias Ministro da Infraestrutura, Tarcísio de Freitas se encontrará com caminhoneiros na próxima semana para falar sobre...

Economia1 hora atrás

Economia já propôs fim da multa de 40% do FGTS a Bolsonaro

arrow-options Antonio Cruz/Agência Brasil  Após participar de um evento da igreja Sara Nossa Terra, presidente Jair Bolsonaro comentou sobre a...

Economia1 hora atrás

Contrata-se: quais setores estão gerando empregos no Brasil

arrow-options MARCO ANKOSQUI/Isto É DESENVOLVEDOR DE MOBILE Caio Granda, contratado pela Alt.Bank: “Me sinto privilegiado por ter sido empregado em uma...

São Mateus

Regional

Estadual

Nacional

Policial

Mais Lidas da Semana