conecte-se conosco


Nacional

Argentina e EUA investigam arsenal de guerra encomendado por facções brasileiras

Publicado

em


Armas encontradas pela força-tarefa argentina, comprada por traficantes brasileiros
Reprodução/Gendarmeria Argentina

Armas encontradas pela força-tarefa argentina, comprada por traficantes brasileiros

Agentes federais do Brasil, Argentina e Estados Unidos estão investigando traficantes de vários estados brasileiros que estão encomendando armamento pesado do exterior. No início desta semana, alguns dos pedidos que estavam sendo separados para envio foram encontrados e apreendidos em quatro cidades argentinas.  

Leia também: Por “ótimo comportamento”, Alexandre Nardoni pode ir ao regime semiaberto 

O armamento foi localizado em sete endereços e tinha como destino final o Rio de Janeiro. O arsenal é composto por pistolas nove milímetros e fuzis AR-15 e AK-47, armamento que atualmente já é comum nas mãos dos traficantes brasileiros. Outros equipamentos apreendidos, no entanto, não fazem parte do dia a dia das facções cariocas. É o caso de escopetas que também estavam prestes a serem enviadas ao Brasil.

Ao todo, foram apreendidas 344 armas longas (rifles, espingardas e metralhadoras), 276 armas de pequeno porte (pistolas e revólveres) e 32.940 munições de vários calibres. Quatro pessoas foram detidas na operação realizada pela força-tarefa argentina, que chamou o caso de “Operação Arsenal Clandestino”.


Arsenal apreendido por autoridades argentinas seria enviado ao Brasil
Reprodução/Gendarmeria Argentina

Arsenal apreendido por autoridades argentinas seria enviado ao Brasil

As informações que levaram as autoridades da Argentina a encontrarem o arsenal foram repassadas por agentes americanos do escritório de Miami da HSI, responsável por investigar ações criminosas em aeronaves e navios de passageiros, comércio exterior, finanças e imigração. 

Leia também: PF deflagra operação contra fraudes em contratos no Porto de Santos

Os agentes da Gendarmería Nacional da Argentina e do Departamento de Segurança Interna dos Estados Unidos ainda apreenderam US$ 103,9 mil e 127 mil pesos argentinos. Em meio ao armamento encontrado, ainda haviam fuzis de fabricação americana, russa e uma submetralhadora belga. 

Leia mais:  Conheça os crimes que levaram Cesare Battisti a ser condenado à prisão perpétua

De acordo com os americanos, há suspeita de outras 52 remessas de armas indo para a Argentina pelos Estados Unidos. O americano Michael Nunes seria o remetente do pedido e as autoridades de Argentina e Estados Unidos ainda estão apurando para quem iria o carregamento no Rio de Janeiro, onde houve a maior compra feita pelos traficantes .

Leia também: População carcerária feminina no Brasil é uma das maiores do mundo


Fuzis, revólveres e munições estavam meio a equipamento apreendido em sete casas na Argentina
Reprodução/Gendarmeria Argentina

Fuzis, revólveres e munições estavam meio a equipamento apreendido em sete casas na Argentina

Comentários do Facebook
publicidade

Nacional

Bolsonaro se reúne com ministros no Palácio do Planalto

Publicado

em


Jair Bolsonaro já se reuniu outras sete vezes com ministros desde início do governo
Marcos Corrêa/PR

Jair Bolsonaro já se reuniu outras sete vezes com ministros desde início do governo

O presidente Jair Bolsonaro comanda na tarde desta terça-feira (26) a 8ª reunião do Conselho de Governo, no Palácio do Planalto. Bolsonaro vai reunir os ministros para tratar dos principais assuntos da gestão.

No início do governo, Jair Bolsonaro afirmou que a ideia do novo governo é que a reunião ministerial  seja um ato recorrente durante os quatro anos. A justificativa é manter a transparência não só com a população, mas também entre os integrantes do Planalto.

Entre os temas a serem debatidos nesta terça entre Bolsonaro e os ministros, a expectativa é que a proposta de emenda à Constituição da reforma da Previdência (PEC 6/19) receba atenção especial. O governo pretende aprovar o texto ainda no primeiro semestre deste ano, mas a articulação tem encontrado algumas dificuldades.

O plano do presidente para a aprovação é fortalecer duas frentes de comunicação sobre a reforma, uma voltada especificamente para parlamentares e outra para a opinião pública em geral. Por enquanto, Bolsonaro tem falado pouco sobre a reforma da Previdência.

Bolsonaro e o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ),  trocaram farpas ao longo da última semana e no final de semana. Maia assumiu a liderança da articulação da votação da reforma e questiona a ausência do governo na tramitação.

O ministro da Economia, Paulo Guedes, não participará da reunião dos ministros de hoje justamente porque estará na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara discutindo a proposta com parlamentares.

Os deputados querem que o ministro esclareça alguns pontos da medida , a reforma previdenciária dos militares, a reestruturação da carreira das Forças Armadas e a necessidade de mudança do sistema de Previdência Social do país.

Leia mais:  Asteroide Oumuamua: Visitante Alienígena?

A votação na CCJ é a primeira fase de tramitação do texto de Jair Bolsonaro no Legislativo. Até agora, no entanto, o presidente da Comissão, Felipe Francischini (PSL-RJ), não escolheu um relator para a proposta. Francischini decidiu adiar a indicação do relator até que o cenário político esteja mais favorável para a aprovação da reforma no âmbito da comissão. A previsão é que o nome seja indicado até quinta-feira (28).

Fonte: IG Nacional
Comentários do Facebook
Continue lendo
Nacional3 minutos atrás

Bolsonaro se reúne com ministros no Palácio do Planalto

Marcos Corrêa/PR Jair Bolsonaro já se reuniu outras sete vezes com ministros desde início do governo O presidente Jair Bolsonaro...

Nacional3 minutos atrás

Moro sugere mudança na lei para reverter decisão do Supremo sobre caixa 2

Marcos Corrêa / PR Sérgio Moro sugere mudar legislação para reverter decisão do STF e minimiza atrito com Maia O...

Nacional3 minutos atrás

Em novo recuo, MEC revoga portaria que suspendia avaliação da alfabetização

Luis Fortes/MEC – 2.1.19 Essa não é a primeira vez que o ministro Ricardo Vélez Rodríguez recua; entenda aqui a...

Nacional3 minutos atrás

Treze dias após ataques, alunos voltam a ser recebidos em escola de Suzano

Ueslei Marcelino/ABr Volta às aulas oficial na escola Raul Brasil, em Suzano, não tem data marcada; hoje, a unidade funciona...

São Mateus14 minutos atrás

Prefeitura realiza troca de tubulação no Centro de São Mateus

SÃO MATEUS (ES) – A Prefeitura de São Mateus, através do Serviço Autônomo de Água e Esgoto (SAAE) e da...

Esportes1 hora atrás

Jogadores ingleses repudiam racismo em vitória sobre Montenegro: “Vergonha”

A Inglaterra venceu Montenegro, por 5 a 1, nesta segunda-feira, pelas eliminatórias da Eurocopa, mas a goleada ficou marcada por...

Esportes1 hora atrás

Especialista explica imbróglio entre Nantes e Cardiff City no caso Emiliano Sala

Divulgação Emiliano Sala morreu em acidente aéreo no Canal da Mancha No mês passado, o Nantes, da França, entrou com...

São Mateus

Regional

Estadual

Nacional

Policial

Mais Lidas da Semana