conecte-se conosco


Carros e Motos

Até onde vai a onda dos SUVs?

Publicado

em

Chevrolet Tracker cinza
Divulgação
Chevrolet Tracker vai chegar ao Brasil no ano que vem como um dos próximos lançamentos do segmento

Até quem não liga muito para carro deve ter se perguntado: “Meu Deus, quando é que vão parar de lançar tantos SUVs?” Logo de cara, para despero de muitos, a resposta é: vai demorar. Porém, vamos por partes. Não é à toa que os utilitários esportivos invadiram as ruas e lojas do mundo todo, inclusive no Brasil, onde esse segmento representa por 25% do mercado de automóveis e comerciais leves de acordo com o balanço da Fenabrave (Federacão dos Distriubuidores de Veículos).

LEIA MAIS: Vêm aí uma nova leva de SUVs no mercado, mas com jeito de cupê esportivo

Entre os modelos fabricados no Brasil, o primeiro SUV compacto foi o Ford EcoSport, lançado em 2003. E demorou para os concorrentes aparecerem. O Renault Duster chegou ao Brasil em 2010, o Chevrolet Tracker veio importado, apenas em 2013 e os campeões de vendas Jeep Renegade, Hyundai Creta e Honda HR-V são bem mais recentes, os dois primeiros em 2016 e o outro, um ano antes. De antemão, saibam, vem muito mais SUVs por aí.

Apenas agora, com o T-Cross é que a Volkswagen começou a brigar com mais força entre os SUVs. Portanto, prepara mais lançamentos. Um deles será o Tarek, modelo médio que vai brigar com Jeep Compass e companhia, a partir de 2020, vindo da Argentina. Haverá também o chamado SUV do Polo, que vai se chamar S-Cross e terá ares de cupê, assim como, pelo menos, outros dois rivais que estão para chegar, o Renault Arkana e o Fiat Fastback, que chegam entre 2020 e 2021. 

Leia mais:  Veja 5 carros que existem nos sites das marcas, mas são (bem) difíceis de achar

LEIA MAIS: Crossover SUV cupê seria o sucessor dos sedãs num futuro próximo?

Das fabricantes instaladas no Brasil, todas terão novidades em breve. Isso inclui Chevrolet (novo Tracker), Ford ( Escape), Peugeot (novo 2008, vindo da Argentina), Citroen (C5 Aircross, que deve vir importado), Kia (Seltos), Mercedes (GLB, entre outros), Audi (e-tron, elétrico), BMW (X1 renovado), Land Rover (novo Defender), Porsche (Cayenne Coupé), apenas para citar alguns. Todos esses carros têm uma imagem ligada à liberdade, ao estilo aventureiro e descolado, a aura dos SUVs.

Peugeot, SUV, laranja
Divulgação
Peugeot 2008 da nova geração também deverá fazer parte da nova leva de SUVs que vai ser lançada no Brasil em breve

 Em tempos em que as fabricantes estão sendo obrigadas a mudar seus modelos de negócio tendo em vista a nova era da mobilidade e todas as reviravoltas nos paradigmas que apontam o futuro (carros elétricos, híbridos, autônomos, compartilhados), a palavra de ordem é sobrevivência. Além disso, o lucro nunca foi tão difícil não apenas de ser atingido, mas também  guardado para sustentar todos os investimentos necessários para os próximos anos.

 LEIA MAIS:  Porsche Cayenne ganha versão SUV-cupê para concorrer com BMW X6

Pois bem, caro leitor. Advinha se os SUVs estão entre os tipos de carros que dão mais lucro às fabricantes?  Então, está aí um forte motivo para que os lançamentos de SUVs continue por um bom tempo. Depois dos SUVs compactos, médios e grandes virão os que terão jeito de cupê e ainda os subcompactos.  O fim da linha dos SUVs vai começar a aparecer apenas quando as exigências por emissões zero, baixo consumo de energia e de falta de espaço se tornarem extremas. 

Leia mais:  Carrovoador da Boeing faz primeiros testes nos Estados Unidos. Veja vídeo
Land Rover no túnel de vento
Divulgação
Aerodinâmica em tempos de carros elétricos, autônomos, compactos e compartilhados é uma limitação dos SUVs

Haverá também uma questão de modismo. Vai chegar uma hora que as novas gerações vão ter uma certa repulsa pelos SUVs, que ficarão conhecidos como os carros dos tempos dos pais e avós. Essa juventude vai querer algo diferente. No Japão, por exemplo, a Toyota apresentou recentemente planos de lançar até modelos elétricos, autônomos e individuais, feitos para percorrer curtas distâncias e com formato de uma bolha ambulante.

 Não apenas por modismo, mas, de eficiência, os SUVs terão menos espaço num futuro um tanto distante. A aerodinâmica é uma questão crítica nos utilitários esportivos , que têm uma área frontal corrigida relativamente grande na comparação com hatches, sedãs, cupês, peruas, entre outros. Isso por causa da altura e do para-brisa sempre pouco inclinado.

LEIA MAIS: Renault Arkana, novo SUV-cupê que virá ao Brasil, é revelado por completo

Então, todos teremos que continuar vendo lançamentos de SUVs variados por alguns bons anos. Até marcas que jamais tiveram um carro desse tipo, terão, como é o caso da Ferrari e da Lotus, dois ícones de esportivos leves, extremamente ágeis e prazerosos de dirigir desde os idos dos anos 50. Novos tempos, sem dúvida. O que diriam Enzo Ferrari e Colin Chapman dessa onda de SUVs que parece não tem fim, hein?

Fonte: IG Carros
Comentários do Facebook
publicidade

Carros e Motos

Chega ao Brasil a Triumph Bonneville T120 Ace, limitada a 1.400 unidades

Publicado

em

Triumph Bonneville arrow-options
Divulgação
Triumph Bonneville T120 Ace: Edição limitada, além da exclusividade, traz o espírito dos áureos tempos do motociclismo

A nova Triumph Bonneville T120 Ace acaba de chegar ao Brasil, por R$ 50.600. O modelo celebra a primeira geração de motos café racers e o Ace Café, de Londres, o lar do motociclismo britânico clássico. Trata-se de uma versão limitada em 1.400 unidades no mundo, cada uma delas com certificação numerada e assinada, mas a marca não divulgou quantas serão destinadas à Zona Franca de Manaus, onde será montada.

LEIA MAIS: Triumph Bonneville T100 Black 2018 chega às lojas por R$ 39.990

A edição especial tem como base a Triumph Bonneville T120 Black, e traz como diferenciais a pintura e grafismos exclusivos, tampas de entrada, logo da marca, assento na cor preta, para-choque traseiro mínimo — com o kit de remoção de acessório homologado pela própria fabricante — e indicadores de LED. Também adotou uma faixa com estilo de corrida em um tom de cinza fosco.

LEIA MAIS: Triumph Scrambler 1200 começa a vender no Brasil por R$ 59.990

Além disso, a identidade exclusiva da Bonneville T120 Ace   é reforçada na frase que está escrita no tanque: “Head Down, Hold on”, algo como “De cabeça baixa, segure firme”. Isso era o lema dos pilotos que disputavam corridas entre um café e outro. Conforme o gosto dos puristas e nostálgicos, traz mostradores duplos no painel de instrumentos. Além disso, vem com menu digital, recurso que abriga dados de condução que podem ser acessados, segundo a marca, com bastante facilidade.

LEIA MAIS: Triumph Bobber chega em edição limitada a 16 unidades, da Garagem Shibuya

Powertrain da T120 Black padrão

Triumph Bonneville arrow-options
Divulgação
Um dos itens mais marcantes da clássica moderna é o ronco borbulhante do motor apelidado de British Twin

Sua parte mecânica não teve mudanças em relação à T120 Black convencional. Segue equipada com o motor dois cilindros de 1.200 cc que rende 80 cv e 10,7 kgfm. A transmissão é de seis marchas e, de série, há controle de tração e dois modos de condução (Rain e Road).

Leia mais:  Ford revela Mustang Shelby GT500 no Salão de Detroit,o mais potente da história

LEIA MAIS: O momento da Triumph Bonneville Bobber

Enquanto isso, suas suspensões são da Kayaba e têm 120 mm de curso na frente e atrás, com ajuste só de pré-carga na traseira. Os freios contam com pinças Nissin e são a disco nas duas rodas, com 310 mm na dianteira e 255 mm atrás. Entretanto, oferece a mais que a versão mais convencional as manoplas aquecidas. Se houver demanda, a fabricante diz que pode trazer mais unidades da Triumph Bonneville T120 Ace de edição especial para o mercado brasileiro.

Fonte: IG Carros
Comentários do Facebook
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie
Entretenimento21 minutos atrás

Ana Maria sobre parceria com Louro José: “O que eu não puder falar, ele fala”

Na última quinta-feira (18)  Ana Maria Braga foi a convidada de Tatá Werneck no programa “Lady Night”, exibido no Multishow...

Esportes22 minutos atrás

Argélia derrota Senegal por 1 a 0 e conquista Copa Africana de Nações

arrow-options AFC/DIVULGAÇÃO Riyad Mahrez, astro da Argélia Com um gol logo no começo da partida, a seleção da Argélia bateu...

Esportes22 minutos atrás

Goleiro Bruno deixa prisão em Varginha e cumprirá regime semiaberto

arrow-options Reprodução/EPTV Goleiro Bruno Após obter o direito à progressão ao regime semiaberto , o goleiro Bruno Fernandes deixou o...

Nacional22 minutos atrás

Bolsonaro em vazamento: “Dos governadores de ‘paraíba’, o pior é o do Maranhão”

arrow-options Marcos Corrêa/PR Bolsonaro chamou Nordeste de “Paraíba” Captada por microfones, uma declaração do presidente Jair Bolsonaro nesta sexta-feira (19) provocou reações...

Nacional22 minutos atrás

Ministro do Turismo tira licença para tratar de “assuntos particulares”

arrow-options Isac Nóbrega/PR – 30.5.19 Ministro do Turismo pediu licença do cargo O ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio — assim como fez...

Versão Impressa44 minutos atrás

FA 1108 / 20 DE JULHO DE 2019

Comentários do Facebook Leia mais:  VW Golf nacional desvaloriza mais do que o importado, aponta estudo

Polícia Federal1 hora atrás

PF combate concussão e lavagem de dinheiro em Vila Velha/ES

Vila Velha/ES – A Polícia Federal deflagrou nesta sexta-feira (19/7) a Operação Endosso, com o objetivo de desarticular suposto esquema...

São Mateus

Regional

Estadual

Nacional

Policial

Mais Lidas da Semana