conecte-se conosco


Tecnologia

1 em cada 4 jovens está viciado em celular, aponta estudo

Publicado

em

Um estudo realizado por pesquisadores do King’s College de Londres afirma que esse comportamento viciante significa que as pessoas ficam ‘em pânico’ ou ‘chateadas’ se lhes for negado acesso constante.

Quase um quarto dos jovens é tão dependente dos próprios celulares que eles passaram a ser considerados viciados nos dispositivos.

Um estudo, realizado por pesquisadores do King’s College de Londres, afirma que esse comportamento viciante significa que as pessoas ficam “em pânico” ou “chateadas” se lhes for negado acesso constante aos aparelhos.

Os jovens também não conseguem, segundo a pesquisa, controlar a quantidade de tempo que passam diante dos smartphones.

Para os pesquisadores, esse vício está associado a problemas de saúde mental.

O levantamento publicado na BMC Psychiatry analisou 41 estudos anteriores envolvendo 42 mil jovens em investigações sobre o “uso problemático de smartphones”.

O estudo constatou que 23% tinham comportamento classificável como vício, como ansiedade por não poder usar o telefone, por não conseguir moderar o tempo gasto e passar tanto tempo usando o smartphone que isso prejudicava a realização de outras atividades.

‘Chegou para ficar’

Esse comportamento viciante pode estar ligado a outros problemas, diz o estudo do King’s College, como estresse, tristeza, falta de sono e problemas de desempenho na escola.

“Não sabemos se é o próprio smartphone que pode ser viciante ou os aplicativos que as pessoas usam”, diz Nicola Kalk, um dos autores do relatório e integrante do Instituto de Psiquiatria, Psicologia e Neurociência da instituição.

“Há, no entanto, uma necessidade de conscientização pública sobre o uso de smartphones por crianças e jovens, e os pais devem estar cientes de quanto tempo seus filhos passam em seus telefones.”

Segundo Samantha Sohn, coautora do estudo, os vícios “podem ter sérias consequências sobre a saúde mental e o cotidiano”.

Amy Orben, pesquisadora do setor de Cognição e Ciências do Cérebro da Universidade de Cambridge, afirmou que não é possível determinar uma relação de causa e consequência entre depressão e o uso excessivo de smartphones, por exemplo.

“Já foi demonstrado anteriormente que os efeitos dos celulares não são uma via de mão única, mas esse humor (causado pela depressão) pode ter um impacto na quantidade de uso de smartphones também”, disse Orben.


(*BBC)

Comentários do Facebook
Leia mais:  Mais da metade dos brasileiros não consegue ficar um dia longe do celular
publicidade

Tecnologia

Assim como futebol americano, EUA quer criar liga de Fortnite nas escolas

Publicado

em

source

Olhar Digital

Fortnite arrow-options
Divulgação/Epic Games

Fortnite se torna esporte em escolas norte-americanas


A startup PlayVS fez um contrato de parceria com a Epic Games para promover torneios competitivos oficiais de Fortnite em escolas e universidades dos Estados Unidos . A ideia é formar uma liga semelhante a esportes tradicionais como basquete ou futebol americano.

Além da produtora do jogo, a startup também fechou parceria com a NFHS – Federação Nacional das Associações de Escolas de Segundo Grau, o órgão que define as regras de competição para a maioria dos esportes do ensino médio nos EUA .

Leia também; Games e educação: como o Minecraft ensinou crianças sobre tragédias ambientais

Escolas, pais ou os próprios alunos poderão pagar US$ 64 por jogador para competir na liga contra escolas vizinhas, como qualquer outro esporte. A PlayVS é a primeira empresa a fechar uma parceria oficial com a Epic Games , e isso permite que escolas e organizações não precisem de muito trabalho para participar dos torneios. Atletas acessam a partida diretamente pela plataforma da startup e a PlayVS fornece estatísticas e insights diretamente do jogo para treinadores, fãs e até recrutadores.

Desde o lançamento, mais de 13 mil escolas já aderiram à lista de espera para obter uma equipe de esports através da PlayVS, que representa 68% da rede de ensino dos EUA . Para efeitos comparativos, 14 mil escolas têm um programa de futebol americano, o esporte tradicional mais popular do país.

Comentários do Facebook
Leia mais:  Fifa 20, GTA… Os jogos mais usados por criminosos para ocultar malware e vírus
Continue lendo
Internacional2 horas atrás

Peruanos foram às urnas após dissolução do Parlamento

Os peruanos foram às ruas ontem (26) para eleger novos membros para o Congresso, após o presidente Martín Vizcarra ter...

Internacional2 horas atrás

Bolívia: após anunciar candidatura, Áñez pede a renúncia de ministros

A Secretaria da Presidência da Bolívia anunciou em um comunicado oficial que a presidente interina do país, Jeanine Áñez, solicitou a...

Internacional2 horas atrás

Itamaraty emite nota sobre os 75 anos de libertação de Auschwitz

O governo brasileiro divulgou hoje (27) nota sobre os 75 anos da liberação do campo de concentração nazista em Auschwitz....

Nacional2 horas atrás

“Apoio eu recebo de qualquer um”, diz Bruno Covas sobre eleição

arrow-options Paulo Guereta/Photo Premium/Agência O Globo Bruno Covas foi segundo entrevistado da nova temporada do Roda Viva O prefeito de...

Mulher2 horas atrás

Cinco dicas de calças femininas para qualquer ocasião

Na atualidade ter peças versáteis no guarda-roupas é essencial para podermos lidar com demandas cotidianas inesperadas e, também, para poder...

Polícia Federal3 horas atrás

Polícia Federal participa de Operação que apreendeu quase 2 toneladas de cocaína que iria à Europa

Brasília/DF – A Polícia Federal, em cooperação policial internacional, participou das investigações que levaram à apreensão de 1.820 kg de...

Economia3 horas atrás

Dólar tem alta e chega a R$ 4,21; tensão sobre coronavírus influencia mercado

arrow-options shutterstock Dólar acelera nesta segunda-feira A rápida disseminação do coronavírus e a confirmação de novos casos da doença fora...

São Mateus

Regional

Estadual

Nacional

Policial

Mais Lidas da Semana