conecte-se conosco



Mulher

Após “desastre” com unhas de acrílico, jovem faz alerta nas redes sociais

Publicado

em

A inglesa Paige Belfield, de 17 anos, decidiu colocar unhas de acrílico em um salão na cidade de Canterbury, Inglaterra. O procedimento, que custou 22 libras esterlinas (cerca de R$107) não deu certo e deixou as unhas naturais da adolescente destruídas. Por isso, ela postou uma foto do “resultado final” para fazer um alerta nas redes sociais. 

Leia também: De alergia a câncer: o que pode dar errado no alongamento de unhas?

unhas de Paige Olivia Belfield
Reprodução/Facebook/Paige Olivia Belfield

Paige compartilhou fotos do resultado depois do procedimento para colocação de unhas de acrílico que deu errado

“Fiz unhas de acrílico nesta manhã, mas elas estavam tão ruins que pedi para a manicure tirá-las e foi assim que ela me deixou, sangrando e com dor”, escreveu no Facebook ao compartilhar a foto mostrando como as unhas naturais ficaram depois do procedimento. 

Segundo informações do portal britânico Metro UK   , Paige já era cliente do salão, mas dessa vez a responsável pelo alongamento das unhas foi um funcionário novo.  “Eu cheguei lá e ele estava tipo ‘ok, sente-se’, escolhi minha cor e tudo mais. Eu mordo minhas unhas, então é óbvio que elas são curtas, mas ele não deveria ter passado por cima das minhas unhas naturais com a lixadeira elétrica e elas estavam latejando”, disse. 

A adolescente afirma que ficou com os cantos da unha sangrando e como o alogamento de acrílico estava irregular, “com algumas falhas e desníveis”, ela pediu que o profissional fizesse a remoção das unhas. “Elas estavam muito ruins. Foi horrível. Minha amiga até comentou ‘Paige, não vou deixar você pagar por isso’. Foi a primeira vez que eu pedi para  remover as unhas que eu tinha acabado de fazer”, lembra. 

Ela culpa o uso da lixadeira elétrica para os machucados nos dedos. “Eles não devem usar isso nas unhas naturais, só nas de acrílico. A pele estava saindo, eu estava sangrando e o técnico não estava ligando. Eu falei ‘quero que tire [as unhas], estão horríveis. E ele começou a fazer isso de uma forma bem agressiva. Estava tremendo.” 

“A gerente estava sentado lá e nem se desculpou. Eu estava pensando ‘você sempre faz as minhas unhas e nunca tive um problema. Eu ficava reclamando da dor e ele não parada. Ele pegou meu dedo indicador e levantou a unha natural com a lixa elétrica e foi quando eu saí. Lavei minhas mãos e fui embora, porque fisicamente não aguentava mais”, contou.

Ela disse que o técnico parecia “alguém que foi chamado para cobrir o turno” da manicure que geralmente a atende e só depois que o acrílico foi removido que ela viu o estado das unhas.

Adolescente faz alerta após problema em aplicação de unhas de acrílico

A postagem nas redes recebeu mais de 200 comentários. “Várias pessoas tiveram  mesma experiência que eu. Tive sorte de não ter  pegado uma infecção e minha família está enojada. Eu só quero avisar às outras meninas: não vão lá.”

Segundo ela, também é importante fazer uma pesquisa detalhada sobre como funciona o procedimento de aplicaçã de unhas de acrílico ou qualquer outro tipo de alongamento. A mãe de Paige, Jemma Needham, foi até o salão para reclamar sobre o ocorrido e a gerente ofereceu fazer as unhas da adolescente de graça, mas ela recusou.

Comentários do Facebook

Mulher

Após crítica a Beyoncé, Lilia Schwarcz se pronuncia: “Não deveria ter aceito”

Publicado

em


source

Recentemente, a antropóloga Lilia Schwarcz se viu em meio a uma polêmica após ter escrito uma coluna para a Folha de S. Paulo comentando o álbum visual “Black is King” de Beyoncé. No texto, a pesquisadora fala que a cantora fez uma representação estereotipada sobre a África e o comentário não foi bem-visto. Após a repercussão negativa, a colunista se pronunciou no Instagram e pediu desculpas a quem se ofendeu. 

Lilia Schwarcz
Reprodução/Instagram

Lilia Schwarcz se proncuniou após ser criticada pela coluna que escvreu sobre “Black is King”

Muitas pessoas que criticaram o fato de uma mulher branca estar analisando uma obra sobre negritude e resgate da ancestralidade preta e as redes sociais ficaram lotados de comentários negativos sobre Schwarcz. Em um primeiro post, a antropóloga disse que “faz parte da democracia discordar”, mas ela voltou a falar sobre o assunto e se desculpou novamente. 

A antropóloga falou que refletiu sobre as críticas que recebeu e conversou com pessoas sobre a repercussão da coluna. “Não deveria ter aceito o convite da Folha, a despeito de apreciar muito o trabalho de Beyoncé; seria melhor uma analista ou um analista negro estudiosos dos temas e questões que a cantora e o filme abordam”, ela escreveu. 

Schwarcz também disse que ao aceitar escrever a coluna, ela também concordou com o prazo curto que teria para tarefa, o que consequentemente permitiu menos reflexão. “Apesar da minha carreira na área, não se está imune à dimensão do racismo estrutural e da branquitude. Errei e peço desculpas aos feminismos negros e aos movimentos negros com os quais desenvolvi, julgo eu, uma relação como aliada da causa antirracista. Assumo a minha responsabilidade pelo artigo e não pretendo vencer qualquer discussão. Quando uma situação dessas se monta, todos perdem; tenho consciência”, ela concluiu.

Fonte: IG Mulher

Comentários do Facebook
Continue lendo
Entretenimento13 minutos atrás

Ansiosa para conhecer neto, Vivi Romanelli faz pedido inusitado a Donald Trump

Divulgação Nathália, Nicholas e Vivi Romanelli Uma das estrelas do “RJ da Sorte”, da Band Rio, e da Super Rádio Tupi 96,5 FM do Rio, Viviane...

Regional28 minutos atrás

PRF apreende mais de 10.700 litros de cerveja sem nota fiscal em Linhares

  . Esta é a sexta apreensão de carga de cerveja sem nota fiscal realizada pela PRF no Estado. A...

Entretenimento28 minutos atrás

Ex-babá, atriz Edna Freeman lança livro e elogia David Bowie e Enzo Celulari

Divulgação Edna Freeman Ao citar a lenda do rock David Bowie — que, em testamento, reconheceu a importância de uma...

Economia28 minutos atrás

Polícia Federal fecha 12 rádios piratas em São Paulo

Agência Brasil Polícia Federal realizou operação em São Paulo nesta quarta Nesta terça-feira (4), a  Polícia Federal realizou o desmonte...

Internacional28 minutos atrás

Zebra é atacada por crocodilos em rio, mas consegue escapar; veja

    Woburn Safari Park Zebra atravessa rio com crocodilos Um vídeo que está circulando pelas redes mostra o momento...

Agricultura43 minutos atrás

Comissão do Ministério da Economia aprova financiamento externo de US$ 230 milhões para AgroNordeste

.   A Comissão de Financiamentos Externos (Cofiex), do Ministério da Economia, aprovou projeto do Ministério da Agricultura, Pecuária e...

Saúde58 minutos atrás

Covid-19: Brasil chega a 2,8 milhões de casos; 70,3% estão recuperados

. Desde o início da pandemia, 2.801.921 de brasileiros contraíram o vírus. O total de mortes chega a 95.819. Há 3.600 óbitos...

São Mateus

Regional

Estadual

Nacional

Policial

ENTRETENIMENTO

POLÍTICA

Esportes

Mais Lidas da Semana

error: O conteúdo está protegido !!