conecte-se conosco



Estadual

Aplicativo que aciona socorro em dois cliques está disponível em 19 cidades do ES

Publicado

em

O cidadão capixaba ganhou mais um canal de comunicação com as forças de segurança, aumentando a eficiência nos acionamentos ao Centro Integrado Operacional de Defesa Social (Ciodes). Foi apresentado nesta quinta-feira (10), o novo aplicativo para celular APP 190 ES, que vai funcionais nos locais atendidos pelo Ciodes nas regiões Sul e Metropolitana. A novidade já está disponível para usuários da plataforma Android. Em breve, também será possível baixar em aparelhos com o sistema iOS.

O governador do Estado, Renato Casagrande, foi quem apresentou o aplicativo, cuja ideia principal é aumentar a eficiência no envio de viaturas para atender ao cidadão. Ele ressaltou ainda que o Governo do Estado vai seguir realizando investimentos na área tecnológica:

“Muitas vezes as pessoas que sofrem ou presenciam uma violência estão muito nervosas e assustadas. E quando ligam para o 190, não sabem a rua ou o bairro em que estão. Quem baixar o aplicativo e ligar, já vai aparecer o nome da pessoa e a localização. Isso já vai ajudar no despacho do atendente. Esse aplicativo facilita a vida de quem necessita do atendimento da Polícia Militar. Estamos levando mais efetividade ao trabalho dos nossos militares. Ao saber com exatidão a localização, a PM chega com muito mais rapidez e consequentemente tem mais eficiência a ação”, afirmou Casagrande.

Além da facilidade para chamar ajuda, com apenas dois toques na tela, o usuário não precisa informar a sua localização. Por meio da leitura do sistema de GPS, o endereço da solicitação já é repassado ao call center do Ciodes automaticamente, o que melhora o tempo de resposta dos recursos de segurança.

O secretário de Estado da Segurança Pública e Defesa Social, Roberto Sá, destacou que esse novo dispositivo faz parte do investimento em tecnologia solicitado pelo governador, desde que assumiu a gestão em janeiro, e o objetivo é melhorar a eficiência policial dia a dia.

“Nosso projeto de modernização tecnológica não vai parar aqui. É uma entrega importante, que sempre foi um desejo do nosso governador, e mesmo em um momento de dificuldade financeira, a gente está realizando investimentos. É um aplicativo que busca melhorar e agilizar o atendimento ao cidadão”, afirmou Sá.

Inicialmente, o aplicativo se limita à realização de ligações, porém, deve contar futuramente com outros serviços, como o acesso aos boletins de ocorrência registrados nas delegacias, por exemplo.

Confira abaixo a lista dos municípios contemplados:

Região Metropolitana

Cariacica, Guarapari, Serra, Vila Velha, Viana e Vitória.

Região Sul

Cachoeiro de Itapemirim (distrito: Itaoca Pedra), Atílio Vivácqua, Castelo, Itapemirim (distritos: Itaoca Praia e Itaipava), Marataízes (distrito: Barra), Presidente Kennedy, Rio Novo do Sul, Muqui, Vargem Alta, Mimoso do Sul, Anchieta, Piúma e Iconha.                        

Comentários do Facebook

Estadual

Podcast fala sobre o programa “Maria da Penha Vai” e prevenção à violência contra a mulher

Publicado

em


.

Quem explica o assunto é a juíza Brunella Faustini, titular da 1ª Vara Especializada em Violência Doméstica e Familiar contra a Mulher.

No mais novo episódio de Just Talk – o Podcast do Tribunal de Justiça do Espírito Santo – a juíza Brunella Faustini, titular da 1ª Vara Especializada em Violência Doméstica e Familiar, fala sobre o programa “Maria da Penha Vai”. A iniciativa, que conta com parceiros da rede de atendimento à mulher de Vitória, continua realizando ações integradas de prevenção à violência, mesmo durante a pandemia.

Além da equipe multidisciplinar da vara, participam do programa integrantes das Secretarias Municipais da Saúde, Educação, Segurança, Assistência Social, Cidadania e Direitos Humanos. E ainda, o Ministério Público Estadual, a Polícia Civil e a Polícia Militar.

“A violência doméstica e familiar é um fenômeno muito complexo. Cada caso traz diferentes demandas psicológicas, sociais, jurídicas, econômicas ou de saúde. Não existe apenas uma resposta. Por isso éextremamente importante uma atuação em rede para lidar com todas essas questões”, explica a juíza.

De acordo com magistrada, durante a pandemia, as ações que normalmente aconteciam em praças, praias, postos de saúde e empresas, foram adaptadas ao ambiente virtual. A primeira delas foi o vídeo que virou febre nas redes sociais, com integrantes da rede segurando cartazes de apoio às vítimas. Outra recente ação foi adisponibilização do Jogo da Memória Educativo, para as famílias conversarem sobre equidade de gêneros com as crianças.

Também foi criado um novo canal de comunicação com a população, o perfil no instagram @mariadapenhavai. A página dá transparência às ações do programa e oferece informações, orientações e suporte às mulheres.

Ouça aqui o episódio na íntegra.

Vitória, 05 de junho de 2020

 

Informações à Imprensa

Assessoria de Imprensa e Comunicação Social do TJES
Texto: Tais Valle | [email protected]

Maira Ferreira
Assessora de Comunicação do TJES

[email protected]
www.tjes.jus.br

Fonte: TJES

Comentários do Facebook
Continue lendo

São Mateus

Regional

Estadual

Nacional

Policial

ENTRETENIMENTO

POLÍTICA

Esportes

Mais Lidas da Semana

error: O conteúdo está protegido !!