conecte-se conosco



Entretenimento

Após racismo, ex-Band Rodrigo Branco chama Bella Falconi de autista em vídeo

Publicado

em

source

Desta vez Bella Falconi foi a vítima do ex-diretor da Band , Rodrigo Branco , que no início da semana proferiu falas racistas contra Maju Coutinho e Thelma, do “BBB”. Em uma nova gravação ele chamou a influencer de autista em tom de xingamento.

Leia também: Empresário ataca Maju Coutinho: “Ela é horrível e só está lá por causa da cor”

Bella Falconi e Rodrigo Branco arrow-options
Reprodução/Instagram

Bella Falconi e Rodrigo Branco


Leia também: Larissa Manoela critica falas racistas de Rodrigo Branco: “Me deixou indignada”

“Sabe que eu senti? Que a Bella tá meio autista depois que voltou do Brasil! Ela fica só no celular, ela tá meio retardada”, diz o ex-diretor da Band . O vídeo foi divulgado pelo jornalista Felipeh Campos nesta quinta-feira (2) exatamente no Dia Mundial de Conscientização do Autismo.

Leia também: Maju Coutinho pretende processar por racismo o empresário que a atacou

Vale ressaltar que na noite da última quarta-feira (1), Bella Falconi escreveu uma carta aberta aos seus seguidores falando sobre o pronunciamento racista do ex-funcionário da Band . Confira abaixo:


Fonte: IG GENTE

Comentários do Facebook

Entretenimento

A luta antirracista narrada em 5 livros de autores negros

Publicado

em


source

As recentes manifestações  contra o racismo, principalmente nos Estados Unidos e Brasil, nos convidam a refletir sobre essa questão e a apoiar o movimento antirracista . E algumas das principais formas de fazer isso é estudando e, sobretudo, prestigiando o trabalho de artistas negros. 

Leia também: 7 intelectuais para seguir e entender o racismo no Brasil

Por isso, o iG Gente reuniu alguns livros que abordam a questão do racismo e, o mais importante: que foram escritos por negros e contam a história de negros.

1. “Úrsula”, de Maria Firmina dos Reis

Livro de Marina Firmina dos Reis
Reprodução/EditoraTaverna

Livro de Marina Firmina dos Reis


O livro é considerado o primeiro romance publicado por uma mulher no Brasil. De 1859, é também o primeiro romance abolicionista da literatura brasileira e o primeiro romance da literatura afro-brasileira. Maranhense, Maria Firmina dos Reis escreveu sobre a história de amor impossível entre Úrsula e Tancredo, denunciando injustiças sociais da época – que ainda são bastante atuais.

Leia também: 8 produções nacionais e internacionais para entender mais sobre o racismo

2. “Pequeno manual antirracista”, de Djamila Ribeiro

Livro de Djamila Ribeiro
Reprodução/Companhia das Letras

Livro de Djamila Ribeiro


Muito mais jovem e didático que “Úrsula”, o livro de Djamila Ribeiro reúne várias dicas para combater o racismo – elas são preciosas, sobretudo, para pessoas brancas. “No Brasil, há a ideia de que a escravidão aqui foi mais branda do que em outros lugares, o que nos impede de entender como o sistema escravocrata ainda impacta a forma como a sociedade se organiza”, diz em um dos capítulos. 

3. “Bucala: A pequena princesa do quilombo do cabula”, de Davi Nunes

Livro de Davi Nunes com ilustrações de Daniel Santana
Reprodução/UNEB

Livro de Davi Nunes com ilustrações de Daniel Santana


Para que a mensagem antirracista chegue também às crianças , várias obras infantis valorizam a cultura negra. Escrita por Davi Nunes, a obra resgata a história de um quilombo de Salvador, o Cabula, através da figura de uma princesa. Com o cabelo crespo em formato de coroa de rainha, ela possui poderes que protegem o quilombo dos escravocratas e capitães do mato.

4. “Na Minha Pele”, de Lázaro Ramos

Reprodução/Instagram/Acervo Literário

“Na Minha Pele” mostra a trajetória de Lázaro Ramos na arte e como lutar contra o preconceito


Já bastante conhecido por atuar em várias novelas e filmes, Lázaro já escreveu alguns livros. Um deles é “Na Minha Pele”, de 2017. Mesmo não sendo propriamente uma autobiografia, o autor narra as memórias de sua vida, propondo muitas reflexões. Ele chega a citar, inclusive, sua esposa, a atriz Taís Araújo , que também é negra e que já passou por cituações parecidas com as suas por causa do racismo.

Leia também: Convidada critica CNN, ao vivo, por ter Waack falando de racismo

5. “Quando me descobri negra”, de Bianca Santana

Bianca Santana
Reprodução/SESI-SP

Bianca Santana


A escritora e professora Bianca Santana reúne uma série de relatos sobre experiências pessoais e ouvidas de outras mulheres e homens negros. “Tenho 30 anos, mas sou negra há dez. Antes, era morena .” começa o livro, que denuncia o racismo velado e narra um processo de descoberta que pode ser doloroso, mas que também é libertador. 

Fonte: IG GENTE

Comentários do Facebook
Continue lendo
Nacional1 minuto atrás

Corpo na mala: criminosos esquartejaram vítima e depois foram comer pizza

A vítima foi cercada, espancada e sofreu diversas perfurações pelo corpo com tesoura e canivete. Depois, agonizava quando sofreu mais...

Economia2 minutos atrás

Acumulada, Mega-Sena sorteia prêmio de R$ 45 milhões nesta quarta-feira

Agência Brasil Mega-Sena sorteia prêmio acumulado de R$ 45 milhões nesta quarta-feira (3) A Mega-Sena sorteia nesta quarta-feira (3) um prêmio de...

Mulher2 minutos atrás

Angélica usa ioga para se sentir bem; inspire-se e veja como cuidar de você

Angelica usou o Instagram essa semana para compartilhar um hábito que, segundo ela, está a ajudando a buscar uma sensação de...

Internacional7 minutos atrás

Tóquio entra em alerta devido à reincidência de casos de covid-19

. Autoridades de Tóquio emitiram alerta, após confirmar a taxa mais alta de casos do novo coronavírus registrada nas últimas...

Internacional52 minutos atrás

Pentágono prevê vacina contra covid-19 até o fim do ano

. A diretora do Programa de Pesquisa de Doenças Infecciosas das Forças Armadas dos Estados Unidos (EUA), coronel Wendy Sammons-Jackson,...

Saúde1 hora atrás

Em dia de conscientização, médicos alertam sobre obesidade infantil

. A obesidade infantil já é considerada uma epidemia mundial. Além dos fatores genéticos, responsáveis por 70% das causas da...

Mulher1 hora atrás

Horóscopo do dia: previsões para 3 de junho de 2020

Marcelo Dalla O horóscopo do dia apresenta a previsão para o seu signo e ascendente ÁRIES Período bom para trabalhos...

São Mateus

Regional

Estadual

Nacional

Policial

ENTRETENIMENTO

POLÍTICA

Esportes

Mais Lidas da Semana

error: O conteúdo está protegido !!