conecte-se conosco


Nacional

Após discutir com o marido, grávida cai do segundo andar

Publicado

em

Segundo vizinhos, casal discutia sobre término do relacionamento momentos antes de mulher cair do segundo andar. Câmera de segurança gravou o momento exato em que mulher despenca pela janela e cai no térreo.

SÃO PAULO (SP) – Imagens de uma câmera de segurança registraram o momento exato em que uma mulher de 24 anos, grávida de dois meses, caiu da sacada de seu apartamento no segundo andar do prédio onde mora com o marido na avenida Embaixador Pedro de Toledo, no bairro do Gonzaguinha, em São Vicente, no litoral de São Paulo.

Segundo a polícia, vizinhos do casal que é colombiano relataram que marido e mulher discutiam frequentemente e o motivo do desentendimento de momentos antes da queda da  grávida pela janela era o próprio término do relacionamento. O caso ocorreu ontem, 25 de dezembro, no dia de Natal.

As circunstâncias da queda ainda estão sendo investigadas para saber se trata-se de um crime de feminicídio ou se foi um simples acidente.

Até o momento do fechamento dessa reportagem, informações disponíveis davam conta de que vizinhos e funcionários do prédio socorreram a mulher, acionaram a polícia e encaminharam a vítima para o Hospital Municipal da cidade. Lá, ela passou por exames de tomografia e raio x, onde foi constatada “apenas” uma fratura na segunda vértebra lombar.

A equipe da unidade de saúde informou ainda que solicitou à central de regulação a transferência da paciente para um hospital de referência para a realização de cirurgia de correção, mas não informou sobre o estado de saúde do bebê.

Já o marido foi encaminhado pela polícia ao plantão do Distrito Policial Sede da cidade, onde prestou depoimento e foi liberado. Segundo informações iniciais, ele havia solicitado o término do relacionamento, mas ela não aceitou. A Polícia Civil, porém, só confirma que registrou um boletim de ocorrência e investigou o caso.

De qualquer forma, o que impressiona é o vídeo feito pela câmera de segurança em que a grávida despenca pela janela. Assista abaixo:


(*Com informações do IG)

Comentários do Facebook
Leia mais:  PT pede manifestação imediata da PGR sobre suspensão do caso Queiroz
publicidade

Nacional

Briga em velório acaba com dois mortos

Publicado

em

Uma confusão durante um velório terminou na morte de um jovem e um adolescente, de 18 e 17 anos, respectivamente. Uma das vítimas, Wemerson de Araújo, estava na rede com o filho quando foi atingida por um golpe de faca e, em seguida, de enxada. O crime foi cometido na Vila do Incra, em Porto Acre. O segundo rapaz também foi esfaqueado.

“Eles estavam em um velório e começou uma briga por causa de uma mulher lá. E nessa briga meu filho não estava, ele estava deitado nesse velório dentro de uma rede com o bebê dele dormindo. Ele acordou com a primeira facada, saiu da rede e correu, no que correu, deram uma enxadada na cabeça dele e ele já caiu na rua”, conta a mãe de Araújo, Maria Helena.

Ainda de acordo com ela, o filho teve a cabeça arrancada por um dos golpes de facão. Um outro adolescente, de 17 anos, também foi esfaqueado e levado ao pronto-socorro. Até o momento, três pessoas foram presas suspeitas de cometer o duplo homicídio. Um boletim de ocorrência foi registrado. O autor das facadas teria sido liberado, segundo a família das vítimas.

“O assassino saiu pela porta da frente. Fui falar com o delegado e ele mandou todo mundo calar a boca, se não ia matar a todos. Fomos na delegacia para pegar o documento e levar no IML. O cara mata e sai pela porta da frente. Como colocam um delegado desse? Que judia do pai da vítima. Secretário de Segurança, nós precisamos de respeito. Não somos vagabundos e o delegado precisa respeitar a nossa dor”, desabafou a mãe.

Delegado é denunciado

Quando a família questionou o delegado sobre a soltura do suspeito do crime, o agente começou a agredir e ameaçar os parentes. “Empurraram e bateram no meu outro filho. Dois policiais também colocaram a arma em cima da gente, sendo que só queremos os nossos direitos. Não fizemos nada de errado”, completa Soares.

Leia mais:  Três traficantes presos na zona rural de Jaguaré

A Secretaria de Justiça e Segurança Pública (Sejusp) disse que está apurando o caso e deve se posicionar posteriormente.

Fonte: G1

Comentários do Facebook
Continue lendo

São Mateus

Regional

Estadual

Nacional

Policial

Mais Lidas da Semana