conecte-se conosco


Economia

Até 2022, com automação industrial, 133 mi de novos postos de emprego serão criados no mundo

Publicado

em

Os dados são do The Future of Jobs, levantamento publicado pelo Fórum Econômico Mundial e mostra que a realidade do mercado de trabalho já está modificada pela automação industrial

Quase 50% das empresas esperam que a automação leve a alguns redução de sua força de trabalho em tempo integral até 2022. Entretanto, a expectativa para o futuro dos empregos ainda é positiva. A partir de uma nova divisão de trabalho, poderão ser criadas até 2020, 133 milhões de novos postos de trabalho que integram máquinas e humanos. Os dados são do relatório The Future of Jobs, publicado recentemente pelo Fórum Econômico Mundial.

A chamada quarta revolução industrial ocupou o centro do palco da reunião anual do Fórum Econômico Mundial, que aconteceu em Davos, a Suíça. O termo é usado por especialistas para referência a chegada de novas tecnologias, como inteligência artificial, automação industrial e a impressão 3D, entre outras. A questão é que a chegada desta onda está mudando a forma como as nações vivem e trabalham.

Seguindo a linha otimista para a chegada da tecnologia, o levantamento aponta que 38% das empresas pesquisadas esperam estender sua força de trabalho à novas melhorias de produtividade e funções, e mais de um quarto espera que a automação leve à criação de novos papéis em sua empresa. De acordo com o especialista em automação industrial, Marcelo Miranda, o mercado global precisa acompanhar o ritmo das mudanças.

“Empresas, governos e organizações estão lutando para seguir o passo acelerado da implementação tecnológica da indústria 4.0 e não deixar que o Brasil fique para trás nessa revolução, que é a primeira do mundo globalizado. Ao passo que a inteligência artificial irá eliminar alguns empregos, uma nova demanda por novas habilidades humanas está surgindo”, analisa o CEO da Accede Automação Industrial, com sede no estado de São Paulo, reconhecido como o maior polo econômico e industrial do Hemisfério Sul e o maior centro de negócios da América Latina.

Leia mais:  Flávio Bolsonaro diz que Senado deve debater inclusão de estados e municípios

Cerca de metade dos principais empregos atuais – a maior parte do emprego em todos os setores – permanecem estáveis ​​no período até 2022. Entretanto, o relatório apontou ainda que, de fato, alguns postos de trabalho serão extintos com a chegada da automatização: 75 milhões de empregos poderão ser substituídos. A medida que as relações de emprego mudam, esse número faz com que a exigência intelectual para trabalhadores do futuro seja ainda maior.

“É o momento de focar no aumento do valor econômico por meio de novas atividades, melhorar a qualidade do trabalho tradicional. Como? Aumentando as habilidades de seus funcionários, colocando-os como extraordinários, executando tarefas de alto valor agregado, que precisam ser feitas por trabalhadores humanos”, orienta Miranda, que tem experiência de mais de 20 anos no segmento industrial.

4ª REVOLUÇÃO NO BRASIL

No Brasil, a passos tímidos, as empresas têm começado a implementar a 4ª revolução industrial. Atualmente, segundo a Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial (ABDI), que é ligada ao Ministério da Indústria e Comércio (Mdic), menos de 2% das empresas estão inseridas neste conceito global. Entretanto, a expectativa é positiva, em dez anos, 15% das indústrias de todo o território nacional devem atuar no conceito da indústria 4.0.

Fonte: IG Economia
Comentários do Facebook
publicidade

Economia

Anvisa suspende venda de lenços umedecidos por contaminação: veja marcas

Publicado

em

source
lenços umedecidos arrow-options
Divulgação
Lote da marca Huggies Max Clean está entre as suspensas pela Anvisa

Dois lotes das marcas  Huggies Max Clean (219/2019) e  Baby Wipes  (024/2019) de lenços umedecidos, tiveram a comercialização, distribuição e uso  suspensos pela resolução   2.544/2019  da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

O recolhimento dos lotes foi voluntário e realizado pela fabricante dos produtos e detentora das duas marcas, a empresa Kimberly Clark Brasil Indústria e Comércio de Produtos de Higiene Ltda.

Veja também: Ford comunica recall de modelos EcoSport e Ka, informa Procon-SP

O problema foi identificado pelo controle de qualidade da própria empresa, que o comunicou à Anvisa. Comunicada, a agência publicou a resolução na última sexta-feira (13).

A ação foi motivada por contaminação dos lotes referidos pela bactéria  Enterobacter gergoviae . A Resolução 481/99 da Anvisa estabelece parâmetros de controle microbiológico para produtos de higiene pessoal, cosméticos e perfumes.

Empresa se recusa a fazer convite de casamento gay e vence causa na Justiça

Conforme os limites estabelecidos por essa norma, produtos para uso infantil devem ter ausência de coliformes totais ou fecais.

Tim é processada pela Secretaria do Tesouro por vazamento de dados de clientes

Segundo a empresa, a bactéria identificada não oferece riscos para pessoas saudáveis, mas pode causar infecções mais graves em pessoas que estejam com o sistema imunológico debilitado, como recém-nascidos.

Fonte: IG Economia
Comentários do Facebook
Leia mais:  Prejuízo da Embraer sobe 23% no primeiro trimestre e registra R$ 160 milhões
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie
Agricultura14 minutos atrás

ALGODÃO/CEPEA: Exportação elevada enxuga excedente interno e impulsiona valores

Cepea, 18/9/2019 – Os valores internos do algodão em pluma voltaram a registrar ligeiras altas nos últimos dias. Segundo pesquisadores...

Agricultura14 minutos atrás

CAFÉ/CEPEA: Indicador acumula alta de 3,5% na parcial deste mês

Cepea, 18/9/2019 – As cotações do café arábica tiveram forte alta na maior parte dos últimos dias, impulsionadas pelo avanço...

Agricultura14 minutos atrás

ARROZ/CEPEA: Com negociações pontuais, preço se estabiliza

Cepea, 18/9/2019 – O preço do arroz em casca permaneceu praticamente estável no mercado do Rio Grande do Sul nos...

Agricultura14 minutos atrás

TOMATE/CEPEA: Calor resulta em acentuada queda nos preços

Cepea, 18/9/2019 – Os preços do tomate salada longa vida recuaram nos últimos dias na maioria das regiões produtoras. Segundo...

Regional51 minutos atrás

Jovem é assassinado com tiros à queima-roupa no interior do ES

Um jovem foi assassinado a tiros, em plena luz do dia, no bairro Vila Nova, em Ecoporanga, na região norte do...

São Mateus60 minutos atrás

Damas da Noite e travestis ameaçados por ‘Maníaco da Meia Noite’ em São Mateus

O assassinato do travesti Pitty, que trabalhava em um salão de beleza e à noite frequentava o local, até hoje...

Economia1 hora atrás

Anvisa suspende venda de lenços umedecidos por contaminação: veja marcas

arrow-options Divulgação Lote da marca Huggies Max Clean está entre as suspensas pela Anvisa Dois lotes das marcas  Huggies Max...

São Mateus

Regional

Estadual

Nacional

Policial

Mais Lidas da Semana