conecte-se conosco


Economia

Após impasses, Câmara inicia sessão para votar destaques à reforma; acompanhe

Publicado

em

plenário da Câmara arrow-options
Najara Araújo/Câmara dos Deputados – 10.7.19
Plenário da Câmara dos Deputados durante a votação da reforma da Previdência

Com mais de duas horas de atraso , o plenário da Câmara dos Deputados retomou os trabalhos na tarde desta quinta-feira (11) para votar os cerca de 20 destaques que poderão ou não ser incluídos no texto-base da proposta de emenda à Constituição (PEC 6/19), a reforma da Previdência. 

O texto principal da  reforma da Previdência foi aprovado na noite dessa quarta-feira (10), por 379 votos a favor e 131 contra . Na sequência, os deputados rejeitaram um destaque que pretendia retirar os professores das novas regras para a aposentadoria. Por 265 a 184, com duas abstenções, os parlamentares decidiram manter as regras que constam no texto-base para a categoria.

Nesta tarde, a sessão estava prevista para ter início às 15h, mas o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), atrasou o início dos trabalhos por avaliar que o eventual abrandamento das regras para policiais federais , como deseja a chamada bancada da bala, pode abrir precedentes para a discussão de benefícios a outras.

Leia também: Veja como cada deputado votou no texto-base da reforma da Previdência

Acompanhe a sessão ao vivo:

Os destaques mais aguardados são o que aumenta a aposentadoria para as trabalhadoras da iniciativa privada e o que suaviza as regras de aposentadorias para policiais e agentes de segurança que servem à União.

Um acordo costurado pela bancada feminina deve melhorar a aposentadoria para as mulheres. A proposta aprovada na comissão especial da Câmara tinha mantido o tempo mínimo de contribuição das mulheres da iniciativa privada em 15 anos, em vez de elevá-lo para 20 anos.

No entanto, as seguradas se aposentariam com 60% da média das contribuições. Quem se aposentasse mais tarde só veria o valor do benefício se elevar a partir do 21º ano. Pelo acordo, o benefício começará a subir a partir do 16º ano de contribuição.

O líder da maioria na Câmara dos Deputados, Aguinaldo Ribeiro (PP-PB), confirmou o fechamento de um acordo para suavizar as regras de aposentadoria para os policiais e agentes de segurança que servem à União.

De acordo com o líder, a categoria poderá aposentar-se com idade mínima de 53 anos para homens e 52 anos para mulheres. Eles também terão pedágio de 100% na regra de transição. Dessa forma, o policial que se aposentaria em dois anos pelas regras atuais teria de trabalhar mais dois anos para passar para a inatividade a partir da promulgação da reforma da Previdência.

Veja abaixo os principais destaques

  • Cálculo da pensão (PT)

O destaque do PT pretende manter a integralidade do valor da pensão. O governo propôs reduzir o valor do benefício para 50%, mais 10% por dependente (incluindo o viúvo ou viúva), no limite de 100%, alegando que o Brasil é um dos únicos países do mundo onde a pensão é integral.

  • Regra de transição (Solidariedade)

O Solidariedade propõe substituir todas as regras de transição da proposta por uma única, considerando idade mínima de 60 anos (homem) e 55 anos (mulher), com pedágio de 30%. O temor é que, se esse destaque passar, a economia com a reforma cairá drasticamente.

Segundo técnicos da equipe econômica, só as regras de transição têm potencial para gerar uma economia na casa de R$ 700 bilhões.

  • Regra de cálculo (PT)

Os deputados querem retirar do texto as mudanças nas regras de cálculo dos benefícios dos regimes de Previdência dos servidores públicos e dos trabalhadores da iniciativa privada. A nova regra prevê que o cálculo seja feito pela média dos salários correspondentes a 100% do período de contribuição. Isso reduz o valor da aposentadoria. Hoje, o cálculo é feito com base na média dos 80% maiores salários.

  • Cálculo para chegar ao teto (PT)
Leia mais:  Governo vai enviar à Câmara PEC com sistema de capitalização, diz ministro

O destaque prevê retirar do texto a regra de cálculo do valor do benefício para conseguir receber a aposentadoria no seu valor integral. Por essa regra, quem se aposentar terá direito a 60% da média das contribuições, com acréscimo de 2% a cada ano que exceder o período de 20 anos de contribuição, para aposentados do INSS e servidores.

  • Pedágio (PDT)

O partido quer retirar, da regra de transição, a exigência de pedágio para cumprir o tempo mínimo de contribuição para a aposentadoria. Outro destaque prevê a redução do pedágio de 100% para 50% para servidores públicos e trabalhadores da iniciativa privada. 

  • BPC (Cidadania)

O partido quer retirar do texto a previsão de que têm direito ao Benefício de Prestação Continuada (BPC) idosos e pessoas com deficiência em famílias com renda familiar per capita inferior a 1/4 do salário mínimo. Esse requisito já existe em lei e o relator buscou constitucionalizar o tema para evitar a judicialização.

  • Abono (Psol)

O Psol que manter como é hoje as regras de concessão do abono salarial do PIS/Pasep, que prevê o pagamento de um salário mínimo para trabalhadores que ganham até dois salários mínimos. O texto da reforma estabelece que terá direito ao abono quem receber até  R$ 1.364,43. 

Fonte: IG Economia
Comentários do Facebook
publicidade

Economia

Dólar deve ficar estável com acordo entre Reino Unido e União Europeia

Publicado

em

source
dólar arrow-options
shutterstock
Dólar é cotado a R$ 4,15 nesta quinta-feira

A agenda externa, que penalizou os mercados brasileiros nos últimos dias, agora dá um sinal de alívio e contribui para que o dólar comercial opere perto da estabilidade. A moeda americana é negociada a R$ 4,156, com leve variação positiva de 0,06%. O que explica este cenário é o acordo firmado entre Boris Johnson e União Europeia para a saída do Reino Unido (Brexit) do bloco econômico.

Leia também: Casal junta moedas e notas de R$ 2 em caixas de sapato e compra casas e carro

O sucessor de Theresa May conseguiu alcançar um resultado positivo sobre a negociação com a União Europeia , após três acordos terem sido rejeitados. O texto de última hora, entretanto, ainda precisará ser submetido aos países-membros do bloco europeu e ao Legislativo em Londres, onde novamente deverá enfrentar resistências.

A notícia impactou positivamente as Bolsas da Europa . Na abertura dos negócios, o índice CAC-40 (Paris) subia 0,05%, ao passo em que o DAX (Frankfurt) avançava 0,22%. Os maiores ganhos foram do índice Financial Times (Londres), que registrava ganhos de 0,47%.

Fonte: IG Economia
Comentários do Facebook
Leia mais:  Entenda o que é a OCDE e por que os EUA não apoiam a entrada do Brasil
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie
Polícia Federal4 minutos atrás

PF deflagra a segunda fase da Operação Terra Prometida em Alagoas

Maceió/AL – A Polícia Federal deflagrou nesta quinta-feira (17/10) a segunda fase ostensiva da Operação Terra Prometida, com o objetivo...

Polícia Federal4 minutos atrás

PF combate crimes contra a ordem econômica em São Paulo

São Paulo/SP – A Polícia Federal, em conjunto com o Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado– GAECO...

Polícia Federal4 minutos atrás

Operação Hórus faz novas apreensões no Paraná

Guaíra/PR – Nesta quinta-feira (17/10), diversas apreensões foram realizadas por equipes integradas da OPERAÇÃO HÓRUS, realizada pela POLÍCIA FEDERAL, COBRA/BPFRON/PMPR,...

Polícia Federal4 minutos atrás

PF apreende 255 kg de cocaína em Corumbá/MS

Corumbá/MS – A Polícia Federal apreendeu na quarta (16/10) cerca 255 kg de cocaína, na BR-262,  entre as cidades de Corumbá...

Nacional4 minutos atrás

Casos de sarampo passam dos 8,6 mil em São Paulo

arrow-options Marcelo Camargo/ABr Campanha de vacinação para pessoas entre 15 e 29 anos de idade foi realizada nos municípios de...

Nacional4 minutos atrás

Bombeiros confirmam quinta morte em desabamento de prédio em Fortaleza

arrow-options WHATSAPP/REPRODUÇÃO No vídeo, é possível ouvir pedido de socorro A quinta morte decorrente do desabamento do Edifício Andréa, no...

Nacional4 minutos atrás

Ao tentar fazer baliza em teste, motorista derruba muro do Detran; veja fotos

arrow-options Divulgação/Detran-PR O murro havia sido levantado há apenas uma semana. Durante teste de baliza para tirar a Carteira Nacional...

São Mateus

Regional

Estadual

Nacional

Policial

Mais Lidas da Semana