conecte-se conosco



Nacional

Ação de Defensorias e MPs cobram lista de vacinados contra Covid-19 em Manaus

Publicado

em


source
Vacinação em Manaus
EUZIVALDO QUEIROZ/PAWE COMUNICA / EUZIVALDO QUEIROZ/PAWE COMUNICA Newsletters

Vacinação em Manaus

As Defensorias Públicas do Estado do Amazonas (DPE-AM) e da União (DPU), em conjunto com os Ministérios Públicos Federal (MPF), Estadual (MPE), de Contas (MPC) e do Trabalho (MPT), entraram com um pedido na Justiça Federal, na quinta-feira (21), para obrigar a prefeitura de Manaus a informar a lista de pessoas que receberam a vacina contra a Covid-19 diariamente.

A campanha de vacinação na capital do Amazonas ainda está suspensa após a suspeita de irregularidades na distribuição e aplicação da vacina, com pessoas fora do grupo prioritário sendo vacinadas.

Segundo a ação protocolada, o governo municipal deve entregar à Justiça Federal o nome das pessoas imunizadas até às 19h de cada dia, além de publicar informações como nome, CPF e local de vacinação no site da prefeitura até às 22h.

Em caso de descumprimento, os órgãos pedem a aplicação de uma multa de R$100 mil por dia em nome do prefeito de Manaus, David Almeida (Avante). A Justiça ainda vai analisar o pedido.

De acordo com G1, o MPF fez o pedido depois que a prefeitura não entregou as informações na noite de quinta (21). Apesar disso, Almeida afirmou em coletiva que a lista foi entregue atendendo todos os pedidos do órgão.

“Essa informação está com os órgãos de controle, nós entregamos a lista de todas as pessoas vacinadas, com CPF, todas as suas qualificações, qual a unidade de saúde que trabalha, qual sua profissão, qual seu envolvimento com o trabalho de combate à covid-19”, declarou o prefeito.

O governo estadual já havia se posicionado sobre o caso na quarta-feira (20), informando que não se responsabilizaria pelo controle da vacinação . Em nota, o governo do Amazonas afirmou que o controle sobre a distribuição das doses é uma atribuição de cada prefeitura.

Fraude nas filas

A suspensão da campanha foi definida pelas secretarias de Saúde de Manaus e do Amazonas, após uma reunião na noite de quarta-feira (20). Fotos e relatos de parentes de empresários locais sendo vacinadas repercutiram. Eles foram acusados de furar a fila da vacina.

As denúncias foram encaminhadas para as autoridades. A Prefeitura de Manaus diz que não há irregularidades.

Segundo o governo do estado , a suspensão da vacinação ocorre para replanejamento da campanha. O Executivo estadual afirma que o objetivo é discutir os critérios que definirão quais profissionais de saúde e de quais unidades têm prioridade para receber as primeiras doses, já que não há quantidade suficiente para todos.

Após a definição dos critérios, as unidades de saúde deverão enviar a lista nominal dos profissionais, com o setor em que cada um trabalha, para a Secretaria da Saúde de Manaus reprogramar a vacinação.

Comente Abaixo
Mulher9 minutos atrás

Aprenda como aplicar os cílios postiços corretamente

Reprodução: Alto Astral Aprenda como aplicar os cílios postiços corretamente Durante o jogo da discórdia no Big Brother Brasil 21,...

Economia17 minutos atrás

Direitos e garantias fundamentais na Constituição Federal

Procon-SP Fernando Capez, diretor executivo do Procon A Constituição Federal de 1988 deu tamanha importância aos direitos e garantias fundamentais...

Economia17 minutos atrás

Bolsonaro se prepara para defender diesel com imposto zero

Reprodução/TV Brasil Bolsonaro O presidente  Jair Bolsonaro (sem partido) está preparando um pronunciamento em cadeia nacional para esta quarta-feira (3)....

Política17 minutos atrás

Ministro do STJ anuncia aposentadoria e abre vaga para indicação de Bolsonaro

Superior Tribunal de Justiça STJ O magistrado disse que o pedido já foi encaminhado à Corte Nesta terça-feira (02), o...

Política17 minutos atrás

Daniel Silveira se diz perseguido “por comunistas” ao Conselho de Ética

Duda Sampaio Deputado Federal Daniel Silveira (PSL-RJ), preso há 2 semanas O deputado Daniel Silveira (PSL-RJ) participou nesta terça-feira (2)...

Nacional17 minutos atrás

Advogado entra com ação no STF para legalizar cocaína no tratamento da Covid-19

Reprodução Advogado entrou com ação no STF para defender maconha e cocaína no tratamento da Covid-19 O advogado Alcio Luis...

Policial17 minutos atrás

11º Batalhão sedia reunião da Área Integrada de Segurança Pública

Na manhã desta terça-feira (02), ocorreu na sede do 11º Batalhão, em Barra de São Francisco, mais uma reunião de...

São Mateus

Regional

Estadual

Nacional

Policial

ENTRETENIMENTO

POLÍTICA

Esportes

Mais Lidas da Semana

error: O conteúdo está protegido !!