conecte-se conosco



Economia

40,4 milhões podem sacar auxílio a partir deste sábado; veja quem tem direito

Publicado

em

 

 

 
auxílio emergencial
Leonardo Sá/Agência Senado

Caixa libera saque do auxílio a 40,4 milhões de pessoas neste sábado (18)

A partir deste sábado (18), mais grupos têm direito a sacar e transferir o dinheiro do auxílio emergencial de R$ 600 . Beneficiários fazem partes dos lotes 1, 2 e 4 e, apesar de seguirem as mesmas datas de saque, farão retiradas de parcelas diferentes.

Quem teve o auxílio aprovado em abril e faz parte do primeiro lote de beneficiários pode sacar a partir deste sábado a terceira parcela, enquanto os trabalhadores dos lotes 2 e 4 sacam, respectivamente, segunda e primeira parcelas.

Quem pode sacar o dinheiro já recebeu primeiramente o depósito do benefício na conta poupança social digital aberta pela Caixa Econômica Federal, que permite pagar contas e fazer compras por meio do aplicativo Caixa Tem , usando o  QR code ou o cartão virtual .

Confira o calendário dos saques para os beneficiários dos lotes 1,2 e 4:

  • Nascidos em janeiro – 18 de julho, 3,4 milhões de pessoas;
  • Nascidos em fevereiro – 25 de julho, 3,1 milhões de pessoas;
  • Nascidos em março – 1º de agosto, 3,5 milhões de pessoas;
  • Nascidos em abril – 8 de agosto, 3,4 milhões de pessoas;
  • Nascidos em maio – 15 de agosto, 3,5 milhões de pessoas;
  • Nascidos em junho – 29 de agosto, 3,4 milhões de pessoas;
  • Nascidos em julho – 1º de setembro, 3,4 milhões de pessoas;
  • Nascidos em agosto – 8 de setembro, 3,4 milhões de pessoas;
  • Nascidos em setembro – 10 de setembro, 3,4 milhões de pessoas;
  • Nascidos em outubro – 12 de setembro, 3,4 milhões de pessoas;
  • Nascidos em novembro – 15 de setembro, 3,2 milhões de pessoas; e
  • Nascidos em dezembro – 19 de setembro, 3,3 milhões de pessoas.

Quarta parcela começa na segunda-feira

Para os beneficiários do Bolsa Família , a quarta parcela do auxílio emergencial começa antes dos demais, na segunda-feira (20). Isso ocorre porque eles recebem no calendário regular do programa de transferência de renda, sempre nos últimos dez dias úteis de cada mês. Saiba aqui como serão feitos os pagamentos .


Fonte: IG ECONOMIA

Comentários do Facebook

Economia

Reforma administrativa: propostas para o serviço público devem sair nesta quinta

Publicado

em


source
Maia e Alcolumbre
MARCELO CAMARGO/AGÊNCIA BRASIL

Rodrigo Maia, presidente da Câmara, e Davi Alcolumbre, presidente do Senado; veja como está a expectativa para a reforma administrativa

A proposta de reforma administrativa do  governo Bolsonaro deve ser enviada nesta quinta-feira (3) ao Congresso Nacional. A  reforma quer mudar salários e funções de servidores públicos, e o governo separou a proposta em partes, fatiando o texto.

O governo fechou parte da proposta de reforma administrativa nesta quarta-feira (2). O plano define que as contratações de funcionários públicos terão três níveis de estabilidade. Mesmo assim, os servidores ainda atuarão em moldes semelhantes às regras atuais, com maior segurança no cargo, para carreiras como a da diplomatacia, a militar e de auditores fiscais.

A primeira parte da proposta da reforma não detalhará pontos importantes, como: lista de funções que serão extintas, remuneração de entrada dos servidores, faixas salariais para progressão de carreira e definição dos cargos que perderão a estabilidade.

Sem esses temas, o governo deve enviar ao Legislativo uma PEC (Proposta de Emenda à Constituição) que dará as linhas gerais da  reforma administrativa.

Os projetos sobre esses pontos específicos será enviada após a aprovação da medida da reforma no Congresso. Outros textos que não dependem de mudança na Constituição podem ser apresentados enquanto a PEC tramita. 

Alcolumbre quer que reforma tramite no Senado e na Câmara ao mesmo tempo

Davi Alcolumbre (DEM-AP), presidente do Senado, quer propor que a reforma administrativa  tramite ao mesmo tempo no Senado e na Câmara para acelerar o processo.

Igual ao processo da proposta da  reforma tributária, Alcolumbre quer que a reforma administrativa possa ser analisada em comissão conjunta entre as duas casas. Dessa forma, evitaria a necessidade de que cada uma das casas fizesse relatórios separados. 

“Poderíamos, da mesma forma que criamos a comissão mista da reforma da presidência e da tributária, fazer na administrativa. Eu me comprometo de falar ainda hoje com o presidente (da Câmara) Rodrigo Maia”, afirmou.”Não há nenhum empecilho de fazermos comissão mista”. 

Comparando a reforma administrativa à tributária, Alcolumbre disse: “As duas reformas (tributária e administrativa) andariam de forma mais célere para termos as duas aprovadas ainda neste ano”.

Comentários do Facebook
Continue lendo
Esportes5 minutos atrás

US Open: Brasileiros avançam nas chaves de duplas

. A brasileira Luisa Stefani e a a norte-americana Hayley Carter estrearam nesta quarta (2) no US Open derrotando as...

Economia5 minutos atrás

Reforma administrativa: propostas para o serviço público devem sair nesta quinta

MARCELO CAMARGO/AGÊNCIA BRASIL Rodrigo Maia, presidente da Câmara, e Davi Alcolumbre, presidente do Senado; veja como está a expectativa para...

Estadual20 minutos atrás

Debate sugere ações para eliminar a desigualdade de gênero no Espírito Santo

. O Programa Agenda Mulher realizou, nesta quarta-feira (02), o primeiro dia de palestras da programação do Mais Mulheres na...

Estadual20 minutos atrás

Fapes prorroga prazo de prestações de contas para 1º de dezembro

. Devido à permanência da pandemia do novo Coronavírus (Covid-19), a Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação do Espírito...

Estadual20 minutos atrás

Protocolo de medidas para o Transporte Coletivo é validado por meio de TAC com o MPES

. O Governo do Estado, por meio da Secretaria de Mobilidade e Infraestrutura (Semobi) e da Companhia Estadual de Transportes...

Saúde20 minutos atrás

Estado do Rio de Janeiro registra 1,5 mil novos casos de covid-19

. O boletim divulgado diariamente pela Secretaria de Estado de Saúde do Rio de Janeiro registra hoje (2) 1.532 novos...

Economia20 minutos atrás

Receita Federal abre programa de renegociação de dívidas; veja como participar

Marcello Casal Jr/Agência Brasil Receita Federal abre programa de renegociação de dívidas; confira como participar A Receita Federal publicou, nesta...

São Mateus

Regional

Estadual

Nacional

Policial

ENTRETENIMENTO

POLÍTICA

Esportes

Mais Lidas da Semana

error: O conteúdo está protegido !!