conecte-se conosco


Economia

Avianca Brasil é suspensa de associação global de aéreas por inadimplência

Publicado

em


Avião da Avianca
Divulgação/Avianca Brasil
Avianca Brasil foi suspensa da Iaca, associação global de empresas aéreas, por conta da inadimplência

A Iata, associação internacional das companhias aéreas, suspendeu a Avianca Brasil do chamado BSP (Bank Settlement Plan, em inglês), uma espécie de câmara de liquidação de pagamentos entre companhias aéreas em todo o mundo. Trata-se de mais uma turbulência enfrentada pela empresa, que passa por processo de recuperação judicial desde dezembro de 2018 e tem futuro indefinido.

Leia também: Embraer pretende concluir parceria com a Boeing até o fim do ano

Na prática, a medida da associação impede a empresa de vender passagens de outras aéreas para destinos onde não opera. Com isso, é inviabilizada a venda de pacotes aéreos misturando voos da Avianca
Brasil e de outras companhias aéreas, sendo estas brasileiras ou estrangeiras.

A suspensão da  Iata
exclui, ainda, os voos da Avianca Brasil
dos sistemas de venda de passagens aéreas de companhias aéreas parceiras. É o que permite o chamado compartilhamento de voos (ou code sharing, no jargão do setor). Ou seja, as rotas operadas pela Avianca não serão mais exibidas aos passageiros em busca de opções na hora de viajar.

Em comunicado, a associação justifica a medida após a “não liquidação de valores pendentes” da Avianca Brasil com demais companhias aéreas. O valor dos débitos, contudo, não foi especificado. De acordo com a nota da Iata, o BSP opera em 180 países e territórios. O sistema atende a mais de 370 companhias aéreas participantes. Em 2017, foram processados US$ 236,3 bilhões (aproximadamente R$ 1 trilhão).

Leia também: Justiça dá 48h para Avianca avaliar nova proposta da Azul

Para um ex-funcionário da Avianca Brasil, ouvido sob sigilo pelo jornal O Globo
, trata-se de uma decisão “muito grave” para a companhia aérea, já que a suspensão pela Iata causa muita perda de credibilidade entre as pares e normalmente leva à expulsão também das alianças globais de companhias aéreas criadas para compartilhar passageiros e infraestrutura ao redor do planeta. A Avianca
Brasil faz parte de uma delas, a Star Alliance, desde 2010. Na visão desse ex-funcionário, as demais integrantes da Star Alliance, com a americana United, devem forçar a saída da empresa brasileira da aliança.

Leia mais:  Via Veneto e fabricante da Coca-Cola entram na ‘lista suja’ do trabalho escravo

Fonte: IG Economia
Comentários do Facebook
publicidade

Economia

Aprovar nova CPMF está ‘próximo do impossível’, diz Rodrigo Maia

Publicado

em

source
Plenario da Camara dos deputados arrow-options
Pablo Valadares/Câmara dos Deputados – 14.8.19
Rodrigo Maia considera a aprovação de uma nova CPMF na Câmara dos Deputados “próximo do impossível”

O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), vê como pouco provável a aprovação da criação deum imposto sobre movimentações financeiras  pela Casa.

Um novo tributo, aos moldes do que foi a extinta CPMF, é um dos projetos da equipe econômica para substituição da arredação sobre a folha de pagamentos .

“Eu acho que a (nova) CPMF não é um imposto que seja bem-vindo, mas vamos debater. Só que aprovar eu acho que é próximo do impossível”, disse após participar de evento do Movimento Brasil Competitivo.

Governo recua e planeja testes de seis meses a um ano para implantar ‘nova CPMF’

Sobre o projeto de privatizações apresentado na quarta-feira pela equipe econômica, Maia afirmou que não falará sobre suposições e apenas sobre os temas discutidos com ele. No entanto, acrescentou que não vê como adequado falar da privatização da Petrobras neste momento.

“Ninguém falou comigo de Petrobras. Não parece esse (venda de fatia da União) para uma empresa de capital aberto. Isso não foi informado ao mercado, à sociedade”, disse sobre os riscos desse tipo de informação causar variação no papel.

Salário de servidores públicos não pode ser reduzido para maioria do STF

Maia afirmou que ontem conversou com o governo sobre a venda da Eletrobras , que o processo de reorganização já foi informado ao mercado e está em curso desde 2016.

Segundo ele, o governo defende que essa privatização é necessária porque a empresa perdeu a capacidade de investir. É preciso aprovação dos parlamentares para a venda de empresas estatais federais.

Leia mais:  Via Veneto e fabricante da Coca-Cola entram na ‘lista suja’ do trabalho escravo

“A Eletrobras precisa de R$ 16 bilhões de investimento ao ano e só investe R$ 3 bilhões. Sendo verdade, vamos mostrar aos deputados que a privatização vai gerar recursos no curto prazo”, afirmou Maia.

O presidente da Câmara afirmou ainda que no processo de privatização da Eletrobras, também chamará representante dos trabalhadores , que contestam a informação de falta de capacidade de investimento da empresa. 

Fonte: IG Economia
Comentários do Facebook
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie
Variedades9 minutos atrás

FA 1113 / 24 DE AGOSTO DE 2019

Comentários do Facebook Leia mais:  Dia dos pais deve movimentar quase R$ 14 bilhões no varejo, projeta CNDL/SPC

Entretenimento2 horas atrás

Modelo leva fãs à loucura com tamanho do bumbum. Veja fotos

Aos 24 anos, a jovem possui mais de 10 milhões de seguidores nas redes sociais e atualiza seu perfil com...

Mundo2 horas atrás

Acre decreta emergência por causa de seca e incêndios florestais

arrow-options Comunidade Huwã Karu Yuxibu Comunidade Huwã Karu Yuxibu foi uma das atingidas pelas queimadas no Acre A escassez de...

Mundo2 horas atrás

Acompanhe ao vivo os protestos em defesa da Amazônia que acontecem pelo Brasil

Yago Sales / iG Manifestantes se reúnem em São Paulo em defesa da Amazônia Manifestantes em defesa da Amazônia se...

Mundo2 horas atrás

Criminalidade em São Paulo apresenta queda em julho

arrow-options Divulgação/PM A criminalidade em São paulo apresentou queda durante o mês de julho. Os principais indicadores de criminalidade do...

Mundo2 horas atrás

Manifestações pela Amazônia devem acontecer em mais de 70 cidades pelo Brasil

arrow-options Fotos Públicas Efeitos das queimadas na Amazônia são sentidos em diversas partes do País Mais de 70 cidades e...

Estadual2 horas atrás

Homem não aceita fim de relacionamento e agride ex com pé de cabra no ES

A ferramenta utilizada pelo agressor foi recolhida e será entregue ao Plantão da Mulher, em Vitória Uma mulher foi agredida...

São Mateus

Regional

Estadual

Nacional

Policial

Mais Lidas da Semana