conecte-se conosco



Mulher

Auxiliar escolar deita no chão para acalmar aluna com autismo e comove web

Publicado

em

A pequena Kenlee Belew-Shaw, de 10 anos, é uma das alunas da escola Melba Passamore, que fica no Texas, nos Estados Unidos. As pausas para recreio são particularmente difíceis para ela por conta do autismo, que a torna mais sensível ao barulho.

auxiliar escolar deita no chão para acalmar menina com autismo
Reprodução/Facebook/Hollie Bellew-Shaw

Hollie Bellew-Shaw, mãe de Kenlee, compartilhou a atitude da auxiliar: “Escolas têm sorte de terem anjos”

Durante um café da manhã na escola, a agitação foi maior do que a menina conseguia suportar e, ao invés de descansar a cabeça na mesa – como sempre fazia para se acalmar, ela subiu em um palco que havia no local com seu cobertor, deixou-o no chão e começou a chorar.

Ao ver a situação, Esther McCool, auxiliar escolar da Melba Passamore, se comoveu e não pensou duas vezes em ajudar a criança com autismo . Esther deitou ao lado de Kenlee e passou a consolar a menina com abraços e palavras de conforto.

O momento foi registrado por uma das funcionárias da instituição e Hollie Bellew-Shaw, mãe de Kenlee, compartilhou em sua página no Facebook. “As escolas têm muita sorte de terem anjos em seus campus. Sintam-se à vontade para compartilhar para que a Esther receba todo o carinho e apoio que merece”, conta a mãe na publicação.

O Distrito Escolar de Alvin, no Texas, também divulgou a imagem: “Isso mostra que uma palavra amável, um abraço e um pouco de compaixão são suficientes para fazer uma enorme diferença na vida de uma criança” diz o texto.

Bondade e compreensão

Os internautas elogiaram a atitude de Esther nos comentários. “Isso aquece meu coração! Espero que a Esther perceba o quanto suas ações significam para aquela menininha. Ela sempre se lembrará de sua bondade e compreensão”, escreve uma.

“Um pouco de bondade ensina as crianças que o mundo nem sempre é assustador. Deus abençoe esta doce senhora. A escola é, provavelmente, um bom lugar ou ela não sentiria que poderia fazer isso. Parabéns a toda a escola, especialmente à administração”, pontua outra.

Em entrevista ao Today Parents , a diretora da escola, Natalie Hoskins, destaca que feito de Esther é “uma pequena amostra” de quem ela é. “No ano passado, tivemos um garoto que não tinha família em nenhuma festa, então ela veio e foi a família desse estudante”, revela a diretora. “Ela dá os melhores abraços. Tudo o que ela quer fazer é ajudar”, complementa.

A auxiliar escolar tem como língua nativa o espanhol e admite que ainda não fala inglês fluentemente. Ela diz estar até envergonhada com toda a repercussão da história. “Eu cuido das crianças e me certifico de que estão bem”, declara. “Senti que havia algo errado e fui fazê-la se sentir melhor”, comenta Esther McCool sobre ajudar a menina com autismo .

Ela faz questão de enfatizar que o idioma diferente não é um empecilho para se comunicar com as crianças na escola. “O coração não tem um idioma”, diz a auxiliar ao site.

Comentários do Facebook

Mulher

Mariana Weickert desabafa sobre gravidez: “Medo, muito medo”

Publicado

em


source

Mariana Weickert , 38 anos, fez uma publicação no Instagram desabafando sobre sua experiência com a gestação. Mãe de Theresa , um ano, a modelo conta que já está passando pela quarta gravidez. “A gravidez é um momento tão particular, tão íntimo, tão divino que é até difícil explicar. Acho que posso falar com propriedade: essa é a minha quarta gravidez, mas em outro momento e quando me sentir mais confortável, falo melhor sobre isso!”, começa. 

Mariana Weickert
Reprodução/Instagram

Mariana Weickert está grávida do segundo filho

Leia também:

Ela segue relatando a ” montanha russa de sensações ” e dificuldades do período. “Brinco, mas falando sério, que na gravidez acabo perdendo parte da minha dignidade.  É um xixizinho que escapa numa risada espontânea, espirro então é fatal (!!!). A tentativa de cortar a unha do pé sozinha sem sucesso, é sentar no chão pra brincar com a minha filha e sem uma mão firme pra me ajudar a levantar, simplesmente não rola, fico largada ali no chão para todo o sempre”, diz. 

“E depilar sozinha então?! Nem se fala, onde sempre tive “alta visibilidade”, hoje tem uma senhora barriga pra impedir a vista e meus movimentos. Pois é, a tal dignidade.. Tudo tão diferente de mim que (acho) que posso tudo sozinha!”, continua. 

A modelo também fala sobre as dificuldades que a quarentena impõe à gestação, a fazendo refletir sobre diversas questões enquanto gera uma vida. “Hora me vejo a fortaleza mais impenetrável do planeta, hora o ser mais frágil e vulnerável do mundo. A mulher mais segura e certa de tudo que a cerca e hora uma menininha coitadinha amedrontada e cheia de incertezas”.

Já na 36ª semana de gestação , Mariana continua a reflexão: “Medo, muito medo. Insegurança, muita insegurança. Cansaço, muito cansaço. Será que vou dar conta? E a tal pandemia? O que muda? TUDO MUDA”. 

Veja a publicação completa:

Ver essa foto no Instagram

À quem interessar: A gravidez é um momento tão partícular, tão íntimo, tão divino que é até difícil explicar. Acho que posso falar com propriedade: essa é a minha quarta gravidez, mas em outro momento e quando me sentir mais confortável, falo melhor sobre isso! Enquanto grávida, sinto uma montanha russa de sensações: muito louco mesmo! Brinco, mas falando sério, que na gravidez acabo perdendo parte da minha dignidade (alô grávidas de plantão: tamo junto!). É um xixizinho que escapa numa risada espontânea, espirro então é fatal (!!!). A tentativa de cortar a unha do pé sozinha sem sucesso, é sentar no chão pra brincar com a minha filha e sem uma mão firme pra me ajudar a levantar, simplesmente não rola, fico largada ali no chão para todo o sempre. E depilar sozinha então?! Nem se fala, onde sempre tive “alta visibilidade”, hoje tem uma senhora barriga pra impedir a vista e meus movimentos. Pois é, a tal dignidade.. Tudo tão diferente de mim que (acho) que posso tudo sozinha! Afinal de contas, sou uma super mulher, to gerando uma vida dentro de mim, me respeita! Mas aí vem essa quarentena e escancara toda essa dependência além de milhões de reflexões necessárias na nossa cara. Tentar descrever esse meu estágio? Dificílimo, vou começar soletrando simplesmente a palavra G-R-A-V-I-D-E-Z e ponto. Hora me vejo a fortaleza mais impenetrável do planeta, hora o ser mais frágil e vulnerável do mundo. A mulher mais segura e certa de tudo que a cerca e hora uma menininha coitadinha amedrontada e cheia de incertezas. Medo, muito medo. Insegurança, muita insegurança. Cansaço, muito cansaço. Será que vou dar conta? E a tal pandemia? O que muda? TUDO MUDA. Ainda não temos estudos e dados suficientes pra assegurar a saúde ou a impermanência de alguma sequela no bebê. Isso parte meu coração e me APAVORA. As vezes, acho que estou exagerando e piro ainda mais me forçando a acalmar. Nada mais legítimo que a piração de uma grávida, confiem! Queria tanto poder ter a minha família e meus amigos mais perto nesse momento. Claro que to frágil, poxa, to grávida! Claro que to forte, poxa, to grávida! E sigo.. (finalzinho tá ali nos comentários ??)

Uma publicação compartilhada por Mariana Weickert ?️➕ (@mariweickert) em 5 de Jun, 2020 às 3:59 PDT

A modelo ainda finalizou o desabafo sobre a gravidez no comentário da publicação: ” Grávidas na quarentena , tamo junto, mana! Deixo aqui meus beijos mais carinhosos e meus abraços mais apertados. Sigamos firmes e confiantes que tudo vai dar certo”.

Fonte: IG Mulher

Comentários do Facebook
Continue lendo
Nacional13 minutos atrás

Mãe se revolta e esfaqueia órgão genital de suspeito de estupro

  Mulher afirmou que foi até a casa do suspeito e o esfaqueou após descobrir que a filha havia sido...

Nacional19 minutos atrás

São Paulo dobrou número de leitos de UTI desde o início da pandemia, diz governo

Reprodução Twitter Respiradores são fundamentais para a habilitação de novos leitos de UTI O Governador João Doria confirmou nesta sexta-feira...

Internacional24 minutos atrás

Presidente minimiza aumento de feminicídios no México

Agência Brasil Desde o início do ano, 987 mulheres foram assassinadas, mas pouco mais de 300 dos casos são considerados...

Policial29 minutos atrás

Equipe da Cioc apreende entorpecente na Serra

. Na manhã de quinta-feira (04), as equipes da Companhia Independente de Operações com Cães (Cioc) que realizavam patrulhamento tático...

Policial34 minutos atrás

PRF recupera veículo roubado há quatro meses em São Paulo

. O veículo recuperado pela PRF  havia sido roubado em fevererio deste ano, na cidade de Santo André, em São...

Tecnologia49 minutos atrás

Instagram testa novo feed e usuários reclamam; confira

Unsplash/NeONBRAND Instagram testa novo feed O Instagram é uma das redes sociais mais usadas na atualidade e, como todas as...

Esportes54 minutos atrás

Fred chega ao Fluminense, após percorrer 600 km pedalando desde MG

  . O Fred chegou. Depois de pedalar 600 quilômetros entre Belo Horizonte(MG) e a cidade do Rio de Janeiro, o...

São Mateus

Regional

Estadual

Nacional

Policial

ENTRETENIMENTO

POLÍTICA

Esportes

Mais Lidas da Semana

error: O conteúdo está protegido !!