conecte-se conosco


Esportes

114 x 19! Foto de “gigantes” dos EUA contra “baixinhas” de El Salvador viraliza

Publicado

em

Reprodução
“Gigantes” dos EUA contra as “baixinhas” de El Salvador em jogo de basquete sub-16

Uma foto bastante curiosa viralizou nas redes sociais e vem rodando o mundo. Nela, jogadoras de basquete de Estados Unidos e El Salvador aguardam para entrar em quadra na cidade de Puerto Aysen, no Chile, em jogo válido pela Liga das Américas feminina sub-16.

Leia também: Tiroteio durante comemoração do Toronto Raptors deixa duas pessoas feridas

O que chama a atenção é o tamanho totalmente desproporcional das norte-americanas, muito mais altas que as adversárias salvadorenhas. E altura no basquete conta demais.

O duelo entre as “gigantes” dos Estados Unidos contra as “baixinhas” de El Salvador não poderia ter um placar diferente: 114 x 19 – ou seja, 95 pontos de diferença.

Leia também: “Gastei cerca de 100 milhões de dólares em drogas”, revela Lamar Odom

O primeiro quarto terminou 34 x 5 para os Estados Unidos. O segundo foi 23 x 4, enquanto o terceiro quarto registrou o placar de 33 x 9 para as norte-americanas. No último quarto, El Salvador fez apenas um ponto, terminando 24 x 1.

A cestinha da partida foi Londynn Jones, dos EUA, com 21 pontos. A maior pontuadora da seleção salvadorenha foi Amanda Williams, com apenas seis pontos.

EUA venceu El Salvador por 95 pontos de diferença em jogo de basquete sub-16
USA Basketball/divulgação
EUA venceu El Salvador por 95 pontos de diferença em jogo de basquete sub-16


Comentários do Facebook
Leia mais:  “Quero que as pessoas saibam que sou gay”, revela Diego Hypolito
publicidade

Esportes

Coluna – A poderosa Ting Zhu

Publicado

em

Quem é apaixonado pela seleção brasileira ainda deve ter pesadelos com o nome de Ting Zhu. Afinal, ela foi a principal responsável pela virada chinesa que eliminou o Brasil nas quartas de final dos Jogos Olímpicos do Rio, em 2016 diante de um Maracanãzinho lotado. Aquela vitória épica abriu caminho para a conquista da medalha de ouro pela China. Zhu seria escolhida, com méritos, a melhor jogadora da Olimpíada.

O desempenho da ponteira da seleção chinesa na Rio 2016 era só um cartão de visitas. De lá pra cá a China cresceu, contando não apenas com Zhu, é claro, mas com um time jovem e competente e com Lang Ping, uma técnica estrategista e vitoriosa. Mas Ting Zhu é o ponto de desequilíbrio a favor das chinesas. Elas chegarão a Tóquio dividindo com a Sérvia e com a Itália o posto de seleções a serem batidas nos Jogos Olímpicos.

A atleta é a jogadora de vôlei mais bem paga do mundo. Em 2017, quando renovou o contrato com o Vakfibank, passou a receber cerca de R$ 5 milhões por temporada. Mas neste ano, de olho na preparação para a Olimpíada, a atleta atendeu ao pedido de Lang Ping para que atuasse em seu país. Por isso, depois de três anos de sucesso, deixou a liga mais importante do mundo, a turca, e se transferiu para o Tianji, a principal equipe da China.

No Mundial de Clubes de Shaoxing, que termina amanhã em Shaoxing (China), o Tianjin não avançou às semifinais. O resultado se deve muito à ausência de Ting Zhu, lesionada, na partida contra o Vakfibank, que valia a classificação. Se avançasse à fase final, a jogadora era aposta certeira para o prêmio MVP (jogadora mais valiosa) da competição, o que já aconteceu em outras duas oportunidades.

Leia mais:  Edison Brittes, assassino confesso de Daniel, já foi denunciado pela própria mãe

No voleibol moderno a estatura é essencial, vide as excelentes Tijana Boskovic, da Sérvia e com 1,93m, e Paola Egonu, da Itália e com os mesmos 1,93m. Ting Zhu tem 1,98m. As três são jovens, se destacam por onde passam e são derrubadoras de bolas natas. Então o que faz a chinesa estar um passo à frente das colegas? Justamente a posição em que atua. Enquanto Egonu e Boskovic são opostas e jogam livres para atacar, Zhu é ponteira passadora. Ou seja, além do ataque ela tem a responsabilidade de recepcionar os saques e se sai bem na função. A altura facilita o bloqueio eficiente. Na rede, a chinesa tem um arsenal de golpes, alternando potência com técnica apurada. É a jogadora mais completa em atividade no vôlei feminino atual.

O mais impressionante é que a ponteira tem apenas 25 anos e um longo caminho pela frente. Se as lesões não atrapalharem, ela poderá servir à China em, pelo menos, outras duas Olimpíadas e dois Mundiais, além de diversas edições da Liga das Nações, Copa dos Campeões e Copa do Mundo. Serão diversas oportunidades para engrossar ainda mais um currículo invejável que já conta com prêmios de melhor atleta, melhor ponteira e maior pontuadora nas principais competições de clubes e de seleções. Para usar uma expressão da moda no futebol, Ting Zhu está em outro patamar.

Edição: Fábio Lisboa

Comentários do Facebook
Continue lendo
Mulher57 minutos atrás

Horóscopo do dia: previsões para 8 de dezembro de 2019

arrow-options Marcelo Dalla O horóscopo do dia apresenta a previsão para o seu signo e ascendente ÁRIES  Conte com mais...

Mulher57 minutos atrás

As 10 melhores posições sexuais para estimular os mamilos

Nunca subestime o poder do mamilo durante o sexo! Você raramente vai ficar frustrada e é por isso que posições...

Política3 horas atrás

‘Novo PSDB’: Doria diz que partido é centro-liberal e contrário a extremismos

arrow-options Governo do Estado de São Paulo/Divulgação Doria defendeu que o PSDB tenha novas ideias Principal nome dos tucanos para...

Mulher3 horas atrás

5 tipos de amigo secreto para inovar no Natal com presentes por até R$ 49,99

O Natal está chegando e com ele vêm as brincadeiras de amigo secreto na escola, no trabalho, entre amigos e na...

Mulher3 horas atrás

Cientistas desenvolvem pílula anticoncepcional mensal

Um grupo de estudiosos com especialistas do MIT, da Northeastern University , Harvard Medical School e University of Southern California...

Mulher3 horas atrás

Sente ciúmes? Saiba quando o sentimento pode ser doentio e como controlá-lo

Que atire a primeira pedra que nunca sentiu ciúmes da pessoa amada, de algum familiar ou até mesmo de um...

Internacional3 horas atrás

Coreia do Norte recusa-se a falar de desnuclearização com os EUA

O embaixador da Coreia do Norte nas Nações Unidas disse, neste sábado (7), que a possibilidade de desnuclearização está “fora...

São Mateus

Regional

Estadual

Nacional

Policial

Mais Lidas da Semana