conecte-se conosco


Estadual

Autismo: ausência de políticas públicas pauta sessão especial

Publicado

em

Na primeira reunião da Frente Parlamentar em Defesa da Qualidade de Vida da Pessoa com Transtorno do Espectro Autista (TEA), promovida nesta sexta-feira (18), as dificuldades enfrentadas por esse grupo pautaram o debate. Pais, profissionais e representantes de entidades na área criticaram a falta de apoio governamental e a ausência de políticas públicas.

Confira mais fotos da sessão especial

O proponente da sessão especial de abertura, Torino Marques (PSL), reconheceu sua responsabilidade com o tema enquanto deputado e destacou o papel de instituições que realizam “corajosamente um grande trabalho” na área, sem o apoio público. Segundo ele, o número de autistas está aumentando, mas o Estado não tem dado conta de atendê-los. “Estamos aqui para cobrar do Estado com certeza”, salientou.

Em um tom de desabafo, a presidente de honra da Associação dos Amigos dos Autistas do Espírito Santo, Pollyana Paraguassú, criticou a falta de políticas públicas e explicou que a entidade desempenha uma função que deveria ser cumprida pelo Poder Público. “A política que tem sido feita até agora é política de governo (…). Precisamos construir uma política de Estado”, avaliou.

Outra dificuldade que relatou é o acesso aos recursos públicos. Muitas vezes o dinheiro está autorizado, mas a liberação é difícil. “A nossa luta tem sido de uma forma muito cansada. É correr atrás, ficar com o ‘pires na mão’, pedido pelo amor de Deus para liberação de recursos que já estão na conta para serem depositados”.

A neuropsicóloga do Centro de Tratamento de Autismo (CTA) da Apae de Colatina, Laia Evangelista, falou sobre o atendimento de referência feito no local, que adota o modelo generalista de intervenção que promove a interação de pais, cuidadores e professores. No entanto, ressaltou que “existem pedras gigantescas no caminho”.

Leia mais:  Operação contra o tráfico de drogas prende 23 pessoas

“Sem políticas públicas não temos condições de seguir em frente”, projetou. Conforme disse, profissionais da rede regular da educação não estão preparados para lidar com o autista. Sobre isso, disse que é preciso caminhar rumo à inclusão com responsabilidade, “não adianta pegarmos nossos queridos alunos e simplesmente jogar dentro das escolas regulares”. Para superar esse problema, a saída seria a capacitação dos docentes.

Na área da saúde falou sobre o diagnóstico tardio em uma condição que a capacidade cerebral não pode esperar. “Ninguém vai devolver o tempo que passou”, pontou. “Temos que fazer algum projeto para inserir em Apaes, na Amaes, a intervenção precoce, porque nessa fase de 9 meses a 1 ano e 6 meses as coisas podem acontecer de uma forma mágica. A pessoa que tem autismo pode adquirir habilidade que ela nasceu sem”, informou.

Conforme disse, baseada em dados divulgados pelo governo dos Estados Unidos, a incidência de autismo em 2018 era de um caso para cada 59 nascimentos. “O número anterior era de uma para 68. Nós obtivemos aumento de 15%”.

Ex-diretora da Amaes por cinco anos, Grazielle Malacarne, mãe de autista, foi uma das que ajudaram a aprovar a Lei Berenice Piana (Lei Federal 12.764/12). Embora a legislação garanta uma série de direitos para esse público-alvo, Gazielle pediu ajuda aos deputados para que a lei saia do papel. “Se hoje em dia temos uma lei, estou aqui para pedir encarecidamente a vocês deputados que ajudem”.

Sobre políticas públicas, cobrou uma que abrangesse também pessoas autistas com mais de 17 anos, idade a partir da qual ficam desamparados sem rede de cuidados e capacitação.

Primeiro servidor da Assembleia Legislativa (Ales) com autismo, Rodrigo Nunes, 29 anos, relatou a dificuldade que enfrentou na época do ensino fundamental e médio, quando passou por 11 escolas diferentes e, mesmo sem desistir seguiu em frente. Atualmente no curso de Direito, deixou um recado. “Hoje estamos dando mais um passo para que nenhuma criança autista precise passar pelas mesmas dificuldades que passei”.

Leia mais:  Interior ganha reforma de 170 km de pontes e rodovias

Também participaram do evento o deputado Doutor Hércules (MDB), o presidente do conselho deliberativo do Sebrae-ES, Carlos Manato, o presidente da Apae de Colatina, Eval Galazi, o presidente da Apae da Serra, Luciano Ferreira, o vereador Fabão da Habitação (PSD), da Serra, o neuropediatra Marcos Antônio Barcellos e o secretário da Comissão da Pessoa com Deficiência da OAB-ES, Daniel Resende.

Comentários do Facebook
publicidade

Estadual

Espírito Santo sedia Feira Nacional de Agroturismo

Publicado

em

Os estados do Maranhão, Rio Grande do Norte, Pará, Alagoas e a Prefeitura de Quissamã, no Rio de Janeiro, têm presença confirmada na maior festa do agroturismo do Brasil, a 15ª Feira Nacional do Agroturismo Rural, a RuralTur que acontece entre os dias 20 e 24 de novembro, em Venda Nova do Imigrante. A feira é o principal evento deste segmento e pela primeira vez acontece no Espírito Santo. A organização é do Convention Montanhas e Agrotures, com correalização da Secretaria de Turismo (Setur) e do Sebrae.

“A realização deste evento em terras capixabas é de muita importância para o turismo, para desenvolvimento e economia de nosso Estado”, comentou o secretário de Turismo Dorval Uliana, enfatizando os inúmeros casos de sucesso não só na região das montanhas como de outras partes do Estado.

O secretário explicou ainda que a feira contará com a representação das dez regiões turísticas do Espírito Santo como também importantes presenças de vários estados brasileiros. “Isto é muito valioso para todos. Esta troca de conhecimento, a exposição, a comercialização dos produtos, as visitas às propriedades, incentiva, fomenta e gera renda para todo o segmento. É uma grande oportunidade de mostrarmos toda nossa potencialidade, nossos diferencias, nosso socol, o café capixaba, além de darmos protagonismos a estas famílias que fazem este segmento evoluir sempre”, disse.

O secretário de Agricultura, Paulo Foletto, destacou que o agroturismo é atualmente uma das fontes de renda de muitas famílias do Estado. “Algumas propriedades diversificam os negócios. Além de plantar, colher e comercializar os produtos, elas ainda trabalham com hospedagem e fomentam o turismo na sua região. A RuralTur é uma grande oportunidade para os empreendedores do campo se especializarem e adquirem novas experiências de mercado”, explicou.

Foletto ressaltou também os programas de infraestrutura da Secretaria da Agricultura, Abastecimento, Aquicultura e Pesca (Seag). “Nós já investimos em 2019 quase R$ 7 milhões em calçamento rural e R$ 5 milhões em pontes rurais”. São obras que beneficiam os distritos rurais das cidades, melhorando a acessibilidade de moradores e turistas”.

Programação

Os visitantes terão acesso a uma intensa programação. Além da feira de negócios com comercialização de produtos da agroindústria, artesanato e gastronomia, o evento conta também com seminário e visitas técnicas às propriedades rurais.

No seminário, que acontece paralelamente ao evento, os participantes terão oportunidade de conhecer um pouco do Caminhos do Frio – Evento Cultural Itinerante no Brejo Paraibano como também a experiência do Vale dos Vinhedos, no Rio Grande do Sul, entre outros assuntos. As palestras são gratuitas e serão realizadas no Instituto Federal do Espírito Santo (Ifes), Campus de Venda Nova do imigrante. O link para inscrição está disponível no site do evento.

Nas visitas técnicas a propriedades da região, sete os roteiros foram traçados. Os participantes terão oportunidade de conhecer as famílias, a rotina das propriedades, bem como adquirir produtos locais.  As inscrições devem ser feitas até o dia 17 de novembro e o valor de cada roteiro é de R$ 40,00.

Comentários do Facebook
Leia mais:  Estado fará concurso para Polícia Militar, Polícia Civil e Bombeiros
Continue lendo
Nacional16 minutos atrás

Jatinho cai próximo a pista de pouso de hotel de luxo na Bahia

Segundo relato de testemunhas nas redes sociais, a aeronave, um Cesna Citation 550 de Prefixo PT-LTJ, explodiu após a queda...

Nacional17 minutos atrás

Na contramão e em alta velocidade, homem atropela motociclista e foge; assista

arrow-options Reprodução Nas imagens, é possível ver o momento em que carro atinge o motociclista e foge sem prestar socorro...

Nacional17 minutos atrás

Evangélicos fazem convenção em defesa de valores cristãos

arrow-options Reprodução/Facebook Fenasp Nacional Encontro do Fenasp em 2018 Lideranças evangélicas de todo o Brasil vão se reunir em São...

Nacional17 minutos atrás

Aumento de mortalidade no país está diretamente ligado a corte de verbas no SUS

Quando as bases do Sistema Único de Saúde (SUS) foram lançadas, em 1986, na 8a Conferência Nacional de Saúde, o...

Nacional17 minutos atrás

Witzel diz que violência no Rio está no patamar de ‘Nova York, Paris e Madrid’

arrow-options Reprodução/TV Globo Governador falou sobre a segurança do Rio e comparou com outros países. Wilson Witzel afirmou que a...

Carros e Motos17 minutos atrás

VW Gol GTI da segunda geração trouxe novo estilo e sofisticação nos anos 90

arrow-options Renato Bellote/iG VW Gol GTI da segunda geração mostrou estilo mais moderno e novo recursos em meados dos anos...

Entretenimento26 minutos atrás

Geisy Arruda é chamada de prostituta e responde quando que cobrava por sexo

Famosa usou rede social para rebater seguidora Geisy Arruda mostrou que não tem papas na língua mesmo e soltou o verbo...

São Mateus

Regional

Estadual

Nacional

Policial

Mais Lidas da Semana