conecte-se conosco



Economia

Airbus anuncia corte de 15 mil funcionários durante pandemia

Publicado

em


source
Airbus
Divulgação/Airbus

Airbus A320neo, um dos aviões mais vendidos do mundo

No ano mais difícil da história da aviação comercial na história, a Airbus anunciou o corte de cerca de 15 mil empregados na Europa, número que corresponde a 10% do contingente total da empresa. As demissões serão feitas de forma progressiva durante os próximos 12 meses por conta da pandemia causada pelo novo coronavírus (Sars-CoV-2). 

Leia também:

A empresa europeia também anunciou o plano de reduzir 40% das atividades ligadas à aviação comercial nos próximos meses. A expectativa é de retomar o crescimento após o fim da pandemia.

“A Airbus é grata pelo apoio governamental que permitiu essas adaptações”, diz a declaração. “Como o tráfego aéreo não deverá retornar aos padrões pré-Covid até 2023, ou potencialmente até 2025, a Airbus precisará de novas medidas para o futuro”.

A Airbus é a maior fabricante de aviões da Europa. Apesar de ser sediada na França, tem fábricas na Alemanha. Espanha e Reino Unido. Com mais de 134 mil empregados, tem a americana Boeing como principal rival.

Os cortes mais intensos estão previstos para França e Alemanha, onde 5 mil pessoas perderão seus empregos em cada país. O Reino Unido perderá 1,7 mil empregados, enquanto a Espanha terá a perda de 900 funcionários em seu contingente.

Comentários do Facebook

Economia

Senado vota indenização de R$ 50 mil a profissionais de saúde

Publicado

em


source
hospital
Ascom/Sesab

Hospital para doentes de Covid-19 na Bahia: PL determina o pagamento, pela União, de indenização de R$ 50 mil aos trabalhadores de saúde incapacitados permanentemente pela Covid-19

A sessão de Plenário do Senado desta terça-feira (7) tem dois projetos na pauta: o PL 848/2020, que estende a validade das receitas médicas e odontológicas durante da pandemia, e o PL 1.826/2020, que garante o pagamento de indenização a profissionais de saúde que ficarem incapacitados para o trabalho depois de serem contaminados pelo novo coronavírus (Sars-CoV-2).

A sessão começou às 16h e novamente é remota, com a participação dos senadores via internet. 

O PL 1.826/2020 determina o pagamento, pela União, de compensação financeira de R$ 50 mil aos profissionais e trabalhadores de saúde incapacitados permanentemente para o trabalho após contaminação pela Covid-19.

A indenização se aplica também no caso de morte pela doença, sendo paga a dependentes, cônjuge ou herdeiros dos profissionais.

De autoria dos deputados Reginaldo Lopes (PT-MG) e Fernanda Melchionna (Psol-RS), o texto tem como relator o senador Otto Alencar (PSD-BA). Otto destaca a informação, divulgada pelo Ministério da Saúde, de que 19% dos 432,6 mil profissionais da área testados para o novo coronavírus no país tiveram resultado positivo.

No total, 83,1 mil trabalhadores foram diagnosticados com a doença. De acordo com a pasta, foram relatados 169 óbitos de profissionais. 

“Entendemos ser pertinente que o Estado arque com um auxílio financeiro extra para os trabalhadores da saúde que ficarem incapacitados em decorrência da atuação na pandemia, bem como que estenda esse auxílio a seus familiares no caso de óbito. Essa compensação é um investimento social de forma a proteger os verdadeiros heróis na luta contra o coronavírus, os profissionais de saúde, que colocam suas vidas e a de seus familiares em risco em prol da Nação”, argumenta o senador em seu voto. 

Receituário médico

O outro projeto a ser votado — o PL 848/2020, do deputado Kim Kataguiri (DEM-SP) — atribui validade por prazo indeterminado, durante o estado de calamidade pública, às receitas médicas ou odontológicas sujeitas a prescrição e de uso contínuo. 

O relator, senador José Maranhão (MDB-PB), concordou com a iniciativa e deu voto favorável. Para ele, a proposta vai facilitar a vida das pessoas: 

“Saudamos o elevado mérito da proposição, que busca resguardar a saúde das pessoas que tomam medicamentos de uso contínuo. Apesar de não existir norma ou regra geral que imponha prazo de validade a todas as receitas desses medicamentos, há situações em que as normas operacionais limitam esse prazo e afetam as vidas de muitos pacientes”, avaliou. 

A regra não é válida para  medicamentos de uso controlado (tarja preta ou antibióticos). Ficam mantidos os procedimentos previstos pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) para a emissão e a apresentação desse tipo de receituário. 

Os dois projetos estiveram na pauta da última reunião de Plenário, na quinta-feira (2), mas não chegaram a ser votados. 

Comentários do Facebook
Continue lendo
Polícia Federal24 minutos atrás

Polícia Federal prende homem por posse de arquivos de abuso e exploração sexual infantil em São Paulo

. Campinas/SP – A Polícia Federal prendeu, na manhã desta terça-feira, 7, na cidade de Várzea Paulista, SP, um homem...

Economia24 minutos atrás

Senado vota indenização de R$ 50 mil a profissionais de saúde

Ascom/Sesab Hospital para doentes de Covid-19 na Bahia: PL determina o pagamento, pela União, de indenização de R$ 50 mil...

Tecnologia44 minutos atrás

Primeira rede de Wi-Fi gratuita é instalada em Heliópolis

Divulgação Wi-Fi gratuito é distribuído em Heliópolis A primeira rede de Wi-Fi gratuita foi lançada em Heliópolis, na capital paulista....

Entretenimento44 minutos atrás

Regina Volpato e Claudete Troiano falam sobre boatos em torno do “Mulheres”

Desde que foi destituída do comando do “Santa Receita” e gravou vídeo explicando o motivo de sua saída do vespertino...

Entretenimento44 minutos atrás

Especialista dos famosos dá dicas pra reforçar sistema imunológico na quarentena

Para o especialista em medicina esportiva, nutrologia e autor do e-book “O Manual do Emagrecimento” Fábio Almeida, que atende Giba...

Entretenimento44 minutos atrás

Bemvindo Sequeira sobre polêmica de Bia Doria e Val Marchiori: “Duas dondocas”

Bemvindo Sequeira, ainda lembrado pelos personagens Zebedeu, de “Mandacaru” (1997), da extinta TV Manchete, e Bafo de Bode, de “Tieta” (1989), da Globo, também mostrou...

Nacional44 minutos atrás

Após encontrar Bolsonaro, embaixador dos EUA testa negativo para Covid-19

Reprodução / Facebook Jair Bolsonaro participa de almoço com o embaixador Todd Chapman A Embaixada dos Estados Unidos no Brasil...

São Mateus

Regional

Estadual

Nacional

Policial

ENTRETENIMENTO

POLÍTICA

Esportes

Mais Lidas da Semana

error: O conteúdo está protegido !!