conecte-se conosco



Política

Após Maia falar com embaixador, governo diz ser “único interlocutor” com a China

Publicado

em


source
Presidente da Câmara%2C Rodrigo Maia (DEM-RJ)
Najara Araújo/Câmara dos Deputados

Presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ)

O governo federal disse nesta quarta-feira (20) que é o “único interlocutor” das negociações com a China para a importação dos insumos farmacêuticos para a produção de doses de vacinas contra a Covid-19 no Brasil.

De acordo com nota divulgada pelo Planalto, o Ministério das Relações Exteriores, comandado pelo chanceler Ernesto Araújo , está mantendo as negociações com o governo chinês por meio da embaixada de Pequim.

Ainda de acordo com o comunicado, que é assinado pela Secretaria de Comunicação da Presidência da República e pelo Ministério das Comunicações, foi realizada nesta quarta uma reunião por videoconferência com o embaixador Yang Wanming.

Você viu?

O encontro virtual contou com a presença dos ministros Eduardo Pazuello (Saúde), Tereza Cristina (Agricultura) e Comunicações (Fábio Faria). Ernesto Araújo, que é o responsável por tratar dos assuntos diplomáticos brasileiros não participou.

A divulgação da nota do governo federal ocorre após o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), também se encontrar com Yang Wanming . Nesse encontro, Maia disse que foi informado sobre os motivos para o atraso na importação de insumos para a produção de vacinas, recebendo a garantia de que não se tratam de “obstáculos políticos”, mas por problemas de ordem técnica. 

De acordo com Maia, Wanming disse que trabalharia para acelerar o processo de liberação de substâncias essenciais para a produção dos imunizantes no Brasil. Tanto a CoronaVac, desenvolvida pelo laboratório Sinovac em parceria com o Instituto Butantan, quanto a vacina de Oxford/Astrazenica, que será produzida pela Fiocruz, necessitam de matéria-prima chinesa.

Nesta quarta (20), o governador de São Paulo, João Doria (PSDB), também disse que o escritório do governo estadual em Xangai, na China, está negociando a liberação de matéria-prima para a produção da CoronaVac , desenvolvida pelo Instituto Butantan em parceria com o laboratório chinês Sinovac Biotech.

Comente Abaixo
Política17 minutos atrás

Deltan Dallagnol, sobre soltura de Lula: “Cármen Lúcia mandou não cumprir”

Reprodução: iG Minas Gerais Procuradores da Lava-Jato, com suposta ação de Carmen Lúcia, articularam para que soltura de Lula fosse...

Regional17 minutos atrás

Governador inaugura base do SAMU 192 e autoriza reforma de escola em Sooretama

  O governador do Estado, Renato Casagrande, esteve, nesta quinta-feira (04), em Sooretama, na microrregião Rio Doce, para a inauguração...

Carros e Motos18 minutos atrás

Veja os principais problemas com as placas Mercosul

Divulgação Placas do Mercosul completam um ano depois de terem passado a ser o novo padrão nos emplacamentos no Brasil...

Mulher18 minutos atrás

Lua Minguante em Sagitário

Lúcia Agostinho Lua Minguante em Sagitário Dia 5/3, às 22h30, teremos a Lua Minguante em Sagitário. Lua Minguante fala de...

Mulher18 minutos atrás

Dani Calabresa desabafa pela primeira vez sobre assédio de Marcius Melhem

Reprodução: Alto Astral Dani Calabresa desabafa pela primeira vez sobre assédio de Melhem Dani Calabresa falou pela primeira vez sobre...

Tecnologia24 minutos atrás

Google desenvolve projeto Wolverine para dar audição sobrenatural a pessoas

Reprodução Wolverine é tema de novo projeto do Google Uma divisão de pesquisa da Alphabet , dona do Google ,...

Nacional51 minutos atrás

Bolsonaro, sobre aquisição de vacinas: “Só se for [comprar] na casa da tua mãe”

Reprodução: iG Minas Gerais Bolsonaro, sobre compra de vacinas: “Só se for [adquirir] na casa da tua mãe” O presidente ...

São Mateus

Regional

Estadual

Nacional

Policial

ENTRETENIMENTO

POLÍTICA

Esportes

Mais Lidas da Semana

error: O conteúdo está protegido !!