conecte-se conosco


Mulher

4 erros que você não pode cometer na hora de usar máscara facial

Publicado

em

As máscaras ganham cada vez mais adeptos todos os dias por diversos motivos, sendo um deles a praticidade de combinar vários benefícios de uma só vez. Entretanto, se você não usa a máscara facial da forma certa, sua pele acaba deixando de absorver alguns ativos. 

Leia também: O efeito de máscaras faciais industrializadas é igual ao das naturais? Descubra


Duas meninas deitadas com máscaras faciais no rosto e segurando pepinos
shutterstock

A máscara facial é uma forma muito prática de cuidar da pele, mas é preciso saber usar direito para sentir os benefícios


“A  máscara facial potencializa o resultado dos mais diversos tratamentos faciais. Promovem super-hidratação na pele e benefícios anti-idade por aumentarem a penetração de um ingrediente que pode estar concentrado”, afirma Isabel Piatti, especialista em estética e cosmetologia e membro do Conselho Científico da Academia Brasileira de Estética Científica (ABEC).

De acordo com a especialista, saber aplicar uma máscara faz sua pele extrair dela o máximo de benefícios que ela pode oferecer. Porém, nem todas as pessoas seguem as instruções como devem e, por isso, não aproveitam tanto quanto poderiam. Confira os principais erros: 

Erro #1: Não preparar a pele antes de usar máscara facial


mulher negra lavando o rosto
shutterstock

A limpeza de pele é o primeiro passo para que você consiga sentir os benefícios quando aplicar uma máscara facial

Todas as máscaras precisam ser aplicadas após higienização da pele , pois, caso contrário, você só estaria empurrando as impurezas de volta para a pele. “Aplique um bom sabonete, esfolie a pele, tonifique e hidrate, de preferência com um produto que seja da mesma linha para ação complementar a máscara”, explica Isabel. 

Erro #2: Não aproveitar o líquido da máscara facial


mulher aplicando máscara facial de papel no rosto
shutterstock

A máscara facial de papel possui tantos benefícios quanto as demais e, dessa forma, o líquido dela pode ser aproveitado

Algumas máscaras são do tipo “sheet masks”, compostas por folhas de papel, umedecidas com um líquido com todos os componentes ativos e nutrientes, ou de colágeno. Geralmente, o líquido no qual a máscara é embebida sobra na embalagem ou mesmo escorre, mas ele não deve ser ignorado. 

Leia mais:  “A pior parte foi parar de amamentar”, diz mãe sobre tratamento decâncer

“Esse líquido que acompanha a máscara é basicamente uma mina de ouro, pode ser altamente rico em nutrientes rejuvenescedores e permite estender o tratamento para colo, pescoço e até mais áreas do corpo”, sugere a profissional. 

Erro #3:  Não ficar de olho no tempo indicado


mulher fazendo máscara facial em casa
shutterstock

Cada máscara facial possui um tempo ideal para fazer o efeito a que se propõe e, geralmente, isso é indicado na embalagem

Além das máscaras não serem indicadas para todos os dias, apenas uma vez por semana, no geral, cada uma tem um tempo até fazer o efeito a que se propõe. Geralmente, esse período costuma ser de 15 a 20 minutos e está indicado na embalagem do produto.

“Respeitar esse período é importante para acalmar a pele e fazer com que ela absorva os ingredientes ativos . Da mesma forma, se passar do tempo, algumas máscaras podem deixar a pele irritada e o rosto vermelho. Portanto, siga as instruções”, recomenda a especialista. 

Erro #4: Não prestar atenção na fórmula da máscara facial


mulher asiática comprando máscaras faciais
shutterstock

Sempre olhe quais são os ativos da máscara facial que você escolheu, para que sua pele receba os melhores benefícios

Isabel diz que é necessário procurar orientação de um profissional da área de saúde estética para saber o que você pode ou não usar no seu rosto.

“Muitos produtos utilizam substâncias alergênicas ou não são indicados para o seu tipo de pele. Para não ter erro, prefira uma máscara facial com bases biocompatíveis, ou seja, que seja ecologicamente correta e segura, e sem xenobióticos, como os conservantes parabenos, propilenoglicol, liberadores de formol e óleo mineral”, finaliza. 

Fonte: IG Delas
Comentários do Facebook
publicidade

Mulher

Como disfarçar olheiras? Maquiador de Rihanna dá 5 dicas infalíveis

Publicado

em

Apesar de não existir uma fórmula mágica para  clarear as manchas  que surgem em baixo dos olhos, sempre há aquele truque que ajuda a escondê-las. E o que é melhor do que dicas de um maquiador das famosas para aprender como disfarçar olheiras, certo? 


Rihanna
Reprodução/Instagram/badgalriri

O maquiador de Rihanna comenta sobre os melhores truques e responde como disfarçar olheiras usando maquiagem


Em entrevista à Glamour UK  , Hector Espinal, que é maquiador global da Fenty Beauty, marca de cosméticos da Rihanna, listou algumas dicas sobre como disfarçar olheiras para ninguém errar mais no corretivo. Confira abaixo: 

1. A técnica “v”

A recomendação para apostar na técnica “v” é aplicar o corretivo começando no canto interno do olho, descendo até o topo da maça do rosto e voltando para o canto externo do olho — o que, literalmente, forma um “v” sobre a pele. “Aplique o ‘v’ e depois preencha usando o seu dedo ou uma esponja de maquiagem”, diz Hector.

Segundo o maquiador de Rihanna , a técnica é ótima para neutralizar a área. Porém, é preciso tomar cuidado para não exagerar na quantidade aplicada, já que isso pode realçar sinais da idade  , como pés de galinha, por exemplo. Nesse caso, a dica é fazer bolinhas com o corretivo na região e usar um pincel para espalhá-lo. 

2. Use um tom mais claro do que a sua pele 

Independente da tonalidade de base que você usa normalmente, a indicação é sempre aplicar um corretivo de um tom mais claro na área abaixo dos olhos. Hector afirma que esse truque ajuda a dar dimensão e, consequentemente, disfarça as manchas. 

Além disso, ele lembra que a maior parte das mulheres que têm a pele muito clara não costuma ter olheiras escuras, mas um inchaço na região ou veias aparentes. 

Leia mais:  Sem sinais de gravidez, mãe só descobre que esperava um bebê com 39 semanas

3. Pêssego, não vermelho

No caso dos corretivos coloridos, a indicação é usar tons quentes para neutralizar as manchas. Porém, a afirmação de quanto mais escura a pele, mais forte o tom do corretivo não deve ser levada tão a sério — e nem aqueles tutoriais que usam batom vermelho nas olheiras. 

“Eu prefiro usar um corretivo pêssego em vez do batom. Se você escolher vermelho, você vai ver o vermelho”, comenta o maquiador. 

4. Use o corretivo nas pálpebras também

Se você vai fazer uma make completa e apostar na sombra, uma boa ideia seja usar o corretivo nas pálpebras para uniformizar o tom a sua pele. “Use o resto que está no pincel. Às vezes, se você não faz isso, a sombra pode ficar com uma cor diferente por causa das veias ou manchas.”

Outra dica de Hector é fazer uma mistura dos corretivos claros e escuros para criar um “olho esfumado”, aplicando os produtos sobre nos cantos dos olhos com os dedos. 

5. Aposte no pincel 

As esponjas de maquiagem e beauty blenders são ótimas, mas talvez um pincel pode ser mais certeiro na hora de usar o coretivo. “Se você quer uma cobertura completa, use o pincel. Ele vai te ajudar a aplicar o produto de forma mais precisa”, comenta o maquiador. 

Além das dicas de Hector sobre como disfarçar olheiras  com maquiagem, procure também fazer compressas geladas sobre os olhos e  máscaras caseiras  . Apesar de não serem métodos 100% eficazes para fazer as manchas desaparecem, podem ajudar a clareá-las. 

Fonte: IG Delas
Comentários do Facebook
Continue lendo

São Mateus

Regional

Estadual

Nacional

Policial

Mais Lidas da Semana